quarta-feira, fevereiro 9

Pois claro

A Administração do Sporting tomou a única atitude possível e demitiu o director desportivo. Apesar do estado zombie em que se encontra, ainda não se chegou - felizmente - ao grau zero em termos de dignidade.

Quanto a Costinha é mais ou menos perceptível que lhe andavam a fazer a cama; a entrada de Couceiro foi o acto mais óbvio. Deitou cá para fora o que lhe ia na alma, sobretudo porque daqui a meia dúzia de semanas ia sair de qualquer maneira. A entrevista teve, pelo menos, esse mérito de agitar as águas turvas - diria mesmo nojentas - em que navega o Sporting.

3 comentários:

qualquercoisa disse...

http://futebolfilosofal.blogspot.com/2011/02/inaptidao-operacional.html

Francis disse...

estamos pelas ruas da armagura, que tristeza...
espero alguém com mão de ferro...bruto, mesmo.

qualquercoisa disse...

http://futebolfilosofal.blogspot.com/2011/02/os-super-herois-tambem-morrem.html