sexta-feira, fevereiro 18

Escuridão ao fundo do túnel

Não ter ganho ontem o jogo contra aquele conjunto de trapalhões que dá pelo nome de Rangers atesta bem o estado lastimável da equipa leonina. A jogar assim, nenhuma destas duas equipas terá muito futuro nesta competição.

Não entendo como o Jogo dá nota positiva ao Cristiano, ao Zapater, ao Evaldo, ao Maniche e ao Polga. Exibições fraquíssimas destes jogadores. As de Cristiano e Maniche então foram miseráveis.

Não entendo porque é que Paulo Sérgio insiste num esquema que não resulta. Jogar com 3 médios centro (em que nenhum deles dá de facto apoio ao ponta de lança) não funciona. Não consegue perceber isso ao fim destes jogos todos? Andamos a jogar mal e pobremente e grande parte da culpa está no treinador. Se calhar, só mesmo uma tareia das antigas do Benfica o empurrará de lá para fora.

3 comentários:

Peyroteo disse...

Não vi o jogo. Dizem que a 1ª parte foi assim-assim, a 2ª muito fraquinha.
Apesar do nível do Rangers ser parecido com a Naval, o resultado até não foi mau, porque estas equipas são sempre complicadas em casa. Na Champions, este ano, o Valência ficou-se pelo 0-0, o Manchester venceu com um penalty a terminar o jogo, o campeão turco perdeu. Por isso, é um ambiente difícil.
Agora preocupa-me o jogo da 2ª mão. Em 2007-2008 passamos uma das maiores vergonhas que foi perder com estes cepos 2-0 em Alvalade. Mas acredito que não se repita.

Anónimo disse...

Não joga nada, é o que melhor ganha e ainda faz disto:

"Maniche saiu para dar lugar ao chileno e mostrou o seu desagrado pela substituição. Quem pagou foi o casaco que foi parar ao chão violentamente..."

Não há paciência!!!

j. disse...

Essa dos trapalhoes é ridicula. Que mania de desvalorizar os adversairos do Sporting.

Era como o Lille, que nao vale um caracol mas que vai à frente do campeonato francês com 5 pontos de avanço. Outro bando de coxos, com certeza.