terça-feira, fevereiro 4

Benfica: um negócio apenas para alguns ganharem dinheiro à custa de quem paga quotas e bilhetes.

Piotr Parzyszek esteve perto de ser contratado pelo Benfica ao De Graafschap, mas acabou por assinar pelo Charlton. O avançado polaco fartou-se de esperar que o emblema português consumasse a contratação, e decidiu aceitar a propista inglesa.

«Não me arrependo. Decidi não ir para lá. Quero jogar, não quero ficar na bancada, jogar pelas reservas ou ser emprestado», começou por dizer o avançado, que relatou aos compatriotas do «Przeglad Sportowy» as negociações.

«A primeira negociação teve lugar no início de dezembro, e tudo foi tratado. Tinham só de enviar-me o contrato e os bilhetes para fazer os exames médicos. Só passadas três ou quatro semanas é que me enviaram um papel. Não era o normal, o acordo concreto, era apenas um papel», explicou.

«Esperei até ao Natal e depois viajei para a Polónia. Dissera-me que entre o Natal e o Ano Novo tinha de ir a Lisboa. Disse que tinham deixado passar três semanas em que podia ir, e que naquela altura não dava, pois não tinha férias. Voltei à Holanda a 3 ou 4 de janeiro e disse que ou me enviavam os bilhetes e o contrato, ou terminávamos as negociações. Enviaram-me os bilhetes mas não o contrato. Não vou jogar num clube que não confia em mim, que me trata desta forma. Precisava também da garantia que, se não ficasse no plantel, escolheria o clube ao qual seria emprestado. Eles também não queriam aceitar isto. Perdi interesse em ir para para lá e até o nome Benfica deixou de atrair-me», concluiu o jogador.

6 comentários:

LDP disse...

Essa é a versão de uma das partes, luis. Eu, sinceramente, não vejo porque ocupar tempo com isto...quem é o Piotr Parzyszek afinal? Se calhar algum gajo que marcou 20 golos esta época e quis meio milhão de euros como prémio de assinatura...Se assim fosse, dir-se-ia que LFV gere o Benfica sem critério financeiro ainda por cima com os tempos de crise que se vivem. Mas como LFV provavelmente não cedeu a nenhum tipo de "chantagem" de um jogador completamente desconhecido e/ou do seu empresário, LFV continua a gerir o Benfica sem critério...

Não meto as mãos no fogo por ninguém, mas parece-me demasiado exagerado atribuir tão grande importância a isto.

luis disse...

LDP, a minha relação com o Benfica está a ficar cada vez mais distante, e garanto-te que conheço alguns "doentes" que também estão a passar pelo mesmo.

Podes pensar que o jogador é aldabrão e que pediu dinheiro. Mas podes pensar em dezenas de casos de jogadores que serviram apenas e só para fazer negócios em que não se percebe quem ganha com eles (o que é mau sinal).

Claro que podemos acreditar que o dinheiro do Rodrigo e do Gomes vai entrar no Clube.

LFV gere o Benfica sem critério. Os exemplo são aos milhares, em 12 anos de (des)governo.

Abraço

LDP disse...

Luis, pode-se pensar em dezenas de casos de jogadores que serviram só para fazer negócio, ou que foram contratações completamente falhadas e criaram buracos financeiros enormes, ou outra coisas qualquer...em todos os clubes. Veja-se Labyad e Jeffren - o sporting ao desfazer-se destes dois poupou mais de 10 milhões(!!!) de euros em salários. Nem há palavras para classificar isto. Ou os outros que andaram quase 10 anos a vender defesas centrais por 30 milhões á cabeça e afinal nem os salários do basket conseguiam pagar...

Não estou a defender Vieira ou Jesus, aliás sabes que sou muito crítico de ambos. Mas perder tempo a fazer um post sobre o Piotr Parzyszek (quem?) só para vincar quanto distante é a tua relação actual com o Benfica parece-me, como já disse, no mínimo exagerado.

Abraço.

Peyroteo disse...

Acho que o post do Luís serve para demonstrar a rebaldaria que por ali vai.
E o que interessa se é um jogador conhecido ou desconhecido. É a imagem de uma instituição que fica em causa.
O Sporting também já teve direcções assim.

LDP disse...

Peyroteo e é preciso um gajo chamado Piotr Parzyszek vir dizer que "só lhe enviaram um papel" para confirmar a rebaldaria que para ali vai? É isso que não percebo, perder tempo com um post para confirmar uma coisa já mais que vista e revista. É um post gratuito e que só serve para pisar ainda mais os calos a Vieira, continuem então. A seguir vão fazer posts porque o Vieira chegou atrasado 8 minutos ao escritório ou porque Vieira não parou na passadeira imediatamente antes de chegar ao estádio. O nível de irrelevância é o mesmo.

luis disse...

Não é o mesmo e tu sabes disso. Para mim é sintomático que, precisamente, um desconhecido fale assim do Benfica. Tempos houve em que o respeito que o clube impunha era demasiado grande para que alguém ousasse falar assim. Muito mais um desconhecido.

A única coisa gratuita que existe nesta conversa toda é a indecência que reina no nosso Clube. Um presidente mentiroso, negócios escuros, dirigentes acéfalos, estádio vazio e por aí fora.

E acho que nunca é demais falar nisso. Pode ser que para a próxima o homem tenha apenas 73%.