quarta-feira, março 26

Hoje há bola.

Não parece, mas há. E logo um FCP-Benfica. Direi que não tem aquela carga emocional do costume (comparando por exemplo com a última ida dos encarnados ao Dragão) mas não deixa de ser um clássico.

E o que se joga hoje, afinal? Mais do que uma Meia-Final da Taça de Portugal. De um lado, o FCP vai querer (como sempre) vergar o Benfica, aproveitando dessa forma para recuperar algum do ânimo perdido ao longo da época e, ao mesmo tempo, para pressionar o adversário para os difíceis jogos que aí vêm (Braga, no Domingo, é o primeiro).

Do outro lado, o clube de Lisboa tem a oportunidade de mostrar que é, de facto, a melhor equipa portuguesa da actualidade e que quer encostar ainda mais às cordas um adversário que muito dificilmente acabará "morto" se vencer a competição em disputa.

Por tudo isto, penso que Jesus deve apostar num "onze" forte e não de recurso. As alterações deverão ser pontuais e é importante que homens como Garay, Fejsa, Enzo, Lima, Markovic, Gaitán, Rodrigo sejam titulares.

Alinhar com uma equipa secundária não é a melhor opção porque do outro lao vai estar uma equipa que quer vencer a todo o custo.

O ideal seria fazer alinhar ao mesmo tempo jogadores como Cardozo, Sálvio, Sulejmani ou Djuricic mas, penso, será demasiado arriscado.

Pensar já no jogo de Braga não faz muito sentido porque há dias suficientes para descansar (e o Braga também joga hoje) e os jogadores têm de estar preparados para fazer dois jogos numa semana (a rotatividade feita até agora tem evitado sobrecargas nos jogadores mais importantes).

Hoje, no Dragão, é para vencer, jogue quem jogar. Contudo, é apenas a primeira mão da eliminatória, pelo que a equipa deverá jogar com isso em mente, também.

6 comentários:

Pedro disse...

Nada a acrescentar.
Alguma mexidas mas nada de relevante.
Este jogo é muito importante.

joaocorreia20798 disse...

Penso que o Amorim e o Sálvio deverão jogar, descansando o Enzo e o Markovic (ou até um dos avançados, como o Rodrigo, que esteve em duvida). Se não jogasse o Rodrigo, optaria ou pelo Markovic no meio (ele é excelente para dar alguns "safanões" neste tipo de jogos) ou então colocaria o Cardozo.

Com estas mexidas acho que mantemos uma equipa fortíssima (o Amorim está num excelente momento) e conseguimos descansar algumas pedras fundamentais. Como dizes, e muito bem, o Braga também joga hoje. Descansar 1 ou 2 jogadores cruciais poderá ajudar-nos bastante.

PS: escreveres que seria bom colocar o Djuricic, mas que é arriscado, quando já se sabe desde ontem que não foi convocado, parece-me um pouco descabido da tua parte. Exige-se alguma pesquisa antes de escreveres os posts. Ao nível que o Blog se apresenta, neste momento isto já é uma exigência.

luis disse...

lol

és grande João!

Hugo disse...

Neste momento a equipa portista esta muito mais desgastada pois jogadores como Danilo,A.Sandro,Varela ou Jackson ja levam minutos em demasia fruto da rotacao que nao foi feita nos tempos de PF.
No entanto acredito que hoje o factor motivacional supere isso ao estilo do jogo de Napoles

Peyroteo disse...

É um jogo importante para ambos mas com uma pressão muito maior sobre a equipa do Porto, ainda para mais jogando em casa. Tem muito mais a perder, parece-me. Por outro lado, o Benfica raramente se dá bem no Dragão, mesmo que o ambiente nas imediações e dentro do relvado já não tenha nada a ver com antigamente.
Este é daqueles jogos muito interessantes para um sportinguista. Podemos passar o jogo a distribuir provocações. É fantástico.

João Branco disse...

http://tudoaomolho.wordpress.com/