terça-feira, dezembro 1

Exuberâncias.

Descobriram agora, os nossos adversários, uma nova palavra: exuberância. Que o SLB não apresenta a mesma "exuberância", que o SLB não joga com a "exuberância" de outros jogos, que tem faltado a "exuberância" habitual, etc.
É um verdadeiro fartote esta onda de pessimismo. Deve ser gente habituada a ver, todas as semanas, sem parar, a sua equipa a vencer, a deslumbrar, enfim, a ser "exuberante"!
Mas dou uma ajuda, para tentar explicar a falta ou ausência de... exuberância: Cardozo. Como podemos agora ver nas imagens cedidas pela SIC, é claro como a água que os senhores do apito, em Braga, tinha trabalho de casa.
Na altura não me pronunciei porque toda aquela situação me desagradou em demasia. Achei que Di Maria deveria ter evitado aquela cuspidela e que outros "encarnados" se tinham deixado levar. Em última análise, é do SLB a culpa daqueles acontecimentos.
Depois da vergonhosa tentativa na Luz, frente ao Nacional, com o vassalo Micael a dizer-se ofendido - depois de provocar constantemente em campo -, e Patacas e outros a desmentirem que algo de anormal tenha acontecido no túnel, deveria ser obrigatório os jogadores do SLB saírem todos juntos, e afastados dos adversários (árbitros incluídos). Mas não. Põem-se a jeito.
Foi o que aconteceu em Braga. Cardozo foi visivelmente agredido, não tendo agredido ninguém. Dois jogos na bancada (mais a segunda parte em Braga). Prejuízo óbvio.
Agora, vêm os dirigentes do Braga tentar baralhar ainda mais esta situação nojenta, afirmando uma realidade que as imagens desmentem categoricamente. É uma táctica antiga, com raízes num outro clube do Norte. Desmentir, mentir, manipular, vitimizar. Sempre. Até que se deixe de falar do assunto.
Numa coisa os adversários do SLB têm razão: a exuberância não se tem feito sentir. Mas da parte dos dirigentes "encarnados", na defesa do Clube e jogadores.

1 comentário:

Anónimo disse...

Legal!

Sempre assisto Tvs Online e Filmes Online pelo http://www.assistatvonline.net.br/

Também é muito bom!