domingo, janeiro 19

Benfica 2 Marítimo 0.

Nova vitória, tranquila e justíssima. A equipa não acusou a saída de Matic e fez 45 minutos bons. Depois houve mais 45 de algum desacerto o que impediu uma goleada. O Marítimo foi quase sempre uma equipa apática, sem grande atitude e facilitou a tarefa dos encarnados. Estranho.

A qualidade do plantel não deveria dar hipóteses em 80% dos jogos e quando temos Rodrigo, Markovic e Gaitán a jogar desta forma, sempre amparados por um quinteto defensivo concentrado e um Enzo a toda a hora, os golos e as vitórias aparecem.

Rodrigo está de volta e pouco me interessa se falha golos, tendo em conta os que tem marcado. Parece muito mais confiante e só teria a ganhar se jogasse mais adiantado. Lima continua a ser um jogador que merece todo o respeito mas as coisas não lhe estão a sair bem. O banco talvez fosse boa solução, ainda há muito jogo e vamos precisar do brasileiro do ano passado (com Cardozo cada vez mais longe).

Markovic mudou de atitude e tem justificado a titularidade. Tem tanta qualidade que é impossível ficarmos indiferentes à sua classe. Oblak, agarrou o lugar. Não sei se é superior a Artur. Sei que transmite maior confiança e que, no limite, vai falhar como Artur falhou, por isso, mais vale apostar em alguém que tem margem de progressão.

O árbitro falhou (o assistente) quando não assinalou um claro fora-de-jogo no segundo golo do Benfica. Errou também quando não assinalou penálti sobre Markovic (e ainda lhe deu amarelo por simulação) e quando não expulsou um maritimista por agredir o Gaitán. Tudo isto, para o que estamos habituados, até resultou numa arbitragem razoável (pelo menos não tendenciosa como no jogo passado).

Jesus continua com o microfone aberto e o clube continua a sofrer com isso. Já não acredito em falta de profissionalismo ou em incompetência. O que se passa é desleixo e propósito de uma estrutura que insiste diariamente em disparar sobre os seus próprios pés.

O treinador é para treinar e falar sobre o jogo. Num jogo em que fomos beneficados com um golo em fora-de-jogo, vir falar em jeito de coitadinho sobre o penálti que não foi marcado, é estúpido. Esses são assuntos que deveriam ser tratados por um dirigente que, semanalmente, fizesse o seu trabalho. Assim, temos Jesus a dar o corpo às balas e a ridicularizar o clube por não ter capacidades para desempenhar tal papel.

Os débeis que continuam a insisnuar que o Benfica foi beneficiado frente ao FCP, são os mesmos que continuarão a definhar na sua imbecilidade. E a eles o Benfica deverá ou ignorar, ou atacar sem piedade. Agora isto, é inútil.

Também gostei muito das entradas dos putos nos descontos.

11 comentários:

Tasqueiro Ultra-Copos disse...

digno de se ver sensatez nas palavras do luis, raro num benfiquista. tudo o que disse foi bem dito, mas, a verdade é que o porto foi mais prejudicado que o benfica no jogo passado, isso é inegável, agora dizer que perdemos por causa do árbitro isso não é verdade e já o disse, não misturemos as coisas. jesus fala demais e a maioria das vezes mal, quem perde é ele e o clube, embora achasse que o discurso de hoje foi a mando do vieira. não sei qual dos dois é pior.

viram a queda do mestre durante o jogo? comédia pura, ainda não parei de rir

Jorge Borges disse...

Luis,
responder ao bufas era ser tão ridículo como ele. O gajo (e pelos vistos mais alguém) "só viu" a última meia hora. Ler as declarações dele e olhar para o score do Artur Soares Dias em jogos que o porto foi interveniente só me faz dar gargalhadas (mais até do que a queda do JJ) porque ainda há tristes que acreditam naquilo que o gajo diz.

Ontem tivemos um Benfica qb para destronar um Marítimo que tem sido uma sombra de outros tempos.
Não achei um grande jogo, mas atendendo ao estado do relvado e ao desenho táctico do adversário, acabou por não ser mau.
Partilho da tua análise relativamente aos lances polémicos. Tanto o fora de jogo como o penlati são inegáveis.

Para quem não sabe dizer mais nada sobre a pseudo-parcialidade gritante da Benfica TV espero que tenha ficado satisfeito com a quantidade de vezes que o lance do golo em fora de jogo foi passado. Nem a Sporttv seria capaz de o passar tantas vezes. Isto não é uma crítia à Benfica TV.

Mike Portugal disse...

Estavas a ser irónico quando falaste nas entradas dos 2 putos nos descontos não estavas? lol

Pedro disse...

Atacar sem dó nem piedade. Sempre defendi essa política.

Jogo razoável de sentido único. Lima péssimo. Markovic fabuloso. Gaitan se tivesse intensidade competitiva do Enzo era TOP mundial.

Jorge, sobre a Benfica TV relembro que Enzo foi castigado por causa de imagens da mesma. Assunto encerrado.

Farto de JJ. O que ele fez aos putos é vergonhoso. E não foi a primeira vez.

luis disse...

Pedro, já li que talvez a entrada dos putos se tenha devido ao facto de terem de jogar contra o Gil (Taça da Liga) alguns jogadores que jogaram nesta jornada. Ou seja, Jesus quis garantir o jogo (bem ou mal, é uma decisão normal) e manteve os melhores até ao fim. Acabou por colocá-los nos instantes finais para os meter a titulares contra o Gil. Vamos ver se se confirma.

Pedro disse...

Luis, é uma justificação sem nexo. O jogo estava controlado. Podia fazer isso tudo metendo os putos aos 75 minutos, por exemplo. Agora aos 88 e 90?????

Não acrescenta nada à equipa. Nem aos que entram, nem aos que saiem nem à equipa. Nada.

luis disse...

Estava controlado, concordo, mas o Marítimo poderia ter feito um golo e o gajo terá preferido não arriscar.

Acho que é daquelas coisas que, se ele explicou isso mesmo aos dois jogadores, não tem problema nenhum.

Peyroteo disse...

Eu acho que ele os colocou em campo só para baixar um pouco a contestação depois das declarações infelizes após a venda do Matic.
Tem tanta confiança neles que, mesmo com 2-0, só entram nos descontos :)
A culpa também não é só do Jesus. Na verdade o Benfica não consegue lançar jogadores da formação porque só apanha com aqueles jogadores que os olheiros do Sporting deixaram passar ou, daqueles que, sinalizados pelos olheiros, chumbaram o teste na Academia de Alcochete.

Pulha Garcia disse...

Concordo com tudo menos nos ataques ao Jesus (a sério, Luís, admite apenas que o odeias, e que assim vicias as tuas análises objectivas com elementos emocionais; para mim, que te leio com interesse, é uma pena). Dois penalties claros não assinalados em dois jogos seguidos é assunto para apontar o dedo. É verdade que o segundo golo do Benfica é irregular, tal como é verdade que o FCP foi prejudicado no derby na jogada em que o Jackson ficava isolado (em ambos os jogos houve erros para os dois lados). Mas são dois penalties escandalosos, em que a arbitragem não quis assinalar o que era justo. JJ esteve - a meu ver - muitíssimo bem, e só lamento que a direcção ou um director desportivo (temos algum?) não tivesse feito a mesma declaração. É com penalties não assinalados que em Portugal frequentemente se ganham campeonatos.

Ace-XXI disse...

Percebo a tua opinião sobre a mais valia do plantel mas a verdade é que todos os jogadores que falaste são bastante irregulares e tanto fazem grandes exibições como fazem jogos absolutamente miseráveis mas como é obvio neste momento vcs tem uma frente de ataque em grande forma, e apesar de eu nao acreditar num regresso em força de salvio e Cardoso a acontecer nao dariam hipóteses a ninguém.

luis disse...

Pulha,

se leres bem nem sequer estou a atacar o JJ. Antes pelo contrário, estou a defender que alguém no clube deveria proteger a figura do treinador para que não esteja constantemente com conversas paralelas e para as quais não tem estaleca por que é bastante limitado no discurso.

Já te disse que não odeio ninguém e muito menos o Jesus, pois é apenas um treinador de futebol.

Além disso não tenho agenda nenhuma. Limito-me a dar a minha opinião sobre aquilo que vejo, ouço ou e leio. Achas que não fundamento a minha opinião? Eu acho que fundamento, e bastante. Podes não concordar, claro, mas penso que é claro que não o faço movido por um ódio cego.

Abraço!