quarta-feira, março 10

Este Porto gosta de cordas

Mais uma humilhação em Londres, mais uma confirmação de um fim de ciclo, mais uma invenção de Jesualdo que tem (mais uma) marca na derrota, mais uma lição do que as equipas portuguesas não devem fazer se quiserem vingar na Europa. Tudo com selo Jesualdo, treinador que, em quatro anos, montou um Porto que, na maior parte das vezes, nunca conseguiu manter o seu estilo em jogos a doer. Isto também, porque as suas carências não estavam visíveis em jogos fáceis e são (como neste último ficou comprovado) mais que muitas.

É um facto que este Porto gosta de cordas. Gosta de se encostar às cordas: recua, recua, recua por não saber pressionar e ontem, com a inclusão de um central na zona do meio-campo, o resultado foi um centro-campista na zona dos centrais. Ora, o Arsenal com um só avançado e com um meio-campo com cinco jogadores imagine-se o que fez a Meireles e Micael. Este Porto gosta também de andar na corda-bamba: não sei se gostar será a palavra indicada, mas bem que parece visto que vem de uma equipa que se deixa sofrer constantemente como bem comprovam estes últimos exemplos (Olhanense e Arsenal, até ao 2-0 é para ver jogar). E agora com este fétiche com cordas, a próxima servirá certamente para se enforcar. Fim de ciclo no Dragão.

Quatro anos de Jesualdo. Quatro anos sem cumprir com rigor muitos dos momentos de jogo que fazem as verdadeiras grandes equipas. Veja-se ontem. Organização defensiva: zero! Os jogadores pareciam baratas tontas, sem zonas definidas, não iam ao duelo individual e não se impuseram na maior parte do tempo. O mesmo na transição defensiva: Incrível passividade nos primeiros minutos, o que forçou o Coelho que Jesualdo tirou da cartola a encostar-se a B. Alves e Rolando. De facto os primeiros minutos foram de equipa de Infantis. Sem ambição, sem garra, sem confiança, sem coragem, o que me leva à transição atacante: incapazes de conseguir dois passes seguidos diz-vos alguma coisa? Já em organização ofensiva, os mesmos problemas: falta de tranquilidade na decisão e a agravar ainda mais, um jogador que não decide, por uma vez que seja, bem! Hulk é patético - até quando deve ir no um para um (a sua melhor qualidade) abranda, desvia para o lado e chuta. Todas as outras vezes, vai no um-para-um ou chuta. Enfim...

Todos estes problemas, obviamente, foram constatados na parte que interessa do jogo. Que interessa se a segunda parte foi melhor que a primeira e que vários destes momentos foram melhorando progressivamente? Que interessa isso quando já se estava na corda bamba e era só um Nasri fazer, por magia, aparecer bidões em campo?. Não se joga assim! e bem pode Jesualdo abanar a cabeça, como se não fosse culpa sua, que nem isso o penitenciará. Como se as suas frases anteriores não o desmentissem: "A posição 6 é a mais importante na equipa", pois está claro, então que fazemos? A resposta foi dada em Londres: como não fazer quando Fernando faltar (ou mesmo quando ele estiver), na primeira parte; e como fazer quando Fernando não estiver, na segunda. Incrível a falta de leitura do professor.

Como é que uma equipa que não gosta de ter a bola - a posse para as equipas de Jesualdo é altamente desvalorizada - não pressiona, ao menos, no momento em que não a tem? É, de facto, constrangedor ver que o FCP, em largos períodos no jogo, só jogou com bola, à imagem daqueles miúdos que só correm quando a têm e depois ficam "à mama" à espera que ela lhes chegue.

Mas depois dirão: "Se aquelas, do Falcao e do Rodriguez entravam...", pois mas essas só servem para comprovar o que se poderia ter feito se a atitude fosse outra logo de início. Não foi assim que se conquistaram coisas, não foi assim que o talento português se sobrepôs ao dinheiro estrangeiro, não foi assim que já fomos grandes, e o objectivo tem que (sempre) ser esse. Não sendo assim, obrigado por tudo professor mas teremos que seguir rumos diferentes. Até à despedida que nos honre e mostre o lado melhor da sua equipa no que resta da temporada.

P.S. À parte de tudo, Falcao é um jogador fantástico. Como é possível perder 5-0 e fazer um jogão de todo o tamanho? Tivessem todos o mesmo estofo mental, a mesma vontade, e hoje poderíamos estar a falar do Arsenal de iniciados que vai ser posto à prova por outra equipa qualquer.

23 comentários:

luis disse...

1. O Falcao é, para mim, o melhor jogador do nosso campeonato. Nem quero imaginar se tem vindo para o SLB.

2. O FCP foi miserável e Helton evitou uma derrota por 7 ou 8.

3. Jesualdo: comentei há uns dias que, no fundo, seria um bom treinador. Em 4 anos, viu a equipa ser constantemente alterada. E ganhou, com razoáveis prestações europeias.

Penso mesmo que Jesualdo está ao nível do Clube, nada mais, por isso, não lhe peçam para ser campeão europeu.

A minha leitura do FCP deste ano não é a mesma da maioria que sustenta que acabou o ciclo do FCP.

O FCP continua com demasiado poder para que uma época como esta se repita já para o ano.

Anónimo disse...

Quantos dias teremos de esperar para ver o carro do Jesualdo a arder?

LC disse...

É fácil bater no Jesualdo a esta hora, mas...

Quem é que não o conhecia quando ele assinou a 1ª vez com o Porto?

O Falcão é um grande jogador, não concordo é com o Luis quando diz ser o melhor do nosso campeonato, há melhor.

Se fosse aos portistas em vez de vigilias fazia era um agradecimento publico ao Ricardo Costa por suspender o Ulqui merecidamente, é a verdadeira anedota do futebol... como é que podem elogiar um "burro" que de vez em quando se engana?

Marco, a 1ª vez que o Micael jogou pelo Porto fizeste um post sobre os passes certos dele, ultimamente tens feito a continuação da estatistica? ... é que gostaria de saber qual o resultado, pois nos 3 últimos acredito que nem a 50% de eficácia chegou.

PS: O Sporting com um pouquinho de sorte ainda chega ao 3º lugar.

Pedro Pereira disse...

Na passada 2a feira via o programa prolongamento da TVI24, onde o Sr. Pôncio Monteiro dizia que o Porto com Hulk é que era e tal... e ontem foi o que se viu. Hulk é patético, assim como a cláusula de 100 milhões...

Para mim os Jogadores do FCP: Fernando, cada jogo que fica fora o Porto borra-se todo; Bruno Alves, que mesmo sendo um arruaceiro, não deixa de ser uma grande central; Falcão, que dizer deste jogador que joga, corre e marca que se farta.

A equipa técnica apenas se aguentou 4 anos, por ter a estrutura que têm por trás, pois se assim não fosse, Jesualdo não durava muito tempo. Durante esses 4 anos praticamente ninguém deu luta ao FCP, foi a sorte de Jesualdo...

Não espera ver o FCP a levar 5-0... se queria que perdessem?! Para o bem do ranking da UEFA, queria que passassem...

Miguel disse...

O comportamento dos adeptos é fascinante. Em 4 anos o jesualdo foi 4x campeão e ainda ganhou umas taças pelo meio. Não gosto muito do homem, mas quer dizer...

Peyroteo disse...

O Porto tem, este ano, a pior equipa dos últimos anos. E isso deve-se não só a uma saturação dos métodos do treinador como também a uma menor qualidade individual dos jogadores. E aqueles que tem com qualidade, nem sempre jogam (o Belluschi é o caso mais flagrante).
Apesar de tudo, acho que ninguém esperava um resultado destes, frente a um adversário que era dos mais acessíveis dos oitavos de final (juntamente com Estugarda, CSKA e Olympiacos) e estava desfalcado de alguns figuras essenciais (Fabregas, Van Persie).

Miguel disse...

sorry, foi 3x campeão em 4 anos (este ano não vai ser)...

Peyroteo, achas mesmo que o Arsenal é mais acessível que Fiorentina ou Bayern?

pedro m disse...

Penta dedicado ao Zé...Promessa cumprida.

"Eu já sabia que o Presidente era um génio, mas esta...foda-se".

Peyroteo disse...

Acho, e ficarei muito surpreendido se não ficar pelo caminho na próxima eliminatória.

@leo@ disse...

Bater agora no Jesualdo é muito fácil, mas sejamos verdadeiros só foi campeão porque estava no porto e todos os anos sempre que havia um mau resultado ficava sempre aquele clima. Todos os anos havia a duvida se ele renovava.

Falcao grande jogador, para mim dos melhor se não mesmo o melhor, numa época de pouco Porto leva já tantos golos como Cardoso que tem beneficiado do melhor frente de ataque da liga.

@leo@ disse...

Para mim a qualidade de falcao ficou logo a vista no primeiro jogo para o campeonato da liga onde faz uma grande golo de cabeça.

Pedro disse...

Falcao é bom, melhor do porto talvez, melhor de Portugal nem por sombras.

Achas mesmo q o Falcao é melhor que Saviola por exemplo???

J. disse...

Sim, eu ponho o Falcão seguido do Saviola como melhores jogadores deste campeonato.
Entrar com Nuno Colheo de inicio num jogo destes, não lembra a ng...

Anónimo disse...

Para mim o melhor jogador da liga é o Hulk.

Anónimo disse...

http://ceuencarnado.blogspot.com/2010/03/o-fora-de-jogo-que-decidiu-eliminatoria.html#comments

este post parte tudo, tudo...


http://www.fcporto.pt/Noticias/Futebol/noticiafutebol_futarsenalfcpro_090310_50871.asp

aqui podem confirmar a análise portista

Anónimo disse...

para mim o melhor é o Grimi

Marco Morais disse...

Luís,

É óbvio que o Porto não pode ser Campeão Europeu todos os anos. Não pus isso em causa. Ponho sim a forma como se perdeu nos oitavos de final.

O poderio do Porto terá que ser feito com um futebol diferente do que tem neste momento, visto que este não chega para sonhar.

LC,

Quando fiz o post sobre o Micael, citei O JOGO para dizer que o Micael não seria o salvador que todos apregoavam que fosse. A única razão que me alegrou na sua contratação foi (era) a possibilidade de Meireles descer para trinco e Belluschi jogar. Mas isso é contra os métodos de um professor que, como dizem aqui os sectoristas, ganhou 3 em 4 mas que quando houve dificuldades a sério nunca mostrou estofo. Daí não ser unânime a sua continuidade no fim das épocas.

As vitórias traçam os destinos dos treinadores, quando se ganha é bom, quando se perde é mau. 11 pontos é a distância para o melhor futebol da época, 6-2 é a distância para os Quartos da Champions se vos serve não devem ser portistas.

J. disse...

Querem-nos roubar o Villas Boas, Marco?

jamsilva disse...

"Entrar com Nuno Colheo de inicio num jogo destes, não lembra a ng"

isso queria eu. que não tivesse lembrado a ninguém.

Eu apostaria no Villas Boas.

O Anti Lampião disse...

belo exemplar de adepto da agremiação corrupta
http://oantilampiao.blogspot.com/2010/03/diabo-de-gaia.html

Jorge Borges disse...

Quanto ao jogo, perante um 5-0, há pouco a dizer. Comentar só mesmo a "crónica" no site do Porto. Hilariante.

relativamente ao treinador, estou um bocado como escreveu o António Boronha no blog dele: bater agora no Jesualdo é muito fácil. O homem está "moribundo".

Não me refiro directamente ao Marco, que o criticou em alguns momentos, embora tenhamos lido alguns post's onde ressaltavam palavras competência, eficácia.

Já o escrevi em tempos: o Jesualdo durante o tempo de Porto viveu sempre duas situações em cada uma das épocas- até ao Natal não valia nada, e no fim da época andavam com ele em ombros. Sempre o vi como um treinador "a prazo" e refém dos resultados mais do que qualquer outro. E a prova é que, em 4 anos, com 3 títulos de campeão nacional, no ano em que se vislumbra que pode não ser campeão, já se fala em fim de ciclo, de saída imediata, que ele não vale nada, que NUNCA serviu para o Porto.
A pergunta que faço é: só agora é que se apercebram? As famosas vitórias do Sporting do paulo Bento não indiciavam nada?
Enquanto se ganha é tudo muito bonito, é um mar de rosas.

Não é por nada mas eu sempre disse e achei que o Jesualdo não é nem nunca foi treinador para o Porto. Tem uma mentalidade demasiado pequena para um clube como o Porto. É demasiado medroso.

Foi um fétiche do Pinto da Costa e para (tentar)dar mais uma bicada nos benfiquistas. Com esta pude eu bem.

É boato ou é mesmo verdade que os adeptos do Porto ameçaram os jornalistas presentes no aeroporto aquando da chegada dos jogadores, para não darem grande ênfase aos insultos que os jogadores treinadores e dirigentes foram alvo?
Os atentados à liberdade de imprensa estão na moda.

Marco Morais disse...

Jorge,

Jesualdo foi eficaz e competente quando os outros deixaram e por isso nunca reuniu unanimidade. Claro que teve, em alguns jogos a doer, algumas demonstrações de eficácia e competência e essas iam iludindo os adeptos (eu incluído) de que o Prof. poderia estar a mudar para algo mais de acordo com o clube.

Nesta época ficou provado que não. Mais uma vez deu tiros nos pés com a gestão do plantel e pontos de avanço aos adversários, só que agora eles não baquearam. Ou seja num universo em que o Benfica joga realmente à bola, Jesualdo nunca poderá ser o treinador do Porto e num universo onde possamos sonhar (não exigir) com a primeira vitória em Inglaterra (leia-se presença mais forte na Champions), Jesualdo não pode ser o treinador.

Claro que não é o único culpado e a sua saída não resolverá tudo, até porque a própria SAD deverá repensar o seu modelo de gestão. E para isso a Liga Europa vem mesmo a calhar. Menos milhões é sinal de menos Guarins e menos bolsos cheios dos comissionistas.

jamsilva disse...

Ao contrário do que se vai querendo passar eu nao vejo tantos adeptos do porto dizer q o JF nunca serviu como treinador do FCP.

Vejo sim muitos defenderem a sua substituição na actualidade.
O que é algo diferente.

Teve os seus momentos maus em q se lhe exigiu mais, mas excepto este ano a verdade é que o homem (durante 3 anos) sempre fez peito às dificuldades e sempre conseguiu superar as ditas exigências. Isso por mais que queiram dizer que não, é altamente louvável.

Sei que ganhar 4 anos seguidos no FCP parece fácil... mas não é.