domingo, maio 9

Frederico faz história

Começo a escrever este post com 5-4 para Montanes no 3 set. Frederico tem a possibilidade de empatar... e empata! 5-5! Eu, que nem sou grande adepto do ténis, gosto de saber quem vai à frente, quem ganha os grandes torneios e pouco mais, dou por mim agarrado à TV a torcer por um português e com vontade de comentar com alguém o que estou a ver. Como estou sozinho em casa e o PC está mais perto que o telefone vim ao blog.

Confesso que, quando o espanhol teve 2 pontos de jogo no 2º set, achei que estava tudo terminado. Achei eu e quase toda a gente, quase toda a gente menos o Frederico Gil, que não só ganhou o set como avançou para um incrível 3-0 no 3º set.

Está 6-5 para o Montanes e eu só peço ao Gil para repetir a façanha do 2º set. É a sua vez de servir. Se calhar as 5 horas de jogo do dia anterior não permitem mais ao português, mas ele não deixa de tentar. Merda... bola na rede... 15-30... o fim parece próximo. 15-40... duplo match point... Independentemente do resultado deste ponto o ténis português tem um novo heroi! 30-45... força Gil... perdemos... Parabéns Montanes... GIL ÉS GRANDE!

Já a seguir o próximo campeão nacional no futebol... felicito-me por não viver numa zona onde passem muitos carros.

1 comentário:

Mário Rui Oliveira disse...

acabado de chegar do Jamor, Gonçalo, devo-te dizer que o ambiente era simplesmente fabuloso ! a cada ponto do frederico Gil, festejava-se como se fosse o último !

Há muito q não sentia tanta adrenalina num espetáculo desportivo ! mais até que o Futebol, o ténis em que se conquistam vitórias ponto a ponto tem um enorme potencial de emoção ! e hoje viu-se isso !

Grande dia para o ténis português !