quarta-feira, outubro 14

Querem que se investigue ou não?

Bruno de Carvalho vem agora dizer que teme uma lista negra dos árbitros que terão usado os vouchers oferecidos pelo Benfica. Em que ficamos, quer que se investigue ou não? Ou quer que se investigue apenas uma das partes, a chamada investigação selectiva? Ou quer que a investigação lhe seja entregue e ele determine os culpados e aplique as penas?
Já que colocou a procissão na rua, agora tem que esperar tudo.
Para bem do futebol é bom que se investigue tudo até ao mais ínfimo pormenor e se punam exemplarmente os culpados, sejam eles quem forem. 

6 comentários:

luis disse...

Jorge, esta notícia é inventada e encomendada!

Jorge Borges disse...

sério? ironia?

Ace-XXI disse...

Nao percebo o teu post, Na noticia está lá escrito que o SCP estranha que a federação nao investigue o caso em vez de ter passado a batata quente a outro.

Sobre a famosa lista vem na resposta a uma noticia do CM e parece me lógico que se devia apurar rapidamente os árbitros que utilizaram os voucheres e suspender até o caso estar decidido. Parece me claro que 1 arbitro que até tenha utilizado aquilo sem qqr 2 intenção neste momento estará condicionado por o ter feito.

Mr. Shankly disse...

Só os vouchers? E as camisolas, não? Porquê?

Jorge Borges disse...

Ace,
Se o Sporting quer que se investigue, é natural que a investigação vá apurar quem usufruiu e quem não usufruiu dos vouchers. Parece-me óbvio. O Sporting agora não pode vir "em defesa dos árbitros" e parece não querer que se apure este facto em concreto.
Se é para se saber, tem que se saber tudo! Quem usufruiu, quanto é que isso custou, e depois tentar-se estabelecer um nexo de causalidade. Tem que se levantar as pedras todas.

Mas esta discussão acaba por ser inócua. Parece que a notícia não é verdadeira... Parece que fui ingénuo!

LDP disse...

Suspender os árbitros? Então mas se não é corrupção...