terça-feira, abril 20

Paulo Sérgio

Este é claramente um post para o Peyroteo. Ainda assim, lanço já as minhas primeiras noticias sobre o nosso novo treinador.
Assim de repente, parece-me que esta contratação traz pouco valor acrescentado ao treinador que actualmente está no Sporting. Talvez fosse arriscado ir para uma solução mais ambiciosa(treinador estranngeiro) por uma questão de custos e pelo possível desconhecimento do nosso futebol, mas acho sinceramente que o meu clube deveria ter ido mais além.
Paulo Sérgio tem a seu favor, a boa época que o Guimarães está a fazer este ano e o facto de ao olhar para o seu currículo, dá a sensação que há ali uma certa curva ascendende de boas campanhas com as equipas que treinou.

P.S - Vamos ter Desmarets e Andrezinho a custo zero no Sporting?

32 comentários:

Peyroteo disse...

Eu, por acaso, não estou pessimista com esta contratação. Vejo ali algumas características do Jorge Jesus mas vamos esperar para ver. Também depende muito do plantel que tiver à disposição. Do plantel do Guimarães, só queria o Nuno Assis.

José Leal disse...

Se derem ao Paulo Sérgio os mesmos 4 anos e meio que deram ao Paulo Bento acho que o Sérgio apresentará resultados. É daqueles treinadores que de ano para ano melhora a sua equipa e valoriza os seus jogadores. Se calhar é o que Sporting precisa neste momento, alguém que não se importe de ir construindo do zero.

@leo@ disse...

Não partilho da esperança do Peyroteo!

Até me custa muito não escrever aqui um comentário cheio de caralhadas, espero estar enganado, vou entrar em blackout!

jvl disse...

Continuamos a poupar no que ao lugar de treinador diz respeito.

Peyroteo disse...

Mas queriam quem? O Mourinho? O Sporting não tem dinheiro para chegar a certos treinadores e que resultados poderia conseguir um treinador francês ou inglês (pior ainda)? O Benfica vinha constantemente a apostar em treinadores estrangeiros com algum nome e foi com um "gajo de Alfama" que se endireitou.

Rod disse...

Paulo Bento Part II - O Regresso do pontapé para a frente

J. disse...

Eu acho que cá dentro dificilmente haveria melhores opções.
Acho que é muito cedo para Vilas Boas (o que é que mostrou este homem até agora aos seus 32 anos?), e não quero ter tripeiros em Alvalade ( Domingos ou Jorge Costa).

Mas claro, ainda assim teria apostado num treinador tipo Ernesto Valverde ou arriscado um pouco mais para ir a um Rikaard ou coisa parecida.
Mas isto não é o CM, e já há muitos anos que não vemos um treinador de renome em Portugal.
E por algo será,não!?

Miguel disse...

João, não queres tripeiros mas vais ter mais um lampião em Alvalade! ahahaha

Sinceramente há outros nomes que poderiam suscitar maior entusiasmo. Siga.

J. disse...

Mas isso de ser lampião....não diziam que o Jesus era lagarto?
Para mim, desde que não os veja com a camisola de Benfica ou Porto a festejar golos...

zorg disse...

O Paulo Sérgio é um tiro no escuro, como seria o Vilas-Boas, aliás. Pode ser que corra bem, mas é uma aposta arriscada.

Agora, o problema do Sporting esta época não foi causado pela incompetência do treinador, foi causado pela incompetência da direcção. Foi essa falta de capacidade que forçou PB a começar o campeonato com um plantel grosseiramente desadequado, tendo em conta os objectivos, por supostamente não haver dinheiro para mais, para depois, em Dezembro, se gastar uma dezena de milhões de euros em reforços. Some-se a isto as entrevistas autofágicas de JEB, os problemas entre director(es) desportivo(s) e jogador(es) e facilmente se percebe que os treinadores foram o menor dos problemas do Sporting deste ano.

Se alguma coisa não muda a nível de gestão, dificilmente a próxima época promete mais do que esta, com ou sem Paulo Sérgio.

J. disse...

Sim e tendo em conta que no principio do campeonato, ainda tinhamos a Champions em disputa e a possibilidade de poder assegurar alguns milhões que pudessem amortizar parte do investimento que se poderia ter feito nessa altura.
Foi um erro!!!

JMFeijão disse...

Estou pessimista!!! Ainda assim que traga também o Nilson...

n_sardas disse...

Acho que neste momento, o Sporting precisava de um treinador, com "nome", experiencia, curriculum... com capacidade de para motivar os adeptos para a proxima temporada. Um treinador deste tipo significava ambição, era um sinal aos adeptos, que neste momento considero essencial.
Conheço muito mal Paulo Sergio, sinceramente nem o consigo avaliar como treinador...
Vai ser um autentico tiro no escuro... acho que o Sporting não tem tempo para tiros no escuro...
De qualquer maneira... mais uma vez desejo estar errado... para minha grande infelicidade nos ultimos tempos, tenho tido sempre razão...
Bem-Vindo Paulo Sergio e boa sorte!!!

LC disse...

Apostar no Paulo Sérgio é a continuação do Paulo Bento ou o mesmo que Villas Boas, ou Jorge Costa e outros.

Para começar antes de mais a arrumar a casa um Carlos Brito ou Manuel José davam conta do recado bem melhor.

Zoran disse...

O que eu acho piada é ao argumento "O Sporting não tem dinheiro para chegar a determinados treinadores"...

Claro que não chega para o Mourinho (como se isto fosse comparação, mas enfim...), mas quem torra 15ME no JP, no Pongolle e no PM não tem dinheiro para um treinador?..

E btw, pelos vistos segundo informação enviada à CMVM, a rescisão de PS com o Guimarães vai custar 600 mil euros... Ora com 600 mil euros+ o salário do PS não há treinador nenhum do mundo que estivesse livre e com outra "bagagem", disponível para vir para o Sporting?...

A resposta é simples, só não vê quem não quer. A escolha da equipe técnica era a decisão MAIS importante para o futuro do Sporting, e aquilo que se vê, é mais do mesmo. Falta de conhecimento do mercado e completa inaptidão negocial e estratégica.

E se é "isto" que a dupla Costinha/Jorge Mendes aporta ao Sporting... é muito fraco.

zzzz disse...

"Vamos ter Desmarets e Andrezinho a custo zero no Sporting?"

Vais Vais...

Pra começar pagas 600 mil euros ao Vitória pelo Paulo Sérgio Bento Brito... Só depois começam a chegar, Roberto, Desmaret, Targino, Andrézinho, Valdomiro, Assis... Tudo de borla!

jvl disse...

Concordo com o Zoran. Alguém exigia um Mourinho ou Capello? DASS

José Leal disse...

Cá para mim o Paulo Sérgio vai saber aproveitar bem os recursos humanos do sporting, nomeadamente pessoal emprestado.

Miguel disse...

Uma coisa é certa: vamos ter a escola de Chelas a comandar o Sporting: Costinha e agora o Paulo Sérgio (estudou na D.Dinis) :)

Pode ser que acabem com a confusão e rebaldaria interna, porque por muito boa vontade que o JEB tenha, não foi capaz. Espero que tenham os tomates - o Costinha já começou - para dar os murros na mesa que são precisos para pôr aqueles parasitas em sentido.

Por mim era tratá-los a todos como o P.Sérgio fez ao emplastro: http://www.youtube.com/watch?v=SgMI59wbDOU&amp

J. disse...

"Sai já daqui, se faz favor, que viro-te já ao contrário"
ahahahah
O dagge ainda anda por aí!?
isso é que era!!!

Pedro disse...

A nação sportinguista está de cabelos em pé...

Interessante constatar que agora metade da equipa do Vitória é desejada em Alvalade quando há uns meses atrás discutia-se a não titularidade de alguns jogadores menos utilizados na equipa do Sporting...

J. disse...

Metade!?
conta lá essa metade ó Pedro.
Muito gosta tu de exageros quando te convem.

Peyroteo disse...

Acho que nenhum treinador que viesse agora para o Sporting seria uma unanimidade. O Manuel José não seria, o Scolari não seria, o Boloni não seria, etc.
Quem queriam afinal?

LMGM disse...

Já te roubei o link Miguel!

Peyroteo disse...

Eu não disse que ele tinha características semelhantes ao Jesus? :)

Anónimo disse...

Perante a belenização do clube, os sportinguistas... batem palmas.

Votaram neles, mamem com eles.

Pedro disse...

J., tu estás demasiado sensível...

Assim de repente: Nilson, Andrezinho, Desmarets, Assis e Lazzaretti. Se juntares o treinador aí tens a metade.
:)

A intensão era ser mesmo exagerado...

zorg disse...

Não me parece que o Paulo Sérgio seja uma aposta do mesmo género da que foi feita em Jorge Jesus, no ano passado. Jesus veio para o Benfica porque era um treinador com muita experiência de futebol português e uma das razões identificadas para o insucesso de Quique Flores tinha sido a sua inexperiência em Portugal.

Paulo Sérgio tem os méritos que tem, mas não é um treinador com muita experiência.

Penso que esta opção por Paulo Sérgio pretende, entre outras coisas, um treinador sem muitas manias, capaz de aceitar sem levantar problemas o estabelecimento de alguns limites ao seu raio de acção.

O Sporting tem uma estrutura hierárquica nova e creio que se pretendem evitar eventuais problemas de definição de espaço, entre treinador e director desportivo.

TUGA disse...

http://videos.sapo.pt/kdCj6qZtkdCUHq7yBUzl

LC disse...

Tuga, não concordo com tudo mas a chamada do "...com a mão andebol, basquetebol.... futebol, pé, pernas..." muito bom.

J. disse...

É penalties!!!

Anónimo disse...

Não percebo porque o universo sportinguista rejeita o Manuel José. Sportinguista, mais maduro do que na última passagem por Alvalade, com experiência interna e internacional e com idade certa para não ser moldado pela estrutura directiva... era a minha opção.