segunda-feira, julho 15

Benfica atrás do FCP, outra vez.

Nunca gostei de fazer grandes apreciações em alturas de pré-época e, por isso, não vou fazê-las agora. Contudo, e apesar de não ter seguido atentamente o jogo de ontem, frente ao Bordéus, fiquei bastante preocupado com o nível defensivo da equipa.

Já sei que apenas o Luisão, e o Artur, estavam lá, mas falo mais concretamente de Sílvio, com uma actuação medonha, sempre sem soluções de equipa (daí o chutão constante), e do Cortez, terrível tacticamente e apenas razoável tecnicamente.

O plantel não está fechado, e ainda vamos ver sair, provavelmente, dois jogadores fundamentais de entre do grupo composto por Garay, Matic, Gaitán, Cardozo.

As minhas expectativas são baixas, não por aquilo que vi até agora dentro do campo, mas essencialmente por achar que o plantel continua com falhas, desequilíbrios e muita confusão com a chegada de tantos reforços.

Quando é que esta gente organiza profissionalmente o Clube?

23 comentários:

Pedro disse...

Estamos na pré época e foi apenas o segundo jogo (para alguns o segundo treino mesmo) deles juntos.

O problema é que os erros que vemos na pré época são os erros que se vêem em competição nas últimas 4 épocas.

É isso q é preocupante e é isso que alguns recusam discutir.

PS1: Levar Michel e Djaló para o estágio e metê-los aos 88 e 80 respectivamente é mesmo à JJ.

PS2: Só de me lembrar daqueles que diziam que o Michel nas mãos de JJ ía partir tudo...

J. disse...

Ehh lá, acho que o Benfica tem tudo este ano para ir para a frente e esmagar qualquer adversário.
Pelo menos em Portugal, só haverá uma equipa que conseguirá discutir de igual para igual o resultado com o Benfica.
E essa equipa acaba de mudar de treinador, de perder o jogador dos equilíbrios no meio campo e o dos desequilíbrios lá na frente.
Não é razão para um pouco mais de confiança?

Pedro disse...

"Não é razão para um pouco mais de confiança?"

Não. Continua lá JJ...

J. disse...

Sim, mas a pergunta é, acham que o Porto está mais forte? eu acho que não, mas é ainda demasiado cedo para avaliar.

O certo é que o Benfica não me parece que esteja mais fraco.
Pelo menos por enquanto.
Vamos lá ver quem sai...

luis disse...

J., o FCP será, até ver, SEMPRE, o principal candidato ao título. Nem sequer acho isto discutível.

Se o FCP está mais fraco? A história diz-nos que não. Que o plantel é renovado sempre com qualidade, mantendo o nível sempre altíssimo. E depois tem a estrutura que faz o resto, sempre que for necessário.

O Benfica mais forte? Como é que um benfiquista pode achar que está mais forte? JJ é um treinador que tem revelado os mesmos erros ao longo dos anos. Tem um presidente que continua a preferir os seus negócios pivados em vez de apoiar inequivocamente o plantel em momentos decisórios, e isso tudo, sabes bem, conta muito para o resultado final.

luis disse...

E a questão que quis levantar no post era a dos laterais, para já. Parece-me que vamos continuar a falhar ali. Vamos ver.

A equipa tem um inicio de campeonato exigente e isso vai obrigar a uma entrada com um ritmo alto e onde a exigência tem de estar no máximo. E os bons resultados podem dar confiança e melhorar aquilo que, ontem, me pareceu muito fraquinho.

Gonçalo disse...

luis - acho mesmo que a tua preocupação é muito legítima. o inicio do temporada do slb é fodido e só uma pré-época muito forte é que pode fazer esquecer o pesadelo que foi o final da época passada. se a máquina não começa a funcionar logo no primeiro jogo, a pressão sobre o jj vai ser imediata, brutal e não há outro treinador que consiga fazer magia com os desequilíbrios óbvios que este plantel tem.

Peyroteo disse...

O trauma dos descontos continua lá :)
Não vi os jogos por isso não posso comentar as actuações.
Mas concordo que o Porto parte como favorito. Afinal de contas, é tri-campeão.

Divã Leonino disse...

Este post parece uma espécie de resposta subtil ao do Marco, e como tal faz-se um comentário 2 em 1.

E o ponto principal é mesmo este: quem parte como favorito? Quem parece ter as melhores soluções?

Sem maluqueiras, parece-me razoável perceber que slb e fcp continuam muito à frente de todos os outros.

A seguir, na minha opinião, vem o braga. Perde duas peças importantes (Viana e Mossoró), mas as contratações são muito inteligentes e contam com uma velha raposa chamada jesualdo, muito útil para "remodelações".

A seguir virá o meu Sporting, provavelmente mais próximo da qualidade dos que lhe seguem do que dos que lhe antecedem nesta análise. Ficar em 4º na próxima época, dando alguma luta ao 3º, apesar do maior orçamento, não seria mau. Até pode ser melhor do que ficar em 3º, se isso significar evitar uma histeria de "voltamos à champions" e dar cabo de uma estabilidade que é tão preciosa como a água que diariamente bebemos.

Em relação aos dois primeiros, tema do post, parece-me que o slb deverá ser encarado como favorito.

Certamente haverá alguma saída, mas o conhecimento cada vez maior de JJ das suas próprias fragilidades torna, a meu ver, o slb cada vez mais forte. Na época que passou já se notou alguma aprendizagem em relação à anterior, pelo que creio, apesar do desgaste que foi este final de época, que esta tendência de melhoria será mantida.

Por outro lado, o fcp perde o seu coração. É certo que mantém o cérebro (Lucho) e os Pulmões (Fernando), mas a capacidade de irrigar de sangue toda a equipa é perdida com a saída de Moutinho. E que me desculpe o Marco, mas não consigo ver as mesmas qualidades em nenhum Josué desta vida. Terá outras, certamente, mas substituir Moutinho será, sem dúvida, a grande dor de cabeça do fcp e de paulo fonseca. E falando de tácticas, também acho que confundir os pulmões desta equipa só poderá dar asneira.

No entanto há alguns factores que podem atenuar esta aparente vantagem do slb, fruto da saída de Moutinho:

1) A manutenção da defesa do fcp, claramente a melhor das duas.

2) A saída de Garay ainda poderá aumentar mais a importância da questão anterior.

3) A contratação de Ghilas. Além da alternativa, ainda poderá melhorar a capacidade de Jackson, que passa a ter um concorrente forte.

4) A eventual saída de Matic. Tal como Moutinho, seria uma saída terrível para o slb, sendo que neste caso Matic além de partilhar as funções de coração com Enzo Pérez, funciona também como cérebro da equipa.

5) Numa coisa parece-me óbvio que o fcp continua, ano após ano a partir muito a frente - estabilidade e confiança.

6) Noutro aspecto importante, as movimentações no mercado, nota-se que o slb já reduziu o gap, mas parece-me que o fcp continua mais forte.

Como é típico da silly season, são muitos "se", mas é este o retrato que faço nesta altura.

SL

luis disse...

Excelente, Divã.

zorg disse...

Eu ainda não vi nenhum jogo do Benfica, mas também acho um pouco prematuro fazer previsões.

Uma coisa é um Benfica com Matic, Cardozo e Gaitán, por exemplo, e outra completamente diferente é um Benfica sem esses 3 jogadores. E o mesmo se aplica ao Porto, onde também há dúvidas sobre a permanência de jogadores como Fernando, Mangala e até Jackson.

Em relação ao Sílvio e ao Cortez, acho que nenhum dos dois vai começara a titular na próxima época, pelo que ainda terão algum tempo para se adaptar. E se não se adaptarem, há outras soluções no plantel para tapar o buraco (André Almeida, Ruben Amorim, ...).

Marco Morais disse...

Tás desculpado, Divã! =)) nem era assunto para post se toda a gente concordasse.

Josué substituir Moutinho e ainda por cima fazê-lo esquecer, nunca será algo óbvio.

Teremos de esperar para ver pois a aposta da direcção é clara (e mexicana). E mesmo que Fonseca aposte no português não é certo que o tal triângulo não passe de um 'triângulozeco' banal.

Mas eu arrisco sem problema. Triângulo invertido com Josué e em Novembro ninguém se lembrará de Moutinho.

Marco Morais disse...

E, já agora, era o que mais faltava o futebol do Porto acabar sem Moutinho e James. O Porto tem um excelente plantel - melhor que o do ano passado. A dificuldade vai ser 'encontrar' um onze tão forte.

Com isto não digo que parte à frente do Benfica. Isso vamos mesmo ter de esperar para ver (como tudo o resto vá).

Jorge Borges disse...

Partilho um pouco da tua análise, Luís. Embora ainda estejamos no início da pré-temporada os sinais dados por alguns jogadores não são os melhores.
O Cortez foi sistematicamente em ambos os jogos ultrapassado. Sobe demais no terreno e não consegue recuperar. O Sílvio parece desconectado com a equipa.
Espero que sejam defeitos resultantes do facto de estarem há pouquíssimos dias com os companheiros. Senão...

Gostei de Mitrovic, Sulejmani, Markovic, Djuricic e Lisandro Lopez. As primeiras impressões são boas. Mas ainda é o início...

Tasqueiro Emigrante disse...

É caso para dizer que este benfica está ao nível do relato dos jogos no seu canal oficial premium :)

Pedro disse...

"mas o conhecimento cada vez maior de JJ das suas próprias fragilidades torna"

JJ não conhece as suas fragilidades pq, para ele, ele é perfeito. O Catedrático.

Divã Leonino disse...

Pedro, percebo o alcance e a ironia da tua observação, mas acho mesmo que o JJ é uma grande mais-valia para o slb neste momento.

Aliás, façamos o raciocínio ao contrário. Que treinador ao alcance do slb dava, neste momento, mais garantias?

E hoje parece-me óbvio que se o slb tivesse optado pelo circo em vez da estabilidade, tinhamos uma novela bem maior do que a de bruma, com o JJ a frequentar diariamente o olival. Não creio que isso, por inúmeros motivos, fosse bom para o slb, o que também contribui para considerar a sua continuidade como uma mais-valia para o slb.

SL

Divã Leonino disse...

Marco, não está em causa a capacidade de regeneração do fcp, a qual tem sido confirmada ano após ano, apesar das muitas profecias em sentido contrário. Como bem sabemos essa capacidade reside em múltiplos factores, que não interessa agora explorar.

O único reparo que fiz foi sobre uma eventual comparação directa entre Josué e Moutinho. Até admito que Josué passe a ser mais do agrado de alguns adeptos portistas. Certamente marcará mais golos e isso para muitos adeptos é que é porreiro. Mas todos nós sabemos que o trabalho "invisível" de Moutinho não está ao alcance de qualquer um.

Aliás, apesar da sua escolha desportiva ser desastrosa (a sério, haverá clube menos apaixonante que o Monaco?), aproveito para fazer o elogio merecido ao jogador.

Moutinho tem uma experiência muito acima da média para alguém da sua idade. Assumiu a titularidade no Sporting muito novo e foi um pilar de uma equipa que na sua altura, apesar de ter metade do orçamento do fcp, ainda conseguiu ombrear com este. Chegou a uma final da Taça UEFA, apurou pela primeira vez o Sporting para os oitavos da champions, ganhou duas taças (uma ao fcp) e duas supertaças (ambas ao fcp).

Vendo o percurso do Sporting desde a sua saída, não é difícil perceber a sua importância para a equipa.

No fcp, uma equipa muito mais sólida, o encaixe foi, obviamente perfeito. Mas conseguiria o fcp ter aquela época de sonho, em que ganhou tudo, sem Moutinho? Não creio. Não creio mesmo.

Moutinho, para mim, é um jogador de elite. Não tenho dúvidas que teria lugar em qualquer equipa deste planeta. A sua aparente desvalorização no mercado da elite europeia é apenas fruto da frieza de alguns números, da periferia portuguesa e, claro está, do muito calor das modernas monarquias...

Consigo colocar Josué, apesar de 4 anos mais novo, no mesmo cenário? Sinceramente, não.

SL

Pedro disse...

Não compro o medo de JJ no Olival...

As únicas garantias que JJ me dá é que o SLB claudicará, novamente, na Hora H.

Marco Morais disse...

Divã Leonino, não é uma questão de 'Josué melhor que Moutinho'.

O João tem um enorme valor e faz esse trabalho, que muitos não reparam, como ninguém. O que eu estou a dizer é que Josué é capaz de o substituir e com as suas qualidades de o fazer esquecer.

Ora este 'fazer esquecer' não quer dizer que é melhor. O melhor médio que vi jogar no FCP foi o Deco. Ainda não vi melhor que ele, mas outros (Lucho, James, Moutinho) fizeram-me esquecer que o melhor de sempre há 10 anos estava lá. Isso ou lembraram-me que há mais futebol para lá de um só jogador.

Josué bem instruído equilibrará o meio-campo porque tem essas características. Como Moutinho não será, mas de certeza que o fará bem.

Gonçalo disse...

é verdade. granda deco!

Divã Leonino disse...

OK Marco. Não concordo muito, mas também não conhecerei o Josué tão bem como tu, e também é natural que nestas análises se misture o desejo lá pelo meio, o que é perfeitamente legítimo.

Quanto ao fazer esquecer, de facto é muito provável. Atendendo à hegemonia que têm e à quantidade absurda de jogadores que já ganharam títulos com a vossa camisola, é natural que até nem se lembrem de alguns...

Já eu sei de cor os últimos campeões pelo Sporting... ;)

(e agora entra a nostalgia ao som de um fadinho coimbrão)

SL

Divã Leonino disse...

E sim, o Deco era fabuloso. E não foi parar a nenhum Monaco, é verdade.

Estilos completamente diversos.

Moutinho é o estilo formiguinha, muito característico do fcp dos anos 80 e 90. Aliás, quando o papa disse que era um jogador à porto estou mesmo a imaginar um ou outro carequinha a passar pela memória dele...