quarta-feira, junho 18

Mundial 2014: grupo H/A.

Bélgica 2 Argélia 1
Um bom jogo para começar o dia de hoje. Não necessariamente pelos melhores motivos, pois a primeira parte foi bastante fraca, com os belgas incapazes de ligarem sectores e de criarem lances de perigo. Os argelinos agradeceram a falta de ritmo do adversário e entraram melhor, fazendo 20 minutos agradáveis e que culminaram no golo de penálti. A partir daí não mais se viu a Argélia que desceu o bloco por completo e nunca mais voltou a ser capaz de responder em contra-ataque. A ordem era clara: tudo atrás da bola e fé em Deus. Os belgas voltaram do intervalo com mais vontade mas apenas com a entrada de Fellaini foram objectivamente melhores. De Bruyne subiu de rendimento e o adivinhava-se a reviravolta. Apesar de estar a torcer pelos africanos, rendi-me às evidências: Bélgica muito superior e Argélia sem capacidade ofensiva (e uma organização defensiva apenas razoável). Resultado justo.

Brasil 0 México 0
Jogo muito interessante, nem sempre bem jogado mas cheio de emoção. Este Brasil parece uma equipa sempre à espera de um golpe de génio de algum dos seus jogadores porque, colectivamente, não marca a diferença. Falta magia, falta o samba do antigamente, e nem vou a Sócrates, Zico e companhia, mas ainda me lembro da miséria que Romário e Bebeto provocavam nos adversários. O México não me surpreendeu. Depois de um bom primeiro jogo, voltou a mostrar toda a sua valia. É uma selecção muito experiente (teve mais posse de bola) e desta vez com alguns jogadores que podem fazer a diferença, como Vásquez, Herrera, Guardado ou Dos Santos. E claro, Ochoa, que fez uma exibição brilhante. Empate justo, num jogo que não teve golos, mas não fez mal nenhum. O que acham desta Brasil?

Rússia 1 Coreia do Sul 1
Esperava mais, apesar de ter sido um jogo bem disputado. Equilíbrio constante, com as equipas a alternarem o domínio e as oportunidades de golo. O futebol praticado não teve grande qualidade mas não faltou garra e vontade. Preferia ter visto um jogo com as equipas mais abertas porque, verdade seja dita, nunca houve muito espaço. Pelo menos até aos 70 minutos, quando a Coreia chegou ao golo com um frango de Akinfeev. O jogo mudou um pouco, e a Rússia empatou logo a seguir, fixando o resultado final. Penso que os russos foram demasiado conservadores e respeitaram em demasia uma Coreia do Sul que é inferior. Empate justo.

4 comentários:

Tiago Bernardo disse...

Na minha opinião, este Brasil é mais uma equipa à Scolari.

Fé e acreditar que se vai resolver com um lance de génio. Zero em organização, táctica e em jogar futebol. Tudo na sorte, no divino e na Nossa Senhora do Caravaggio.

Esta selecção brasileira tem muita qualidade (óbvio) mas tem um ponta de lança de envergonhar o passado (basta o passado recente) desta selecção.

A Bélgica penso que acusou a estreia e o "peso" que tem em cima de si. Uma selecção recheada de valores, muita expectativa de toda a gente e um grupo muito acessível. Acabou por ganhar bem, mostrou força anímica para ir atrás do resultado, o que pode ser importante nestas competições.

Sobre o Rússia - Coreia, tudo dito no post. Pouco futebol, alguma vontade das equipa. Quer-me parecer que a Rússia é bastante superior a esta Coreia mas não demonstrou isso em campo.

luis disse...

É verdade o que dizes sobre a Bélgica. Tenho ido a Bruxelas com alguma frequência e tenho constatado que existe uma grande expectativa em relação à selecção. Depois de muitos anos afastados destas lides (desde 2002), e com tanta qualidade, é natural.

O Brasil também tem tido a pressão no máximo, convém não esquecermos. São 200 milhões a sonhar.

Hugo disse...

Brasil é uma equipa mediana.Aquela espécie de duplo pivot com o Paulinho e Luis Gustavo não lembra a ninguém.
Vivem das arrancadas do Neymar ou do Oscar.
Boa equipa tem mostrado ser o México.
A Bélgica mostrou a importância de se ter um bom banco

Tasqueiro Ultra-Copos disse...

Bélgica ainda com os nervos da estreia mas superiores aos benzemas africanos que como qualquer equipa africana não sabem defender. Asiáticos idem aspas.

Russos tremidos, não sei o que poderão dar. Os coreanos muito coração pouca cabeça, às vezes resulta mas acabando-se as pilhas é para esquecer, correm que nem loucos depois não há pernas para o resto do jogo.

Brasil ainda com muito pouco futebol, à espera dos àrbitros, do neymar, da sorte de jogarem em casa, de um golo caído do céu? Não sei, tem desiludido este brasil, para já.
México uma grande equipa, não uma equipa para vencer o mundial mas uma equipa que sabe jogar futebol e que sabe as limitações que tem. Gosto de os ver apesar de não me parecer que vão muito longe. O Porto podia ir buscar aquele Fabian aquilo é um poço de força e garra, já agora tb o Layun, guardado e o chicharrito, não era pedir muito. O giovani não era preciso temos o quintero. Quaresma no banco, mas a ser convocado pelo paulo bento lool