domingo, outubro 17

Onde andam os reforços?

III Eliminatória da Taça de Portugal sem grandes surpresas e a servir sobretudo para alguns jogadores reinvidicaram o seu espaço no onze inicial das principais equipas do campeonato português.
Digo alguns!!!!porque no Sporting apesar da vitória, teve que ser o mesmo de sempre (apesar dos anos já não perdoarem-até quanto durará???) a salvar a equipa do que provavelmente seria uma maiores crises dos últimos anos em Alvalade.
No Benfica ou no Porto, jogadores como Kardec, Gaitán, Walter mostraram a sua qualidade.
No Sporting apesar das constantes oportunidade temos os chilenos que não convencem, o espanhol que parece uma cópia do Farnerud, o argentino que nem calça e o francês que já foi despachado. 20 milhões de euros que serviram até agora para pouca coisa. Até agora tem sido o miudo do Massamá da Segunda B a mostrar mais qualidade, que todos os outros juntos.
Acho que tem sido essa a grande diferença entre o Sporting e os outrora mais directos rivais.

Neste momento o Sporting é Academia ( Patricio, Carriço, A.Santos ou Saleiro), os mesmos de sempre ( Polga, Liedson), alguns investimenos do passado ( Vukcevic, Postiga) e investimentos caros mas seguros ( J.Pereira, Evaldo ou Maniche). Atrevo-me a dizer que tudo o resto foi mal feito.

20 comentários:

jmbb disse...

Ou seja um péssimo conhecimento do mercado externo.

J. disse...

Depois de Carlos Freitas, e não é que este também não tenha tido os seus fracassos, atrevo-me a dizer que não acertamos em nenhuma contratação no mercado internacional.

Miguel disse...

è isso mesmo João!

È também uma chapada para a quantidade de gajos, no minimo ingratos, que diziam que o Liedson já não tinha lugar no Sporting. Como é possível uma alarvidade destas, sobretudo tendo em conta a mediocridade que por lá anda?

Foda-se pá, as contratações na maior parte não acrescentaram nada, temos um treinador fracote, e ainda tentamos enterrar os poucos que são de facto acima da média?

Leão de Alvalade disse...

J.
Por mais voltas que dês esqueceste do fundamental:

com este treinador não há reforços que nos valham.

Ou queres crer que os jogadores do Sporting são tão bons como os do Estoril como ontem pareceu?

Ou como já vem parecendo desde o inicio da época?

Ou alguém acha que poe exemplo o Valdés jogou assim durante 10 anos em Itália?

J. disse...

Issdo de jogar em Italia é sinónimo de qualidade???O Valdês jogava no Atalanta, que até desceu de divisão. Não creio que seja o mm jogar num clube desses ou no Sporting.
E custou quase 4 milhões e tem quase 30 anos.
Oxalá que renda no futuro. Não tenho nada contra o homem. Mas até agora mostrou pouco.
E não acho que seja culpa do Paulo Sérgio

Peyroteo disse...

E achas que o Salomão mostrou mais, por exemplo? O Sporting tinha o jogo mais complicado dos grandes, porque era fora e contra uma equipa que é, pelo menos, tão boa como Beira-Mar, Naval ou Paços de Ferreira. Ganhar foi bom, o resto é conversa. Pelos vistos, também já virou moda criticar nas vitórias.
Quanto ao Liedson, fez-lhe bem ficar uns jogos afastado, para ver se volta ao antigamente. Porque no início da época só andava a atrapalhar. E finalmente apareceu um treinador que o colocou no banco quando era preciso. Era necessária a chamada de atenção.

Peyroteo disse...

E mais, no tempo do Jozic era tudo muito bom, eram só elogios apesar do 4º lugar e da eliminação da Taça, imagine-se, por um clube da 2ª divisão e da UEFA por um Bolonha de 3ª categoria num total de 1-4. É engraçado ver as reacções nessa altura e agora.

Miguel disse...

No tempo do Jozic não era tudo muito bom. Mas agora também não está tudo bem. Aquela primeira parte foi desesperante.

Mas o ponto do João nem é esse. Os reforços deste ano, sobretudo aqueles em que recaíram as responsabilidades maiores, não estão a corresponder. O Evaldo sim, o Maniche a espaços, os outros estão a falhar.

Peyroteo disse...

Não estão a falhar. Na 1ª parte falhou o colectivo. Um jogador como o Valdés, por exemplo, precisa de uma equipa consistente e equilibrada para funcionar. Basta ver que na 2ª parte, ele cresceu porque a equipa funcionou melhor. Porque não falar de um Vukcevic, por exemplo? Não se pode ser tão crítico em relação a um jogador com poucos meses de clube e que vem de lesão e ser condescendente com quem é intermitente durante 3 anos.

J. disse...

É que não acertou nem uma.
Os melhores reforços até agora têm sido Evaldo e A.Santos, e já nem falo no Salomão que é claramente um investimento de futuro tendo em conta a sua idade e aquilo que custo.
Precisamento o contrário do Valdés, por exemplo. Que custou não sei quanto dinheiro e já está com 29 aninhos. Não podemos esperar muito mais.
MAs oxalá me cale no próximo jogo com um hattrick!!!

J. disse...

Agora é o Vukcevic?
Apesar de intermitente, já jogou muito mais á bola esta época que esse Valdés.

Peyroteo disse...

O problema é mesmo esse. Esperar hattricks do Valdés. Pode marcar uns golos mas é essencialmente um jogador de 1x1 e que passa bem a bola. Já foi o melhor jogador do Sporting em dois jogos (inclusive na imprensa) Mas pode e deve esperar-se mais dele, tal como de outros que já cá andavam, como o Matias e o Vuk.

O Anti Lampião disse...

Stewards gayvotas despacham mais um
http://oantilampiao.blogspot.com/2010/10/stewards-da-luz-despacham-mais-um.html

J. disse...

Que fixação tens tu com o Valdés....faz lembrar as tuas análises daquele Romagnoli.Jogava sempre bem para ti!!!

Miguel disse...

O Vuk este ano está diferente para melhor. O ano passado foi uma vergonha.

Já tivemos esta discussão, eu exijo o mesmo a um jogador com 3 anos de casa e a um com 3 meses.

O Zapater, por exemplo o que demonstrou a mais que um André Santos? Era ele que iria fazer esquecer um Moutinho ou um Veloso?

Penso que tivemos tremendo azar com a lesão do Pedro Mendes e do Izmailov. Com ambos, era logo outra música...

J. disse...

Sim esse Zapater tem sido um Adrien mas em versão espanhola.

O Izmailov é melhor não contar com ele. Só vai começar a render quando estiver num Porto ou Benfica.

Leão de Alvalade disse...

J.
Se leres o que fui escrevendo durante o defeso depressa concluirás que estou longe de ter apoiado a filosofia seguida nas aquisições. Por isso estou à vontade nesse campo. P. ex. afirmei-o na altura que nunca contrataria Valdés.

Repara por ex. que o Adrien jogava pelo menos o mesmo que o Zapater mas ganhava 1/4 ou nem isso. E Zapater não jogava só isto qd foi de Saragoça para Itália.

Repara que o Valdés jogou no Bari, Fiorentina, Lecce e Atlanta e o facto de jogar numa equipa que desceu não faz dele um mau jogador, pois não?

Parece-me é que não jogaria em Itália tanto tempo, mesmo que em clubes menores se jogasse com esta intensidade e eficácia.

Achas que o treinador, os métodos de treino, a táctica, não têm nada a ver com a baixa produção individual generalizada?

Peyroteo disse...

O Adrien?! Mas querem comparar? Tem dificuldades em ser titular de uma equipa israelita... O Zapater tem quase 150 jogos na Liga espanhola em 4 épocas (ou seja, mais de 30 por época) e era capitão de equipa e 25 jogos em Itália em apenas 1 época. O Adrien é, dos últimos anos, o pior jogador que subiu dos juniores para os seniores.

Peyroteo disse...

J., o Romagnoli não jogava sempre bem mas era acima da média. Olha que o Matias Fernandez não tem feito mais do que ele.
Aliás, se te lembrares, o único período com Paulo Bento que o Sporting jogou bem, coincidiu com a melhor fase do Romagnoli no Sporting, em 2006/2007. Ele e o Nani combinavam muito bem.

TUGA disse...

Só rir!

http://www.sporting.pt/Noticias/Clube/notclube_clube20factosveridicos_181010_67048.asp