sexta-feira, junho 20

Mundial 2014: grupo C/D.

Confesso que não tinha grandes expectativas em relação a este Mundial. Contudo, passada uma semana, posso dizer que está a ser uma competição de luxo. Os erros iniciais dos árbitros fizeram antever o pior mas, verdade seja dita, o nível do futebol praticado acabou por vencer. Pelo menos para já. Que assim continue. Com qualidade, velocidade, técnica, vontade de vencer e muitos golos.

Colômbia 2 Costa do Marfim 1
Para começar bem o dia futebolístico foi-nos servido um jogo a alta velocidade, especialmente nos primeiros 45 minutos. Equilíbrio, e ambas as equipas à procura da qualificação. Muita qualidade individual do lado da Colômbia, com destaque para Cuadrado, Aguilar e, claro, James Rodríguez. Quintero entrou muito bem e foi fundamental na vitória. Os africanos são, provavelmente, os melhores representantes do seu continente (com o Gana à perna). Na segunda parte, o equilíbrio manteve-se mas a Colômbia teve um ascendente natural, que lhe valeu a vantagem. No fim, penso que a vitória foi justa, porque a Colômbia é mais equipa.
 
Uruguai 2 Inglaterra 1
Que jogaço! Provavelmente o melhor jogo deste Mundial. Emoção do princípio ao fim, um golaço de Suaréz (o primeiro, simplesmente sublime a jogada de Cavani e a concretização), e uma Inglaterra a jogar um futebol bastante interessante. Depois de uma primeira parte muito boa, bastante equilibrada, o Uruguai entrou a todo o gás para a segunda parte, disposto a marcar o segundo e a acabar com o jogo. Cavani falhou escandalosamente o 2-0 e a Inglaterra empatou. Os ingleses foram para cima do Uruguai e estiveram perto de dar a volta. Os sul-americanos, que estavam muito recuados voltaram a querer mais e equilibraram o jogo novamente. Perto do fim, Suárez bisou e deu a vitória ao Uruguai.

Grupo muito interessante, especialmente se a Itália vencer amanhã. Nesse caso, Costa Rica, Uruguai e Inglaterra vão lutar pelo segundo lugar - os ingleses mesmo com duas derrotas ainda podem passar.

Japão 0 Grécia 0
Mesmo sentado no sofá, fiquei cansado só de ver os japoneses a correr (sem grande critério, diga-se). A Grécia entrou melhor, dominava o jogo mas Katsouranis foi expulso e o jogo ficou muito complicado para os gregos. Felizmente para estes, o Japão mostrou-se quase sempre sem ideias, incapaz de explorar a vantagem numérica, e afunilando em demasia o seu jogo, o que facilitou o trabalho defensivo da Grécia. O Japão não assumiu o risco e mesmo quando os gregos vacilaram um bocado, entre os 60 e os 70 minutos, foi uma equipa pouco decidida, sem conseguir criar desequilíbrios atacantes. E acabou o jogo com mais faltas. Resultado justo para a Grécia que não se limitou a defender.


A Colômbia já está na fase seguinte e entre Japão, Costa do Marfim e Grécia, todos têm boas possibilidades de seguir em frente.

6 comentários:

Hugo disse...

Tem sido um grande Mundial!
Não me lembro de ver a Inglaterra a jogar tanto mas continuam a perder como sempre.
E as equipas sul-americanas vão lançadas

Peyroteo disse...

A Inglaterra está a jogar melhor do que alguma vez imaginei ser possível. Ainda assim, é uma das piores selecções do Mundial :)

Ace-XXI disse...

Grande mundial! É que mesmo fora das 4 linhas as coisas tem corrido muito bem.

Até aqui o Brasil está de parabéns.

luis disse...

hehehe não é, não. Tem tido alguma dose de azar. A verdade é que este grupo é bastante forte e a prova disso é que os ingleses ainda podem passar.

Peyroteo disse...

são ingleses, pá! Pernas de pau!

Mr. Shankly disse...

Tenho pena dos ingleses, têm jogado bastante bem. Mas devem estar arrumados, digo eu.

Fui só eu quem teve que cortar o pio ao Freitas Lobo? Ontem estava insuportável. "Quem não tem este sentimento não sabe o que é o futebol"; "Olhos de matador, dentes de coelho, golo". Vamos acalmar, sim?