segunda-feira, dezembro 10

Crónica de uma morte anunciada

Quem hoje andava por Alvalade horas antes de começar o jogo, perguntar-se-ia se, na verdade, era dia de derby. Não é que não houvesse adeptos... eles andavam por lá. Mas as caras, os comentários, a atitude era já sinal de que não se esperava grande coisa no dia de hoje.

Mas o jogo não começou mal. Um Benfica estranho sem dar sinais de querer ganhar o jogo, um Sporting com atitude que merecia o resultado de 1-0. Houve então alguém que se perguntava ao intervalo, onde andou esta equipa durante o princípio da temporada? No entanto, faltavam ainda 45 minutos de jogo...

A segunda parte começou, com um jogo mais equilibrado com oportunidades de golo para ambas as equipas. Quem via o Sporting neste momento do jogo, estaria longe de adivinhar o que viria acontecer.

Golo de Cardozo, ou de Rojo?! (no estádio não consegui perceber) e o descalabro físico e emocional da equipa do Sporting a acontecer. Dar a bola ao adversário, defender mal, e ir sofrendo golos até ao apito final (foram 3, mas poderiam ter sido mais). Afinal de contas tem sido assim o Sporting desta época. Com Sá Pinto, Oceano ou Vercauteren.

E eu já nem espero que seja muito diferente até ao final da época. E como já tenho dito aqui, já é tempo de quem ainda anda por Alvalade de começar a perceber isso. De que este Sporting já acabou, não há grande esperança de renascimentos ou milagres. Utilizando palavras mais fortes, este Sporting morreu!!!

Precisamos de outras coisas, outras ideais, de outras pessoas. E de tempo para construir de novo um clube forte, de que todos os sportinguistas se orgulhem. Até lá, eu começaria a limpar a folha de salários de jogadores já veteranos ou pagos a peso de ouro, que o clube não pode sustentar: Elias, Izmailov, Pranjic ou Boulahrouz, por exemplo.

Depois, acho que já é inevitável eleições lá para Abril, Maio. Godinho ficou sozinho perante esta realidade complicada e se acha que tem capacidade para liderar uma equipa como a do Sporting, pois que construa uma lista de convicção e não de ocasião para querer mudar o Sporting.

E depois que sejam os sócios do Sporting a decidir. Sócios e adeptos que hoje deram mais um exemplo de serem o melhor deste clube. Para a história, fica mais uma derrota dolorosa frente ao eterno rival. Tempos difíceis em Alvalade!!!!

21 comentários:

Jorge Borges disse...

O Sporting estoirou quando o Capel e o Carrilho estoiraram que eram que colocava a equipa do Benfica em sentido. O Elias não é mau jogador. Já o Boulahrouz, o "prajnic"... O Izmailov é de lesão em lesão até ao abandono.
E depois a mentalidade, há ali muito trabalho a fazer. à 1ª adversidade tudo ruiu como um castelo de cartas. A prova de que até há alguma qualidade (pelo menos a suficiente para o Sportinga andar perto do Braga) foi a boa 1ª parte.
E apesar da boa 2ª parte do Benfica e da vitória estar bem justificada com a exibição, também houve a pontinha de sorte, a tal que dá muito trabalho a conseguir.

Off: Divirto-me com a azia de alguns relativamente ao Cardozo, o "raquítico". Dói, não dói?

Antonio Silva disse...

raquitico estava o Sporting com só 2 dias de descanso

Miguel disse...

O funeral do Sporting tem data marcada: 20 de janeiro - dia em que os VMOCs vencem. Aí entraremos numa realidade que nunca na história do clube aconteceu.

Se bem que para mim, agora é como o tirica: pior do que está não fica.

Venham os angolanos, ou um russo ou um indiano. mas estes têm de sair. Só fazem merda.

J. disse...

Borges, não é uma questão de serem bons jogadores ou não. Neste momento o SPorting em nada beneficia com a suposta qualidade e experiência desses 4 jogadores. Mas entretanto paga muito ao fim do mês por isso.
E como diz o Miguel, dia 20 é que vamos ver....
Vamos andar a contar tostões para não fechar portas.

J. disse...

Os dias de descanso não servem de desculpa. Deveriamos ter jogado com a equipa B na sexta, e ter deixado os melhores para o jogo de hoje.
Se não fizeram isso, é pq foram burros pois o jogo de sexta feira não contava para nada.

Antonio Silva disse...

J., o Sporting só podia usar os jogadores inscritos na UEFA.

Jorge Borges disse...

António Silva:
Já te deste ao trabalho de ver dos que jogaram hoje quantos jogaram na sexta?
Entre a equipa de sexta e a desta noite há 4 jogadores (Capel, Rinaudo, Boulahrouz e Insúa). Todos os SETE restantes não jogaram. Ah! Entrou o Pranjic para substituir o Capel.

Por isso, pensa antes de teclar. Basta procurar que está tudo na net.

Pedro disse...

Jorge, não perguntes isso. Pergunta antes quantos dias de descanso teve o sporting antes de ir ao Dragão...

"A prova de que até há alguma qualidade (pelo menos a suficiente para o Sportinga andar perto do Braga) foi a boa 1ª parte."

Estás a reinar? Um dos grandes problemas do sporting e sportinguistas é haver quem mais acredite nisso. O sporting apenas e só usou o pontapé para a frente para a corrida do Capel num mano a mano com Maxi q é muito mais lento. Teve sorte de conseguir marcar nesse momento. Depois, claro, estoirou e a partir daí nada mais fez.

Pedro disse...

Jorge, a azia ao Cardozo é de ir às lágrimas. O que me ri... se dúvidas havia aquilo é mesmo à portista!!
LOLOLOLOLOLOL

Peyroteo disse...

De ir às lágrimas é o Pedro falar em sorte do Sporting marcar naquele momento quando o 1º e o 3º golos do Benfica foram essencialmente sorte. A cabeçada do Cardozo no 3º golo ia claramente para fora, não fosse o desvio do defesa.

Pedro disse...

Peyroteo, respira, descansa, e amanhã falamos de bola.

Sorte é quando não se faz nada para marcar e sem saber como se mete a bomboca lá dentro. Quando uma equipa esmaga a outra, não a deixa sair da sua área, quando tem oportunidades atrás de oportunidades, o golo, nunca é sorte. A forma como entrou pode ter sido feliz mas é apenas uma mera consequência do caudal ofensivo do SLB. Não perceberes isso justifica muito. Por alguma razão tb vais dizendo que o scp é muita forte e tem jogadores muito bons.

Caro Peyroteo, descansa. A sério. Depois falamos.

Peyroteo disse...

Estás aí a criar um cenário inexistente. Uma equipa pode criar mais oportunidades e perder, como acontece tantas vezes. O Benfica ontem foi feliz em dois golos (sendo que o 1º foi decisivo). Teve mais sorte que o Sporting. Isso não quer necessariamente dizer que o resultado é injusto.

Pedro disse...

"Uma equipa pode criar mais oportunidades e perder, como acontece tantas vezes. "

Claro que sim. Nada disso está em discussão.

Tasqueiro Emigrante disse...

Não foi um auto-golo...foram dois...

O primeiro marcado pelo Rojo.

O outro autogolo foi o terceiro do Benfica...Cardozo remata de cabeça e a bola bate na cabeça do Insua se não estou em erro. O que se passa é que essa bola não ia na direcção da baliza, logo tem que ser atribuido golo ao defesa do Sporting conforme as regras estipulam.


De qualquer maneira, ninguém esperava outra coisa a não ser a vitória do Benfica.

Gostei foi de ver uma toupeira a sair da toca depois de tanto tempo a hibernar.

luis disse...

Mas Peyroteo, nos remates de Lima, Cardozo e Sálvio que passaram a rasar os postes, e nas defesas de Patrício, não tivémos sorte.

É inegável que tivemos sorte nesses dois lances mas podes dizer que tivemos azar noutros lances.

Isto da sorte é muito relativo. Por exemplo, não acho que tenha sido sorte o falhanço do 2-0 do Carrilho. Foi azelhice do avançado e mérito do Artur.

Miguel disse...

O momento do jogo é, como diz e bem o luis, o momento em que o elias (e não o carrillo) devia ter feito o 2-0, a 5 metros da linha de golo, enquadrado e só com Artur pela frente.

Após esse momento o Benfica tomou completamente conta do jogo (coisa que na 1ª parte só aconteceu na cabeça do Pedro) e o estado anímico actual da equipa do Sporting fez o resto. Após o 1-1 toda a gente percebeu quem iria ganhar o jogo.

Miguel disse...

Apenas um reparo ao meu comentário inicial.

O funeral de dia 20 diz respeito à SAD que uma cambada de inuteis, parasitas e maus gestores está a enterrar diariamente.

Só mesmo ali é que vão buscar advogados para tratar da gestão da empresa.

O clube, esse, não morrerá tão cedo. Nem que tenha de recomeçar dos distritais, tal como o Rangers.

J. disse...

É claro que a visão do Luis e do Pedro vão sempre acabar em algo parecido a isto.
Se já antes era assim, agora que tem resultados como este, ia ser diferente não?

Eu continuo a pensar que o Sporting acabou com o empate. Mas ainda assim, ia conseguindo o 2-1. E não era o lance do Elias, era o remate ao Poste do Insua que o Artur nem com asas ia lá buscar.
MAs quem estava no estádio percebia bem q era só uma questao de tmp até ao benfica marcar. O Sporting morreu e entrou em pânico. Cada centro para a área era cada lance de perigo para o Benfica. E os golos de Cardozo foram apenas o confirmar disso mesmo

J. disse...

A nova dupla de centrais não inspira qq confiança. Começo já a ter saudades do Polga, do capitão América e do Carriço....minha nossa!!!

luis disse...

Sim, J, tu é que vês as coisas como elas são. Então essa do Insua é de ir às lágrimas. Minutos antes o Garay mandou uma ao poste, viste?

Mas não, não foi o falhanço do Elias. Foi o do Insua. Esse, sim, foi o momento do jogo.

Gostava que me explicasses onde é que a minha visão global do jogo difere em muito da tua...

Pedro disse...

A tua é vermelha...a dele é verde...