quinta-feira, julho 12

Uma questão (nada) lateral.

Este ano decidi não acompanhar o "defeso" em toda a sua plenitude. Não quero saber de novelas mexicanas, de quem vem para os rivais ou de jogos de preparação. Contudo, há um assunto do qual não consegui desligar-me: quem será o lateral esquerdo do SLB?

Não entendo como é que, depois da época passada, não se tornou clara para os dirigentes encarnados a urgência em contratar um defesa titular. Ou melhor, até entendo: no SLB não existe planeamento nenhum. Não existe estratégia nenhuma. O que existe são "oportunidades" de mercado.

Aparentemente o escolhido foi Rojo. Argentino de 22 anos, que quer relançar a carreira e trocar o frio da Rússia pelo quente de Portugal. Nunca o vi jogar e não sei se tem qualidade mas partamos do princípio que, pelo menos para quem manda no clube, tem.

Alguém consegue explicar porque não está o argentino no estágio da equipa? Parece que Filipe Vieira está a fazer das suas. Parece que se recusa a gastar 4 milhões num internacional argentino de 22 anos que foi a primeira opção para o lugar. Lembrou-se agora que o dinheiro não é para esbanjar. Que o clube tem de fazer valer a sua posição em negociações.

Não preciso de vos lembrar os milhões e milhões gastos em jogadores que ou nem jogaram, ou jogaram pouco no SLB.

E depois querem que acreditemos que LFV está no SLB para defender os interesses do Clube.

21 comentários:

Peyroteo disse...

Não é esse que está com um pé no Sporting? :)

luis disse...

Ora bem, um pé são 2 milhões. Por 4 milhões é capaz de lá chegar com os dois pezinhos. Ai os angolanos...

Peyroteo disse...

Quais angolanos, pá! Indianos!

Pedro disse...

Não faz sentido nenhum esta questão do Rojo. Querem o gajo mas perdem o negócio pq só querem dar 3 e os outros pedem 4? Faz algum sentido perder a principal escolha para uma posição carenciada do plantel por 1 milhão de euros?

Os yes-men dizem que se é pouco q eu meta do meu bolso. Enfim. Gastam milhões em jogadores q nem tocam no Manto Sagrado e depois perdem primeiras opções por isto...

Tb não percebo...o scp quer pagar em três anos e os russos preferem isso a receber um pouco menos mas a pronto?

LC disse...

Pedro e Luis,

estão bem (mal) informados,

quem é que vos disse que o Rojo é ou era a escolha do Benfica?

Desculpem-me os dois, mas andam a dormir ao sol, só pode.

Antonio Silva disse...

São capazes de reconhecer agora que há mau planeamento, que o clube entra para o campeonato mal preparado, mas se no fim o campeão for o FC Porto já sei quais vão ser as desculpas...

Peyroteo disse...

Claro que tinha de aparecer alguém a dizer que o Benfica nunca esteve interessado no jogador.

Pedro disse...

LC, respondo-te a isso com as ausências de comunicados do SLB sobre o assunto. É q o clube é muito lesto a desmentir certas notícias sobre interesse em jogadores e se não desmentiu esta (não desmentiu pois não?) q já se arrasta há um mês então, parece-me lógico, acreditar que de facto existe interesse. Ou todo este interesse é uma táctica para desviar as atenções do verdadeiro interesse? Seria interessante mas não anula o facto de iniciarmos a pré época sem o problema resolvido.

Ok...o SLB começa a época com um "mau planeamento" portanto o Proença pode validar golos em fora de jogo, Aimar pode levar porrada dentro da área q é falta dele, Cardozo pode marcar golos que serão anulados, Maxi pode levar bofetadas que o agressor não é expulso, etc etc.

luis disse...

As putas, os conselhos matrimoniais, as facturas, a Madalena, serão sempre argumentos para diminuir as vossas vitórias.

A culpa não é minha. É dos dirigentes do teu clube.

Não gosto de gente que a troco de favores desportivos explora sexualmente mulheres.

Se calhar tu até frequentas (tu e muitos outros) e não vês nada de errado nisso.

Ah, e o post era sobre o lateral-esquerdo que falta ao SLB. Tinhas de vir tu falar no FCP e demosntrares pela enésima vez que esse complexo não te larga. Estás cada vez mais aborrecido.

Antonio Silva disse...

Aborrecido é esse teu argumento.

Antonio Silva disse...

Sr. Howard King.

luis disse...

LC, o Pedro já respondeu. A questão principal é mesmo o facto "não se contratou um lateral esquerdo para ser titular".

A menos que aches que Luisinho foi a primeira opção.

E claro, Maxi está sozinho na direita, mais uma vez, mas podemos sempre adaptar o Witsel.

Não vês aqui um padrão?

Pedro disse...

Se Luisinho foi a primeira opção espero que o SLB não gaste milhões num estrangeiro para suplente...

J. disse...

É no mínimo estranha esta novela do lateral esquerdo.
Pode nem ser o Rojo, pode até ser outro qualquer. Mas se o Benfica dispensou o Emerson e o Capdevilla e apenas foi buscar este Luisinho, é no minimo estranho.
Como é estranho o Sporting querer ir buscar este gajo?
Dizem que foi central, mas quer dizer, queremos um lateral ou um central?

luis disse...

:D

zorg disse...

Luís, já discutimos este tema em sede própria. :P

J., mas porque é que o Luisinho não pode ser a primeira escolha? Eu nunca o vi jogar, mas julgo que não seria a primeira vez que um jogador que faz uma boa época num clube de primeira divisão é contratado por um dos grandes para ser titular...

J. disse...

Alem disso, deveria ser proibido pelos estatutos irmos buscar estes estrangeirismos para a palavra "vermelho".

Pulha Garcia disse...

Quanto à notícia sobre as compras e vendas que o SLB faz e deixa de fazer, e mesmo não sendo um fã de LFV, acho que deveríamos começar por ver uma coisa simples: a imprensa desportiva ficciona notícias, coloca os clubes e os adeptos dos mesmos uns contra os outros. Acredito em contratos fechados e comunicados à CMVM. O resto é romance de cordel. Será preciso recordar capas do Record a confirmar Lisandro Lopez no Benfica?

Quanto às supostas vitórias desportivas do FCP durante os mandatos de Pinto da Costa, acho que desde 2004 (para quem tinha dúvidas ...) que foram desmascaradas. Os títulos azuis não devem ser levados a sério e deveriam ser retirados. Eu como adepto de futebol e cidadão, não reconheço nenhum desses títulos. Cheiram demasiado a perfume barato.

Antonio Silva disse...

Azar o teu, o ano em que foram "desmascarados" esses títulos foi no ano em que fomos campeões europeus, sob a batuta do Mourinho, a quem todos que hoje o veneram na altura o detestavam. Pois.

Pulha Garcia disse...

Caro António,

respeito todos os portistas (muitos deles meus amigos) mas não os títulos desportivos do FCP ganhos durante os mandatos de Pinto da Costa. Por muito mérito que o Mourinho, Deco e companhia tenham tido em 2004 (tal como Kostadinovs e Bobby Robsons antes deles) a verdade é que quando se mistura verdade com mentira o que fica daí para a frente é mentira. Teria o FCP de Mourinho ganho seja o que for sem a rampa de lançamento preparada por Olegários Benquerença e companhia? Não sabemos. Sabemos apenas do cheiro a perfume barato, do turismo da família Calheiros etc. Lamento, mas esses títulos que nas últimas 3 décadas têm sido celebrados nos Aliados, para mim valem zero. Deveriam ser retirados e são uma vergonha para o País. O mesmo vale para os títulos ganhos pelo Boavista do Major Valentim. Mas é só a minha opinião. Há sempre quem também acredite em notas de monopólio.

Pedro disse...

Basket o q?