sexta-feira, outubro 28

Um outra boa entrevista: Simplesmente Schaars!!!!

Não sou daqueles que passam por dois ou três, sou a ligação e o jogador de passes inteligentes. Sou o jogador inteligente, aquele que descobre boas linhas de passes. Também marco golos na segunda linha... É o meu contributo à equipa. Sou o que vê e lê o jogo, faço jogar e posso marcar tb.Não estou sempre a dar nas vistas, a marcar golos, mas sou como aquilo que se põe entre os tijolos numa construção; sou uma espécie de cimento, é assim que vejo o meu papel numa equipa

Capel
Capel, apontado pela generalidade das pessoas como um fenómeno. O Schaars também o considera a esse nível de excepção?Não. Acho que ele é um bom jogador, tal como outros o são, mas... ainda não é um Messi [risos]. Ainda agora, com o Gil Vicente marcou dois golos de cabeça, mas o segundo, por exemplo, até a minha avó marcava
Carrilo
Não é muito esforçado, mas é um jogador com qualidade.
Rinaudo
É bom jogador, mas às vezes podia ser mais esperto nas coisas que faz. Não precisa de apanhar sempre a bola, quer sempre chegar lá, e isso já lhe custou alguns cartões.

Percebe o que diz o Domingos?

Não, mas o treinador-adjunto fala muito bem inglês

14 comentários:

Francis disse...

a entrevista do americano também foi, um bom discurso, claro e inteligente.

esta não li. mas gosto da frontalidade do gajo, pelo que aqui deixaste.

Peyroteo disse...

Li a entrevista toda. Daqui a uns tempos vai ser este o capitão do Sporting.

luissm disse...

Sinceramente, acho que a postura do Schaars não é benéfica.

Este género de coisas não se dizem na praça pública. Dizem-se em casa, entre a família, neste caso entre a família do balneário.

É demasiado sincera. Atenção que concordo com tudo o que ele diz, mas acho que ele não o devia dizer num jornal.

J. disse...

Eu prefiro este tipo de entrevistas....cansado já daquelas entrevistas que não se diz coisa alguma.

J. disse...

E para capitão do Sporting, qq gajo menos aquele ordinário ex-Benfica.

Mr. Shankly disse...

"E para capitão do Sporting, qq gajo menos aquele ordinário ex-Benfica."
Tens razão. É melhor o cerebral ex-AZ, ou o gigante ex-Twente. O agressivo ex-Gimnasia também dava. O inconstante x-Grémio se agarrar o lugar também dá um bom capitão. Mas para mim o futuro capitão vai ser o tímido ex-Marrazes.

Peyroteo disse...

Mas o J. disse alguma mentira? O João Pereira não é ordinário e não jogou no Benfica?
Acho que o braçadeira até lhe está a fazer bem, está menos conflituoso, se bem que nunca deixará de o ser completamente

J. disse...

Ver aquele gajo capitão foi das coisas que menos gostei de ver no Sporting nos ultimos tempos.
Para mim, não é por jogar a camisola do Sporting que me faz mudar de opiniao.
É um ordinário e pelo passado que teve, não deveria ser considerado sequer para andar com a bracadeira no braço.

luissm disse...

Eu espero é que o Schaars não seja considerado para ser capitão. Um capitão não fala assim dos seus colegas na praça pública.

Para mim isto é simples, e não ter este género de coisas em consideração tem sido um dos problemas do Sporting.

Eu, se fosse o Capel mandava a avó do menino a um certo sítio.

Se fosse o Carrilo também lhe dizia "Obrigadinho, oh meu! Agora que estou em processo de afirmação e quando o meu ar displicente pode complicar a relação com os adeptos as tuas palavras sabem a mel".

Se fosse o Rinaudo, bem se fosse o Rinaudo acho que no próximo treino lhe fazia uma entradazinha à maneira, só para ele ver quem é pouco esperto.

Ou se estão todos a dar muito bem, ou então esta entrevista corre o risco de pegar fogo ao balneário.

Visigordo disse...

Mas vocês acham mesmo que o gajo dá uma entrevista destas sem a absoluta segurança e sem o melindre de dizer sobre cada um o que disse?
A cumplicidade que nos tem sido mostrada em campo existente entre os elementos da equipa não vos dá nenhuma pista?
Está visto que o que a malta parece gostar são mesmo os clichés da praxe.

luissm disse...

Bem, o "vocês" acho que sou só eu...

Eu não gosto nem desgosto dos clichés da praxe. Eu gosto é de ver futebol e de ver o Sporting a ganhar. Para mim, tudo o que possa pôr isso em risco é mau. Estou a borrifar-me para o conteúdo destas entrevistas.

E agora é fácil ter cumplicidade. Mas não são amigos, como o próprio Schaars admite, são meros colegas. E sendo assim, quando as coisas correrem mal, este género de palavras pode ter repercussões negativas.

A minha pergunta é: o que é que a equipa de futebol do Sporting ganha com esta entrevista?

JPDB disse...

Eu acho que a entrevista denota em toda ela, um problema de tradução, que leva a más interpretações. Ele não fala em português, e duvido que os jornalistas falem holandês. Logo aposto que a entrevista foi conduzida em inglês. O erro é fazer certas traduções de uma maneira muito linear.

Estou mesmo a ver que ele disse que o Carrillo é um jogador que aparenta colocar pouco "effort" no seu jogo, no sentido em que parece que nem tem de se esforçar, e o jornalista traduziu à letra.

Se lerem toda a entrevista, vão ficar exactamente com a mesma impressão que eu...

J. disse...

Vamos lá ver, não vejo onde Schaars é pouco respeitável aos seus colegas.
Diz q é melhor que o Capel não ande com tiques de vedeta pq não é, diz que o Carrillo deveria ser mais esforçado e o Rinaudo mais esperto em certos lances.
Se calhar é isto que se espera de um capitão, em vez de termos um que o que faz é mandar o arbitro pó caralho umas vinte vezes por jogo.

Miguel disse...

O que ele diz dos 3 é o que parece ser verdade.
O Carrillo, como bom sul americano, não deve ser muito esforçado. O que está ali e se vê é tudo natural, talento puro. Se ele trabalhar, vai muito longe.
O Rinaudo tem de ser, como ele diz, mais esperto. E alguém no SCP tem de explicar aos jogadores, já que são quase todos novos no campeonato, o que esperar de certos árbitros.
Quanto ao Capel, limitou-se a responder a uma pergunta. Não vejo onde está o problema naquilo que disse, que me parece óbvio. Acho o Jeffren bem mais jogador mas já me disseram que é um jogador com problemas de postura corporal e que isso dá em lesões musculares com frequência. Vamos ver...

Saudações