terça-feira, maio 11

Selecção

O que dizer dos 24 convocados de Queirós? Algumas surpresas e também algumas confirmações. Não esperava as ausências de Quim e/ou Rui Patrício em detrimento de Daniel Fernandes e/ou Beto. De qualquer maneira, sendo o irregular Eduardo o titular, não fará grande diferença quem ficará no banco.
Nas laterais, o seleccionador lá chamou Fábio Coentrão, que acabou por merecer a chamada. Na direita, apesar dos apelos por Amorim, Queirós preferiu a experiência de Paulo Ferreira. Nos centrais, a presença de Rolando e Ricardo Costa faz-me alguma confusão. Existem soluções muito melhores. Esperemos que um deles seja o sacrificado.
De resto, João Moutinho ficou sem espaço, depois de uma época bastante abaixo do habitual. Ainda assim, depois de fazer parte de todas as convocatórias nas eliminatórias, a ausência é algo inesperada. Na minha opinião, não estando Moutinho, deveria estar Nuno Assis, pois não sabemos a que nível se poderá apresentar Deco, pouco utilizado no Chelsea.
Apesar de tudo, acredito numa boa campanha na nossa selecção, com Cristiano Ronaldo e Nani em forma. Se assim for, podemos voltar a chegar longe na competição. A história diz que Portugal ou fica pela fase de grupos ou chega às meias finais. O jogo com a Costa do Marfim é decisivo.

22 comentários:

Pedro Pereira disse...

Parece-me a mim, que Queirós vai borradinho para África do Sul.

Vamos estacionar autocarros, defender e jogar no contra-ataque rápido. Será o esquema táctico 4-2-3-1 com 2 trincos?!

Guarda-Redes: Sobre este sector, acho que Patrício merecia estar presente, Beto faz 5 jogos uma época inteira e vai ao mundial?! Lindo... Sou fã de Daniel Fernandes, mas acho que a escolha devia recair sobre Hilário.

Defesas Direitos: Miguel e Paulo Ferreira, para mim o jogador do Chelsea ficava em casa e optava por Ruben Amorim que daria outro tipo de complemente ao Plantel.

Defesas Esquerdos: Duda e Coentrão, aqui não vejo melhores, ainda podemos contar com o Gordo Veloso.

Defesas Centrais: Bruno Alves, Ricardo Carvalho, Ricardo Costa, Ze Castro, Rolando - Este 2 ultimos para mim não têm lugar na Selecção, porque não Fernando Meira?!

Trincos: Pedro Mendes (e Pepe), jogador que fisicamente não está bem, vamos ver se recupera, para mim titular na selecção, os ultimos jogos dele são brutais.

Médios Centro: Tiago, Deco, Meireles, Danny, Veloso - Este ultimo também pode jogar a trinco, mas é um jogador pesado, porque não Assis ou CMartins?! Só temos Deco e vamos la ver em que condições e com que motivação

Frente: Liedson, CRonaldo, Nani, Simão, Hugo Almeida - Hugo Almeida fica no banco é garantido e quem mais?! Não seria uma boa aposta levar + poder de choque como por exemplo Makakula que se fartou de marcar golos?!

Quem vai ficar de fora?! Pepe ou Miguel Veloso?

Ontem foi lindo no Prolongamento da TVI 24 a indignação de Eduardo Barroso, sobre a não convocação de Moutinho, Patrício e a esperança que Tonel, CarRiço e Yanick... Concordo que Carriço podia ser uma opçao MUITO BOA, agora os restantes...

Eu não vou estar a torcer por esta selecção, mas sim pela Espanhola, Holandesa, Argentina...

Gosto de bom futebol e Queirós nada disso trouxe à selecção, muito pelo contrário.

J. disse...

Deves ter visto muitos jogos da selecção argentina por exemplo.
Um futebol de maravilhar...

Tristeza!!!!

Enfim, dizer que Ruben Amorim é melhor opção que Paulo Ferreira para a direita é outra coisa que não percebo.

Para mim o sucesso desta selecção, passa pelo estado de forma de Ricardo Carvalho, Pepe e Deco.
Se estes estão a 100% não tenho qualquer dúvida que vamos chegar longe.

Eu já tenho os meus bilhetes!!!
:-)

Pedro Pereira disse...

J.

A Selecção Argentina, tem um potencial brutal, só não vê quem não quer. Se aqueles endiabrados começam a jogar a bola...

Para mim o Paulo Ferreira sempre foi um jogador fabricado, o Amorim é mais completo, pois serve também para outras zonas do campo.

Gonçalo disse...

Mais que os escolhidos... uma vez que no máximo 18 irão jogar... o que me preocupa é o esquema táctico. Chegar a esta altura do campeonato e ainda não saber bem como vamos jogar deixa-me no mínimo desconfortável.

João, seu porco! Que jogos vais ver? Abraço

Pedro Pereira disse...

Cheira-me que esta selecção vai jogar num 4-4-4 com Ronaldo e Liedson na frente. A defesa com Eduardo, Miguel, Ricardo Carvalho, Bruno Alves e Coentrão. Meio campo com Pepe(ou Pedro Mendes), Raul Meireles (ou Tiago), Nani e Deco.

Ou então em 4-3-3, com um meio campo com Pepe(ou Pedro Mendes), Raul Meireles (ou Tiago)e Deco e na frente, Ronaldo, Nani e Liedson

J. disse...

Portugal-Corea na Cidade do Cabo, e em principio Portugal-Brasil em Durban se perder algum amor ao dinheiro. :-)

Keres vir pá!?

J. disse...

Seja como for é um onze fortissimo.
Repito, tomara nós nos próximos anos termos uma selecção assim.

Gonçalo disse...

Querer, queria. Mas nessa altura terei outras prioridades :).

Individualmente não há dúvida que temos um conjunto poderoso e isso até pode ser suficiente para passar a fase de grupo, nem que seja em 2º. Mas para ir mais longe é preciso uma equipa e para termos uma equipa é necessário que o jogadores saibam exactamente o que têm que fazer dentro das 4 linhas. E isso não me parece que estejamos sequer perto de ter... vamos ver que maravilhas faz o estágio...

Pedro disse...

Acho piada referirem o estado físico do Bluff como se isso fosse capaz de mudar alguma coisa nas prestações patéticas q sempre teve na selecção. :)

De resto...só rir. Mas alguem estava à espera de alguma coisa diferente do homem dos pinos? Só de pensar que alguns iluminados o desejam no Glorioso...MEDO!!!

David disse...

Guarda-redes: aquilo que está a ser feito ao Quim é semelhante àquilo que o Scolari fez ao Baía. Uma exclusão injusta do melhor guarda-redes português do momento. Não é um guarda-redes soberbo, mas contam-se pelos dedos de uma mão as selecções que têm guarda-redes soberbos... Quim merecia fazer este mundial a titular. Não é pior do que o Eduardo e tem, pelo menos, mais experiência. Depois a convocação de Beto é de ir às lágrimas. Considero-o bom guarda-redes, mas o gajo fez meia-dúzia de jogos...

Defesa-direito: quem viu os jogos do Benfica sabe que a melhor opção é o Ruben Amorim. Um dos melhores jogadores portugueses em termos tácticos da actualidade. Além disso podia ser útil no meio-campo. A ausência de Ruben Amorim é o que mais me choca na lista de Queiroz. Levava também o Paulo Ferreira pela experiência e deixava o Miguel na discoteca.

Defesas-centrais: Zé Castro? Ricardo Costa? Rolando? O Carriço já há muito que devia ter tido uma oportunidade. E o Meira dá muito mais garantias que qualquer um destes gajos.

Defesas-esquerdos: a melhor opção é o Miguel Veloso, seguido do Fábio Coentrão. O Duda provavelmente nem na selecção das Honduras calçava.

Médios-centro: aqui concordo com as escolhas de Queiroz, mas incluía mais um jogador de entre um lote composto por Moutinho, Martins, Hugo Viana e Assis, dependendo também de qual a táctica que será adoptada.

Extremos: nada a apontar.

Avançados: por mim o Liedson nunca teria vestido a camisola das quinas e não acho que dê garantias nenhumas. Mas adiante. Concordo com a chamada de Danny e acho até que pode ser uma das agradáveis surpresas desta selecção, como titular ou como suplente muito utilizado. Não tenho visto jogos nem do Hugo Almeida, nem do Makukula, mas tendo em conta os números de Makukula no campeonato turco, julgo que devia ser ele o escolhido. Em forma ele é melhor jogador do que o Hugo Almeida.

David disse...

O meu onze em 4-3-3 seria algo do género: Quim, Ruben Amorim, Carvalho, Pepe, Miguel Veloso, Pedro Mendes, Tiago, Deco, Nani, Ronaldo, Makukula. O maior problema deste onze está no meio campo. Tiago e Deco não dão garantias, assim como Raul Meireles, Moutinho, Assis, etc não as dariam...

Uma alternativa seria um 4-4-2 bem trabalhado, coisa que o Queiroz nunca conseguiu fazer. O 4-4-2 do Queiroz é uma anedota. Se a selecção mudasse a sua filosofia de jogo, podia experimentar um 11 onde encaixasse os seus 4 melhores jogadores ofensivos da actualidade: Simão e Nani nas alas, Ronaldo e Danny no meio. Levaria tempo a sistematizar este novo 11, mas creio que podia dar resultado.

Não concordo quando se diz que Portugal tem hoje um 11 forte. Tem excelentes valores individuais no ataque, principalmente Ronaldo, Nani e Danny. Tem jogadores consistentes no meio-campo quando estão em forma: Pedro Mendes e Raul Meireles (este último teve uma época miserável) e tem uma defesa mediana. Mas alguns dos bons valores da selecção já estão na sua fase descendente e não espero deles um grande mundial: Deco, Carvalho, Paulo Ferreira, até mesmo o Simão... Espero que sejam consistentes, mas não os vejo a levar a equipa às costas. E pior que tudo: Portugal não tem colectivo! Queiroz tem muito trabalho pela frente durante o estágio e, sinceramente, não acredito que consiga criar uma equipa... Tenho pena, mas não acredito nesta selecção.

Peyroteo disse...

A opção pelo Hugo Almeida pode ter a ver com experiência e tem números interessantes na Bundesliga. São jogadores parecidos, e sinceramente, não sei em qual confiaria mais. Talvez em nenhum deles

J. disse...

Repito aquilo que disse no 442.

Podiamos pedir aos 10 milhões de portugueses uma lista dos 23 e acho que iriamos ter 10 mulhoes de listas diferentes.

Mas há aqui um facto que acaba por ilustrar muita coisa.
Este pessoal a defender Ruben Amorim que deve ter feitos uns 4 jogos a defesa direito, para abdicar de Paulo Ferreira ou Miguel?
No more comments...

Pedro Pereira disse...

E outro problema desta selecção é o espírito criado entre os jogadores que parece não existir...

zorg disse...

Acho piada à noção de que um jogador "merece" ir à selecção, por ter feito um bom jogo, ou uma boa série de jogos.

A convocatória para a selecção não é uma medalha por bom comportamento. Há muitos factores a levar em consideração na altura de escolher os jogadores.

David disse...

O Amorim fez entre 30 a 40 jogos esta época, e terá sido titular em mais de 20. Não ando a contar os jogos do Amorim a lateral-direito, mas se calhar fez mais do que o Duda a lateral-esquerdo. E quando foi chamado a fazer essa posição, fê-lo com brilhantismo. Foi consistente e impressionou. É um gajo que não dá muito nas vistas. Não faz grandes dribles, nem cria muitos desequilíbrios. Mas é muito competente tacticamente. Creio que seria uma melhor solução do que Miguel (já longe do seu melhor) e Paulo Ferreira (um jogador também muito bom em termos tácticos, mas com pouco ritmo competitivo).

David disse...

"Há muitos factores a levar em consideração na altura de escolher os jogadores."

E quais terão sido os factores que Queiroz levou em conta?

Eu não vejo assim tantos factores. Para mim a convocatória faz-se com uma premissa: temos meia-dúzia de jogadores que devem constituir o núcleo duro do 11 titular; a partir daqui há que pensar qual o melhor esquema táctico possível e depois é preciso escolher os restantes jogadores que melhor se adaptam a esse esquema táctico tendo em conta: 1) o momento de forma, 2) a experiência e a motivação.

É claro que podemos discordar nos jogadores-chave, no esquema táctico, no momento de forma dos jogadores, etc... Além disso há detalhes sobre cada um dos jogadores que só Queiroz conhece. Mas em abstracto não me parece que a escolha dos 23 jogadores seja assim tão complicada.

J. disse...

O Miguel é só titular indiscutivel do terceiro classificado em Espanha.
Paulo Ferreira fez mais jogos nestes ultimos meses que nos dois anos anteriores.

O Ruben Amorim era opção para o meio campo e para direita. Eu acho que há melhores opções para as duas posições, coisa por exemplo não acontece no lado esquerdo e daí a opção Duda.

TUGA disse...

A Convocatória numa palavra:

PALHAÇADA!

Miguel disse...

"A convocatória para a selecção não é uma medalha por bom comportamento. Há muitos factores a levar em consideração na altura de escolher os jogadores."

Concordo com o Zorg e por isso não percebo a não convocatória do Moutinho.

De qq maneira, tirando o Ricardo Costa e o Zé Castro, todos os outros são bons jogadores e dão garantias. Estes 2 não.

Não falo do g.r. pq não o conheço.

jamsilva disse...

Tuga és capaz de gerar algum argumento? ou ficas contente por soltar o insulto e virar costas? Podias por exemplo tentar explicar porque razao é que para ti deviam estar mais jogadores do benfica nas escolhas.

Pessoalmente,

surpreende-me a ausência de moutinho, mas nao sei quem lhe daria o lugar.

nao entendo bem a chamada de RCosta e JCastro.... alguem sabe pq é q o Meira deixou de contar?

Peyroteo disse...

O Zé Castro não é bom jogador? Tá tudo maluco, ou quê? Eu entendo a convocatória do Zé Castro como entendia a do Meira porque podem fazer as mesmas funções que o Queirós pretende para o Pepe: Um trinco alto e com alguma velocidade. Entendo muito menos a convocatória de um Rolando ou Ricardo Costa.