sexta-feira, julho 25

Engenharia financeira - conclusões com os factos disponíveis

No início da semana o FCP anunciou a compra da totalidade do passe de Brahimi, ao Granada, por 6,5M€. Passados 2 dias comunica que é vendido 80% do passe ao fundo Doyen por 5M€. Comunica também que existe uma opção de compra, mas não refere as condições para o exercício da mesma. 


Com isto ficamos a saber que em 2 dias o jogador desvalorizou 200 mil Euros (80% de 6,5M€ são 5,2M€) e já só temos 20% do passe. E pronto.

10 comentários:

Mr. Shankly disse...

O Porto não comprou nada, o Porto pediu dinheiro emprestado para comprar o Brahimi. É o que se arranja.

Gonçalo disse...

comprou sim. 2 dias foi só nosso. tivemos azar e desvalorizou.

J. disse...

Obviamente que o Porto pediu emprestado e pagou 200 mil de juros.
As simple as that.

Adolfo Sapinho disse...

Cada vez mais os negócios da bola fazem lembrar o sector imobiliário de alguns países há uns anos atrás, antes de fazer "pum".

Um sujeito compra um activo endividando-se e dá o mesmo activo como garantia da dívida. Essa garantia faz parte de um fundo, sediado não se sabe bem onde, cujos detentores não se sabe bem quem são. Um dia os sujeitos largam o activo. E o fundo, que apenas tinha uma garantia, passa a ter o próprio activo. Só que, de repente, há excesso de activos semelhantes, pois toda a gente usou o mesmo esquema, e o que se pensava que valia x, afinal vale metade de x, ou nem isso, e... "pum"!

Quem se vai lixar? Não faço a mínima ideia, mas desconfio que muitos dos investidores destes fundos são precisamente os dirigentes que, em nome dos clubes, legitimamente mandatados pelos seus sócios, fazem estas negociatas.

Por enquanto ainda lhes deve correr bem, mas até quando?

SL

J. disse...

Eu acho que os fundos em conjunto com uma boa politica desportiva podem chegar a ser positivos.
E respondendo á tua pergunta, acho que servem de efeito exponenciador para o bem.....e para o mal!!!

Sérgio disse...

Godinhices .. .faz me lembrar a compra do Elias!

Ricardo disse...

Uma vez que estes 200.000€ podem ser pagos com a valorização do próprio passe, não me parece uma negócio assim tão mau, para quem não tem dinheiro.

jamsilva disse...

por 200 mil euros temos um potencial bom jogador.
nao aho mau.

No imediato, sim desvalorizou. Mas ao fim de um ano acho que o valor é muito aceitavel.

jamsilva disse...

por 200 mil euros temos um potencial bom jogador.
nao aho mau.

No imediato, sim desvalorizou. Mas ao fim de um ano acho que o valor é muito aceitavel.

Gonçalo disse...

J. antes fosse. O problema é que as condicoes de recompra não foram divulgadas. Os 200k é a conta fácil. A outra conta é que interessa e nesta altura falta a informação para a fazer.