terça-feira, junho 4

Jesus por mais dois anos no Benfica.

Agora é oficial: Jesus fica no Benfica. Para muitos benfiquistas, uma boa notícia, para muitos outros, uma má notícia. E o mesmo se aplica aos adversários.

Manter Jesus não é uma decisão fácil, assim como não seria mandá-lo embora. O importante agora é a equipa e o treinador voltarem ao trabalho, para preparar uma época muito exigente.

Vamos esperar por uma melhor definição do plantel para começar a fazer conjecturas.

Até lá, tranquilidade, jogos de pré-época (para ganhar todos!) e exigência no máximo.

Espero que Cardozo fique, espero que dirigentes e treinador consigam ultrapassar o problema, como fizeram tão bem em relação a Enzo Pérez.

14 comentários:

Tasqueiro Ultra-Copos disse...

graças a deus que não vem pró Porto! o que fica no ar agora é: ai se ele não ganha nada!

Pedro disse...

Enfim...

Mr. Shankly disse...

Isto devia ter sido tratado em Março, repito. Isto demonstra a fragilidade de Vieira a negociar: se em Março já sabia que queira ficar com ele, devia tê-lo amarrado e evitado as declarações tristes da final da Liga Europa, e quem sabe a atitude do Cardozo. Dizia: este é o meu treinador, aconteça o que acontecer. A isso chama-se gerir de dentro para fora, e PC está muito à frente nesse aspecto.

Se estava dependente dos resultados, não renovava, porque não foram atingidos. Assim não agrada a ninguém.

Tasqueiro Emigrante disse...

E quanto vai ganhar o Jajujes por ano?

Fabulosas noticias para o FCP :)

Vem aí o Penta...

JL Martins disse...

Luís,

já sei a tua opinião sobre esta questão do Jesus, ou a do Pedro também. Não considero que tenha sido uma má opcção, contudo custa-me a crer que depois de tudo o JJ reforça a sua posição na estrutura.

Nisso não acredito. Seria tremendamente estúpido dar carta branca quando na verdade seria necessário "enquadrar" JJ nos objectivos do clube.

Para aqueles que clamaram, veementemente, a renovação aconselho a leitura da entrevista de Mourinho ao JN deste fim de semana...

... está lá tudo.

luis disse...

Vamos esperar para ver. É dele a frase de que não trabalha para uma estrutura mas antes que será a estrutura a adptar-se a ele.

Pergunta: no Benfica há, neste momento, estrutura?

Pedro disse...

JL Martins, não arranjas essa entrevista?

luis disse...

Pedro, penso que seja esta http://www.jn.pt/PaginaInicial/Desporto/Interior.aspx?content_id=3252476&page=4

JL Martins disse...

Pedro é essa que o Luís colocou, contudo está incompleta. O que se retém, na minha opinião é isto:

Mas também assume que a época que agora termina foi a pior da carreira: «Por culpa minha, que sempre ganhei muito. Para muitos, esta seria a melhor de sempre. Ganhar uma Supertaça, ser finalista da Taça do Rei, ser segundo classificado na Liga, ser semifinalista da Champions, PARA MUITOS SERIA A MELHOR ÉPOCA. Culpa minha, porque elevo as expectativas graças aos resultados que consigo.»

O trecho da frase em maiúsculas é da minha responsabilidade.

Já agora, porque tenho alguma inside information dos meandros da bola, a entrevista de Vítor Pereira, também este fim de semana, à revista do JN/DN, também ajuda a explicar o sucesso do FC Porto (frutas à parte, claro).

Isto para dizer que a estrutura(*) do Benfica tem de dar um enquadramento a JJ. Se o deixarem em roda livre vai ser o caos.

(*) Sim Luís, o Benfica tem estrutura. E está melhor organizada do que imaginas. O problema é que quem estava na sombra parece agora ter saído vencedor de uma pequena guerrilha. Falo de Rui Costa (que aliás confirmo ser uma excelente pessoa, mas com uma vontade enorme de ser Presidente), que vai servir de escudo a LFV. Outra vez.

Pedro disse...

JL Martins, já tinha ouvido essa frase de Mourinho e, claramente, é uma bicada a JJ (não digo que o tenha sido mas que encaixa na perfeição lá isso encaixa). Vou ler o resto.

Sobre Rui Costa. Pq o "problema"? Pq achas que ele ter ganho a "pequena guerilha" é um problema? E, já agora, que guerrilha foi essa?

luis disse...

Mas achas que o Mourinho perderia tempo com o JJ? Deve ser para outro qualquer.

Martins, o próprio JJ disse que o seu trabalho não se insere numa estrutura.

Quano à estrutura, que raio de estrutura é essa que vive em guerrilhas internas?

JL Martins disse...

Bom, já aqui tinha dito que a minha mais que tudo trabalha na SAD. Mas nunca divulguei nada que não fosse público.

Jesus renovou mediante as condições impostas por ele próprio. E não me refiro ao ordenado pornográfico, que será o menos relevante. Refiro-me ao reforço de poderes exigido por JJ.

A estrutura hoje resume-se da seguinte forma: Jorge Jesus contra o mundo.

A guerrilha pelo poder aconteceu, algumas pessoas tiveram que sair, como já é público e outras pessoas voltaram a ter o protagonismo que não tinham desde há 2 anos.

A boa notícia é que é uma guerrilha saudável, protagonizada por Benfiquistas de verdade que querem bem o clube. Como tinha dito, Rui Costa vai sair reforçado neste cenário. O presidente precisa de um escudo para a eventualidade de ocorrer um fracasso pela estratégia assumida. O problema é que Rui Costa não acredita que está a ser instrumentalizado...

Antes de JJ ter renovado tinha dito aqui que se ele fosse para o Porto eles ganhavam o campeonato 20 anos seguidos. Porque eles têm uma estrutura profissional, em que o técnico é mais um elemento.

O Benfica estava a seguir esse modelo, mas os sucessivos fracassos levaram a uma inflexão da estratégia assumida. Agora JJ decide tudo, as contratações, as vendas e dispensas até o local de estágio.

Jesus é o Deus Sol do Benfica. Vieira deu-lhe essa responsabilidade, coloca Rui Costa como escudo e com isto tudo vai-se perpetuando como Presidente.

Atenção, LFV tem muitos méritos, isso é indiscutível (!) mas neste momento está agarrado ao poder. Não sei se é só até à construção do estádio de um grande clube Ibérico, mas é um facto que perante um galopante passivo e um investimento colossal alguma coisa deve ser feita ou então irá acontecer o mesmo que aconteceu ao Sporting.

Por fim, repito o que já aqui disse JJ é um grande treinador, um puro sangue, mas... precisa de um freio.

Pronto, é isto.

Pedro disse...

JL Martins, obrigado pelo esclarecimento. Não precisavas de revelar a tua fonte, não queremos que tenhas problemas.

Temo o descalabro com JJ com tanto poder.

JL Martins disse...

Pedro,

não tenho fonte, aquilo que escrevi acaba de ser notícia, basta procurar um pouco.
Mas claro não volto a dizer qq coisa tão pessoal.

Quando dizes que temes o que pode acontecer... eh pá. Pode correr bem. Pode. Mas um clube não deveria de ser assim gerido, mas também se sabe o porquê de isso acontecer.

A questão para mim está em LFV. E no poder institucional que o cargo lhe confere.

E além de tudo, há muita gente preocupada com o despesismo reinante. Mas quem fala não tem poder para enfrentar LFV. E quem o tem, por ex. Rui Costa, está perfeitamente alinhado com LFV porque considera que o rumo a seguir é este e não que está a ser instrumentalizado.

Eh pá, basta ver o que aconteceu após o 1º título (e único) de JJ. A quem foram atribuídos os méritos?