sábado, maio 29

Parabéns leões

Grande jogo e grande festa no Complexo Desportivo de Almada. Ao vencer a Taça Challenge o Sporting fez história e tornou-se uma das 3 equipas na Europa (Barcelona e CSKA são as outras duas) a vencer taças europeias em 4 modalidades distintas.

Petric foi novamente o melhor em campo, se bem que, na baliza, Humberto também esteve muito bem. Já não me lembrava de uma enchente como esta num Pavilhão. Toda a bancada a ver o jogo de pé, pessoas a ver os jogos em locais onde nem era suposto estarem, enfim... valeu tudo!

Para quem andava com dúvida, os adeptos do Sporting estão vivos e não é preciso o futebol para o demonstrar. Ultima nota: Bettencourt ouviu fortes assobios quando foi lá abaixo receber o galhardete da ordem. Espero que os interiorize e perceba os motivos dos mesmos.

14 comentários:

RPaulo disse...

"tornou-se uma das 3 equipas na Europa (Barcelona e CSKA são as outras duas) a vencer taças europeias em 4 modalidades distintas."

Para um sportinguista (como eu) é uma ideia revigorante. Mas fica fácil de ver que essa é mais uma conquista de consumo interno, porque, se virmos bem, nos principais países europeus (França, Alemanha, Espanha, Inglaterra e Itália), quantos clubes de grande dimensão têm 4 ou mais modalidades.

O ecletismo não é "o caminho". Mas é parte do caminho. Talvez fosse melhor olhar um bocadinho melhor para o Barcelona ... e não estou a falar do ecletismo.

Já agora, qual foi o erro do Bettencourt?! É que algumas declarações infelizes à parte, não me lembro de nenhuma decisão particularmente contestada (só se for o Paulo Sérgio, mas parece que esse foi o Costinha que escolheu...)

jvl disse...

Mais de 60 minutos em pé, voz mal-tratada e mãos a ferver mas valeu a pena!!

Grande ambiente hoje em Almada e que comunhão que existe entre esta EQUIPA e os adeptos!!

Estou extremamente contente com esta conquista e como se cantou hoje: "Queremos pavilhão! Queremos pavilhão!"

ECLETISMO SEMPRE!!!

kovacevic disse...

caro RPaulo

eu não sei quantos grandes clubes de grande dimensão na europa têm quatro ou mais modalidades

você sabe?

mas vamos partir do princípio de que a maioria não tem

o cenário é então o seguinte: o sporting tem no ecletismo um factor que o diferencia a nível europeu; as vitórias que entretanto conquistou aprofundam essa diferença e colocam o sporting num lote muitíssimo restrito de clubes que ganharam títulos europeus em quatro modalidades

todos sabemos como é difícil hoje em dia, em qualquer actividade, ser alternativo em relação à concorrência, sobressair, encontrar posicionamentos diferenciados

e perante isto, o raciocínio do RPaulo é dizer ao Miguel que os grandes clubes no resto da Europa não são ecléticos logo esta coisa de ganhar em quatro modalidades tem de ser relativizada

deve o sporting mudar para ser como os outros?

ou deve o sporting rentabilizar algo em que é não só diferente como melhor?

RPaulo disse...

Escusamos de "partir do princípio". A maioria nos principais países ocidentais não tem. Ponto.

Eu não defendi que o Sporting deve "mudar para ser como os outros". Ainda assim, há muito de dúvidoso nos pressupostos evocados nessas perguntas sobre o caminho a tomar. É o que dá perguntar quando o que se quer é responder...

Petinga disse...

"Já agora, qual foi o erro do Bettencourt?! É que algumas declarações infelizes à parte, não me lembro de nenhuma decisão particularmente contestada"

Deduzo que este Sportinguista ou é familiar do JEB ou entao andou emigrado nos Estados Unidos durante os últimos 10 meses.

Quanto ao resto, convém nao esquecer que foi o primeiro troféu europeu para o Andebol Portugues. Assim mesmo, sem mais. Parece-me haver muita gente de parabéns na Seccao de Andebol do Sporting.

J. disse...

Pena, foi não termos feito a dobradinha com o atletismo também.

As modalidades são importantes para o clube e nao há-que deixar de investir.
O pavilhão é muito bem vindo!!!

RPaulo disse...

Petinga,

Se discorda da minha observação, agradecia que fundamentasse concretamente.

Especular sobre as minhas origens não me parece uma grande ajuda...

E repito, eu também:
"Já agora, qual foi o erro do Bettencourt?! É que algumas declarações infelizes à parte, não me lembro de nenhuma decisão particularmente contestada"

bruno disse...

Todos se esquecem que em 1999 vencemos o europeu de bilhar por equipas... são títulos europeus em 5 modalidades diferentes... quero ver quem consegue igual...

LMGM disse...

RPaulo, os erros de Bettencourt foram muitos e começam no início :)

1- A forma como deixou que a sua lista aos corpos sociais ser formada.

2- Não ter percepção que a estrutura do futebol em que alicerçava o seu projecto estava desgastada e cansada.

3- O reagir nos momentos de crise de modo pessoal e não institucional.

4- O modo envergonhado como apresentou algumas decisões importantes.

5- O afastamento progressivo da sua maior força, a facilidade de contacto com os Sportinguistas.

6- O reagir de forma exagerada aos problemas sem os conseguir antecipar ou evitar.

7- O isolamento.

Para finalizar só dizer que tem demonstrado grande capacidade de reacção e de correcção de erros e que confio num ano incomparavelmente melhor.

RPaulo disse...

Ora, finalmente, uma resposta mais concreta.

Não discordo dos pontos que apresentou. Ou seja, concordo (porque é óbvio) que muitas decisões foram erradas. O que não me parece é que os sportinguistas tenham ligitimidade para o criticar à posteriori.

Continuar com a estrutura técnica foi um erro. Mas quantos não apoiaram essa opção? Sá Pinto outro erro provado. Mas quem não aplaudiu a escolha na altura? Costinha parece-me um erro de casting. Mas, mais uma vez, quantos anteciparam o erro?

Ou seja, houve decisões erradas, mas poucas não tiveram o apoio esmagador da maioria que hoje o assobia.

É por tudo isto que os assobios só são compreensíveis pelas declarações infelizes que teve em vários momentos. E mesmo isso vale o que vale. Tudo o resto são hipócrisias.

E acrescento que tenho muito poucas esperanças para os tempos que aí vêm. Muito mais pelo Costinha do que pelo JEB.

Cumprimentos a todos

jvl disse...

RPaulo,

"O que não me parece é que os sportinguistas tenham ligitimidade para o criticar à posteriori. "

Os Sportinguistas terão sempre legitimidade para criticar aquilo com que não concordam. JEB, assim como Soares Franco, Dias da Cunha e todos os outros que o antecederam, não são donos do SCP - apesar de por vezes dar essa sensação, apenas dirigem/dirigiram o SCP num dado momento.

RPaulo disse...

jvl,

Onde é que alguém disse que JEB era dono do Sporting?! De onde é que vem essa ideia conspirativa?!

Eu explico devagarinho, para ver se isto faz sentido sem ser só a mim...

1. O homem escolhe quem 90% dos adeptos apoia (Paulo Bento, Sá Pinto e Costinha reuniram grandes consensos).

2. Corre mal.

3. Os 90% assobiam o homem.

Está bem assim, não está? É tudo legitimo. A besta é ele, os seus antecessores e aqueles que lhe seguirão. Mais ninguém. Depois admiram-se...


Fico-me por aqui.
Nunca havia participado em discussões apesar de ser frequentador assíduo. Provavelmente não voltarei a fazê-lo, até porque parece que é muito difícil fazer-me compreender.

Um abraço a todos.

LMGM disse...

" Provavelmente não voltarei a fazê-lo, até porque parece que é muito difícil fazer-me compreender." Olhe que não RPaulo, olhe que não.

"O que não me parece é que os sportinguistas tenham ligitimidade para o criticar à posteriori."

Os Sportiguistas são muita gente. Por aqui cada um é responsavel pela sua propria opinião.

Eu por exemplo não falei de estrutura técnica, falei de estrutura do futebol e isso é mais sensivel do que qualquer técnico.

Talvez se procurar um pouco sobre a opinião e expectativa de cada um antes desses momentos o seu juizo seja mais fundamentado.

Mas o melhor mesmo é dar a sua opinião sem julgamentos.

jvl disse...

RPaulo,

Podes explicar depressa ou devagar, desde que tenhas vontade de perceber o que os outros dizem.

Mesmo que os Sportinguistas tivessem vendido o Clube a um qualquer investidor, teriam legitimidade para se queixar, quando discordassem das decisões desse(s) hipotético(s) dono(s), como podemos ver em Inglaterra.

Repito: os Sportinguistas terão sempre legitimidade para criticar quando não concordam com a decisão A ou B ou a pessoa (jogador/técnico/dirigente) X ou Y.

"Está bem assim, não está? É tudo legitimo. A besta é ele, os seus antecessores e aqueles que lhe seguirão. Mais ninguém. Depois admiram-se..."

Pelos vistos não leste com atenção o meu comentário anterior. Nunca disse que apenas o JEB se achava dono do SCP. Sim, tenho a sensação que muitos destes "gestores de topo" tratam o SCP como se fosse deles, sem qualquer respeito pelos "verdadeiros" donos do SCP: sócios e adeptos.

Os sócios terão responsabilidades? Certamente, uma vez que a maioria continua a eleger estes "gestores de topo" para a Direcção.