quinta-feira, dezembro 12

Fala Paneira.

"O Benfica entrou displicente. O Benfica tem que entrar a matar! O FCP tinha perdido pontos. O Benfica podia conquistar o primeiro lugar, e ficar isolado, à espera do que podia acontecer com o Sporting. Mas não entrou com essa filosofia de equipa que quer ganhar o campeonato! Não quer. Ali tinha que entrar com tudo".

O grande e saudoso Vitor Paneira diz tudo, à jogador da bola, à adepto. O Benfica é actualmente um clube sem grande exigência, onde até os próprios adeptos parecem resignados aos empates e derrotas. Somos uma espécie de country-club, onde a malta vai ver uns amigos nas roulotes e bancadas e, por acaso, também, uns gajos que jogam à bola.

No outro dia vi o senhor ex-jogador Pacheco a passear no Estádio da Luz, nos camarotes, e fiquei azul. Não tenho nada contra a pessoa, mas foda-se, um gajo que fez o que fez, naquele ano, anda agora a passear os cotos pelos camarotes da Luz?

Este Benfica está doente, já o digo há muito tempo. Dou por mim e já nem fico nervoso com os jogos. Dou por mim e vejo o Pacheco no Estádio, como se fosse parte da história do Clube, quando o que lhe fez foi apunhalá-lo pelas costas. E hoje, damos-lhe gambas?! Mas está tudo doido?! Ó que caralho.

Vieira e os seus muchachos só descansam quando estoirarem com o Benfica por completo.

4 comentários:

Pedro disse...

Vieira e seus muchachos atacam a honra do Sport Lisboa e Benfica.

Pachecos, Paulos Sousas...nunca mais entravam na Luz. Nunca mais.

Mas a estratégia é essa. Sempre foi, desde o primeiro dia. Mas a malta não vê o que lhes entra pelos olhos dentro...

Iniesta de Mundet disse...

Sabe lá o LFV o que é o Benfica, ou a sua história e valores. Já o Miguel foi convidado para um jogo de beneficência qualquer. Já faltou mais para o Paulo Sousa ser convidado para treinador.

Iniesta de Mundet disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luís Fiúza disse...

Já agora o filho da puta do silvino. Enrrabem-se uns aos outros.