quinta-feira, março 11

At.Madrid&Marselha

Os adversários de hoje das equipas portuguesas na Liga Europa representam, digamos assim, a classe média dos clubes europeus que normalmente aparecem nestas provas. Sem serem dos melhores clubes dos seus respectivos países, ou os favoritos nas provas que representam, ambas equipas têm excelentes jogadores e podem até ser consideradas favoritas nesta eliminatória que hoje se disputa.
Aparte disso, At.Madrid e Marselha têm outro factor comum. Ambas as equipas foram afastadas nestes ultimos anos pelo único clube que em Portugal mostrou estofo europeu.
Eliminar os adversários de hoje, faz com que Sporting e Benfica cumpram os minimos que os adeptos do FCP estão habituados já há muito tempo. Ser melhores que o Porto, não basta a meu ver, ganhar apenas cá dentro. Há também que mostrar lá fora que o Porto não é a unica equipa competitiva em Portugal. Para bem do nosso futebol!!!

10 comentários:

Petição disse...

POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:
http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

Marco Morais disse...

Longe vão os tempos em que esperava que um adversário de respeito calhasse "em sorte" ao Benfica. De controlo emocional e jogo psicológico falava eu, na altura, e isso é coisa que agora será displicente pedir.

O Benfica já provou imensas vezes a sua competência e capacidade de manter o seu futebol e não me parece que seja contra o Marselha que vai mudar algo. É um adversário de respeito, principalmente em casa, e um bom teste às capacidades do futebol de Jesus. Pode, sem dúvida, apresentar dificuldades ao modelo de jogo do Benfica, mas essas já não me dizem respeito. Por isso vou sentar-me descansadinho, desfrutar e porque não torcer para que uma equipa portuguesa ganhe a uma francesa (país que vai ter dois representantes nos quartos das Champions)?

Já o Sporting tem (hoje) vida mais difícil. Jogar no Calderón pode ser muito difícil se a abordagem for parecida à que o Porto teve em Londres. Esta era uma grande dificuldade do SCP de Paulo Bento e estou curioso para ver como o SCP de Carvalhal vai gerir o controlo emocional. Faço votos para que ganhem bem, estando superiores em todos os momentos do jogo controlando os ímpetos da equipa do Francisco Flores.

TUGA disse...

Vai ser complicado superar o Porto.
O Penta trazido de Londres, é díficil de bater...

Francisco Chaveiro Reis disse...

Parace-me que ambos os clubes de Lisboa podem consguir hoje importantes vitórias.

Atlético e Marselha são medianos...

Abraços

Peyroteo disse...

Na minha opinião, o Benfica é favorito nesta eliminatória. O Marselha tem alguns bons valores (Lucho, Ben Arfa, Niang, Bakary Kone) mas é algo irregular e a defesa não é confiável (a da Benfica também não mas é um pouco melhor), principalmente para travar o Saviola.
Mas será, sem dúvida, um duro teste para este Benfica.
Quanto ao Sporting, estamos num bom momento mas jogar em Espanha sempre se mostrou dramático! Este Atlético tem jogadores de grande nível no ataque mas é raro o jogo em casa em que não sofre golos. Sendo assim, se conseguir travar o Aguero, é possível sair de Madrid com um resultado positivo.

Quetzal Guzman disse...

Até se pode aceitar que se considere o Atletico mediano pela falta de qualidade que a defesa apresenta, mas o ataque é fortíssimo! A dúvida é se o ataque do Sporting é tão superior à fraca defesa do Atletico quanto o ataque espanhol será relativamente à defesa portuguesa.
Quanto ao Marselha hesito. Olho para os nomes e sinto-me tentado a considerar a equipa do Benfica superior, mas o certo é que este Marselha foi o único, para lá do campeão, a manter a esperança do título francês acesa até à útlima jornada. Terminou com o melhor ataque e à frente do Lyon que ainda ontem eliminou o Real.

luis disse...

Impossível não recontar essa eliminatória do SLB.

Em Marselha não fomos esmagados porque somos o SLB. Foi o jogo mais sofrido de que tenho memória (em termos de inevitável derrota). O Lima já na Rússia tinha sido preponderante, com dois golos e voltou a marcar em França.

Estava sentado no centro do estádio, no terceiro anel e tenho um episódio que gostaria de partilhar com vocês: também não vi que o golo tinha sido marcado com a mão. Quando cheguei a casa, às tantas, entrei de fininho pois nesse dia tinha partido a aparelhagem do meu pai (jogava pingue pongue com o meu irmão na mesa da sala) e meti-me logo na cama. O meu pai acabou por ir ao meu quarto e eu fingi que estava a dormir. Ainda pensei que me ia dar uma descasca mas afinal só queria dizer-me que o golo tinha sido com a mão - é lagarto, o meu pai. :)

Mas mais engraçado foi o que se passou no estádio. Tinha ido com o meu tio e com dois primos, um deles era muito novo, tanto que à entrada não queriam deixá-lo entrar.

Ao intervalo, o puto sentiu-se mal (demasiada emoção), vomitou e o meu tio não teve remédio. Foi levá-lo a casa, em Almada. Acreditem ou não, o meu tio voltou, sentou-se, e perguntou: "então, como é que isto está?". Eu respondi que não estava lá muito bem, estava difícil.

Nisto, o árbitro marcou pontapé de canto a nosso favor.

O resto, vocês já sabem.

pedro m disse...

Luís o resto foi o Vata a marcar aquele golão:)

Sobre o jogo cá lembro-me de andar com o meu pai (que é do Belenenses e moramos a 300km de Lisboa) numa roda viva á procura de alguem com uma parabólica porque anunciaram que iam transmitir a 2ª parte em directo no eurosport...Naquela altura ter uma parabolica era um sonho...Lá encontrámos uma garagem á pinha na casa de um conhecido...Foi a loucura com o Vata e eu era ainda muito novo.

Em França foi mesmo demais, então a seguir ao nosso golo foi um autentico massacre do Marselha, Papin e companhia não nos deixaram respirar.
Deve também ter sido a melhor equipa do Marselha de sempre, mesmo superior aquela que ganhou uma final da TC.

pedro m disse...

...ganhou mas que lhe foi retirada, acho eu, pelo caso de corrupção.

pedro m disse...

...ganhou mas que lhe foi retirada, acho eu, pelo caso de corrupção.