terça-feira, julho 9

Bruma no Porto por 11M mais 25% de uma mais valia

Seria pura especulação avançar com uma noticia destas pelo menos neste momento.
Mas a questão aqui seria em saber se caso existisse uma proposta assim destes senhores, o Sporting deveria ou não aceitar.
 
Convém recordar que foram estes os números pelos quais Moutinho foi vendido há uns anos atrás.
Muitos estavam contra, alguns a favor (eu incluído), mas o certo é que se ignorarmos para quem foi vendido, o negócio Moutinho esteve longe de ser dos piores negócios do Sporting.
 
Então levantar-se-iam principalmente duas questões aqui:

1 - Fazer negócios com o Porto. Algo impossível de momento dado o corte das relações, mas prevendo um normalizar de relações, deveria o Sporting deixar de fazer negócios com clube A ou B só porque achamos que somos o Sporting e não devemos sequer sentar á mesa com clubes que achamos ser nossos rivais? Ignorando o facto que o Porto é o clube do Apito Dourado (algo que nunca iremos esquecer) e esse mesmo facto levantar sérias questões morais em qualquer relacionamento entre clubes, não sou contra como já se percebeu em fazer negócios com o Porto. Sou contra isso sim é com os maus negócios com esse clube.  E isso leva-nos ao ponto 2.
 
2 - Gestão desportiva deficiente. Parece-me também claro que enquanto continuarmos a gerir o futebol desta forma, iremos estar sempre á mercê de negócios menos positivos para o clube. Seja o Porto, Benfica, Braga ou qualquer outro. Embora com contornos diferentes de João Moutinho, Bruma é só mais um exemplo de como não se devem fazer as coisas.  E aqui parece-me que é este um dos pontos onde a gestão BdC tem que melhorar. Se não melhorarmos aqui, por mais reestruturações que fizermos, seremos sempre um clube em dificuldade.

16 comentários:

Pedro disse...

Seria um excelente negócio para o scp. Mas se o fcp se envolver nesta novela ficam com Bruma de borla...

Luís Fiúza disse...

Sporting, um ninho de talentos. Incrível como o meu clube (Benfica) não tira 10% daquilo que vocês fazem na formação!
Agora em relação a um possível negocio com o porto... Amigo... Vende a tua alma ao diabo, e o corpo a uma sanguessuga.
Não sejamos inocentes...

Francis disse...

Não percebo o alcance deste post. Já tentei mas não consegui. Vou tentar outra vez.

JL Martins disse...

"Muitos estavam contra, alguns a favor (eu incluído),"

Parei de ler aqui.

J. que parte do prejuízo desportivo de uns e benefícios de outros é que ainda não entendeste?

J. disse...

Pedro, também me parece ser essa a jogada. Mas quem semeia ventos....

Fiúza, em tempos negociar com o Porto foi tb ficar com um lateral esquerdo de selecção por uns anos em troca de um Costinha.

Francis, o difícil de perceber aqui é a tua capacidade de argumentação.

Martins, Moutinho naquela altura se ficasse no Sporting por muito mais tempo não sei se teria um destino muito diferente de um Carriço. Por mais que me custe reconhecer isso.

JL Martins disse...

"Moutinho naquela altura se ficasse no Sporting por muito mais tempo não sei se teria um destino muito diferente de um Carriço. Por mais que me custe reconhecer isso."

Como diria Steve Jobs: tem tanta coisa errada aí que eu nem sei por onde começar, assim sendo prefiro nem perder tempo com explicações.

J. disse...

Uma boa noite então!

Acho que o Steve Jobs poderia dizer uma coisa assim tb.

:-)

Mr. Shankly disse...

O Moutinho nunca levaria o caminho do Carriço porque o Moutinho é um craque (dos verdadeiros) e o Carriço é um pseudo-craque inventado pelos jornais (como tantos outros dos 3 grandes).

Devolvo a pergunta: e o negócio nos mesmos moldes, mas com o Benfica. Era bom, J.?

Peyroteo disse...

O Sporting não devia fazer negócios com o Porto, ponto final.

Miguel disse...

E com o Benfica Peyroteo? :)

zorg disse...

O negócio do Moutinho foi desastroso para o Sporting. Não percebo como é que isto pode ser menos que uma evidência. Reforçar um adversário directo é sempre um erro.

Uma coisa é trocar jogadores que, por uma razão ou por outra, não estão a ter sucesso nos respectivos clubes (e mesmo aí, é preciso cuidado). Agora, vender a estrela da companhia a um rival foi, é e sempre será um erro colossal. Ainda por cima, o Moutinho já era titular do Sporting e da selecção e com mercado no estrangeiro. Não era preciso ter ido para o porto para ser vendido por uma pipa de massa. Foi uma das muitas asneiras que a anterior direcção do Sporting cometeu, na minha opinião.

Peyroteo disse...

Com o Benfica também não, a não ser que eles queiram o Bojinov :)

luis disse...

Não podia estar mais de acordo com o Zorg. Moutinho era perfeitamente recuperável desportivamente dentro do SCP e valia bem mais do que o preço que o FCP pagou. Além de que foi reforçar (algo que era óbvio para toda a gente) um adversário directo.

Obviamente que o mesmo negócio nunca seria feito com o Benfica. E isso diz muito daquilo que tem sido o Sporting dos últimos anos.

Não que devesse ter vendido ao Benfica (o erro seria o mesmo).

Quanto ao resto, sem dinheiro é difícil defender os interesses do clube, por estes, normalmente, não ão compatíveis com os interesses dos jogadores, em especial jovens com mercado.

Continuo a achar que vender Bruma por mais de 10M seria excelente.

Neste momento, o Sporting nada pode fazer. Não tem um único argumento a seu favor.

O jogador apenas renovará se quiser. E a única forma disso acontecer será apelar ao sentimento que, julgo, não existe.

Bruma tem a faca e o queijo na mão. Sabe que e renovar a cláusula sobe e isso pode impedir uma futura transferência, para mais por estar num clube sem exposição europeia e em francas dificuldades desportivas.

Divã Leonino disse...

a propósito:

Dizem que tudo começou com Futre. Apesar de tudo, Futre foi um roubo, o que torna a coisa mais apimentada. Além disso, Futre ainda cresceu a ver o Sporting por todas esquinas, de norte a sul, o que determinou ainda algum respeito pelo clube.

Depois de um grande iterregno, fruto da queda do slb, em que o Sporting se assumiu, na prática, como o rival mais incómodo do fcp, conseguindo dar uma ou outra bicada, como foi o caso do Super Mário, surgiu a decadência.

Moutinho, jovem formado desde os 13 anos em Alvalade, titular desde muito novo, um dos capitães mais novos do Sporting, um símbolo daquilo que fazemos de melhor, já não é roubado pelo fcp. É comprado. A posição secundária é, definitivamente, assumida. A prova disso mesmo é feita 3 anos depois. Moutinho, já sem vínculo ao fcp, ignora os mais de 10 anos que passou de Leão ao peito, ignora o local onde lhe ensinaram o “bê à bá” do futebol, e apenas se lembra dos seus últimos 3 anos de vida.

Fartos disto, e ainda crentes que a coisa pode mudar, os sportinguistas revoltam-se. Surge BdC.

Sem surpresa, BdC aproveita o primeiro momento para promover a emancipação do fcp. Aproveitando a transferência de Moutinho manda umas bocas. E perante a reacção normal dos donos da mercearia, o corte de relações está feito.

O problema é que o timing é extremamente adverso. Sem dinheiro para mandar cantar um cego, sem títulos que alimentem o ego de quem gosta da bola, o Sporting não está na mesma posição do fcp para poder fazer uma luta de iguais.

E assim se explica que Ghillas preferira ser suplente do fcp a titular e ídolo do Sporting. E até Bruma, mais um produto que não engana, já é visto no fcp.

Temos que estar preparados para o pior. Os sinais são evidentes. O papa percebeu que este é o momento ideal para “belenizar” o Sporting. E agora até já tem o argumento do corte de relações para o fazer.

Os próximos tempos serão pois duros para a nossa auto-estima, pois veremos muitos jogadores a fugirem para os rivais, mesmo sem explicação aparente.

Tudo isto é um jogo muito mais complexo do que aquele que se processa no relvado, pois é muito, mas mesmo muito, mais desigual. Exige, pois, de todos nós muita capacidade de encaixe, muita resiliência.

Da Direcção exige-se apenas duas coisas – bom senso e colhões bem no sítio!

É que o tempo de voltar para trás já acabou. E não haverá mesmo outra oportunidade.

Em frente Sporting!

zorg disse...

Em relação ao Bruma, acho que as declarações do Bruno de Carvalho são elucidativas da posição do Sporting: já percebeu que não vai renovar e está a tentar não dar parte de fraco, para tentar maximizar os proveitos. Mas acho que não existe nenhuma pessoa na direcçao do Sporting que acredite numa renovação do Bruma. E também acho que vai sair para o estrangeiro e por menos de 10 milhões de euros.

Gonçalo disse...

Bruma no FCP não faz sentido. Não foi planeado e não encaixa no plantel e nos investimentos feitos. Não estou a dizer que não tem qualidade, estou a dizer que não tem espaço para ser devidamente potenciado e valorizado. A mim parece-me claro que vai para fora, por menos de 10M e vai rodar no próximo ano. Financeiramente o jogador vai ficar todo contente, o clube vai fazer algum dinheiro e desportivamente ficarão ambos a perder. O Sporting e o jogador deviam ter tido a inteligência de preparar isto atempadamente e evitar este circo todo.