terça-feira, julho 8

Mundial 2014: meia-final 1.

Brasil 0 Alemanha 5
Aos 28 minutos. Incrível. Nunca visto. A Alemanha está a dizimar por completo o Brasil. Todas as fragilidades do Brasil foram expostas em menos de meia-hora. David Luiz, gosto muito dele como pessoa mas como jogador é fraco e hoje provou-o mais uma vez. Hulk é outro flop completo na canarinha, sem conseguir desequilibrar uma única vez.

O Brasil entrou pressionante, sem futebol, mas pressionante, obrigando os alemães a despejar e a errar. Mas mesmo antes do primeiro golo, já os alemães tinham criado dois ou três ataques em superioridade que podiam muito bem ter terminado em jogadores isolados (ou falhou o último passe, ou a defesa brasileira safou no último momento). Mas ninguém ia adivinhar isto!

Brasil 1 Alemanha 7
A derrocada continuou e podiam ter sido 10. Não ficou nada de pé mas espero que os brasileiros entendam este buraco negro na sua história como uma inevitabilidade própria do futebol. Perder, ser humilhado em campo, acontece a todos, mesmo aos melhores do mundo.

12 comentários:

J. disse...

Porra, acho que nemm a selecção de San Marino ou Liechtenstein...totamente inexplicável isto!

luis disse...

LOL

Completamente...

Tasqueiro Ultra-Copos disse...

Como eles costumam dizer, o brasil "caiu na real". E foi preciso cair com estrondo para se perceberem que algo não estava bem. Levaram 7 da alemanha com 11 em campo, nós "só" levamos 4 com 10, humm, afinal o nosso paulo bento não é assim tão mau querem ver...

Marco Morais disse...

Até estou contente em perder o jogo das apostas. Afinal ficou provado que o colectivo sobrepõe-se ao individual.

luis disse...

Marco, isso já estava provado mas achas que um bom colectivo do Arouca ganhava a este Brasil? :)

E não antecipes derrotas. Quem está na tua perseguição pode muito bem ter as mesmas apostas.

Sempre humilde, este gajo! Até dá gosto!

Marco Morais disse...

Um bom não, mas um excelente talvez :P O que me preocupava neste Mundial, sinceramente, era a hipótese dos sistemas não serem chamados à realidade. O Brasil joga no século passado, Luís. Se ganhassem o Mundial era uma desilusão para mim. E até podia acontecer, não fosse a Alemanha uma equipa que se vai reinventando a cada competição.

A cena é que o Brasil das Confederações deu-me a sensação de que o Scolari poderia evoluir e copiar (foi sempre o que ele fez) um plano com qualidade. Mas ver aqueles 'mininos' a correrem de um lado para o outro sem saberem o que fazer merece ser castigado. 1-7 é pesado mas depois do 0-2 qualquer coisa desse género podia acontecer.

Abraço.

Mr. Shankly disse...

Por volta dos 15 minutos mandei uma mensagem a dizer que me cheirava a goleada. Infelizmente não me enganei.
Não acho que o problema do Brasil tenha sido o David Luiz ou o Hulk. O problema foi o sistema: estava-se a ver que metia água por todos os lados, meio, laterais, tudo. Fernandinho e Luiz Gustavo fizeram um jogo horrível, horrível, Marcelo esteve igual a si próprio, a correr para a frente e a marcar com os olhos, Maicon copiou-o, David Luiz perdeu a cabeça (o que acontece com facilidade) e Dante é pura e simplesmente Dantesco (não resisti à piada fácil). Claro que faltou o Neymar para animar e impor respeito, e é claro que o Fred, sendo bom jogador, fica a dever imenso a monstros como Romário, Bebeto, Careca, Ronaldo...

E claro: a Alemanha é monstruosa, ninguém pode dizer com convicção que não será goleado por eles. Ontem se quisessem tinham ido aos 10.

Joao disse...


A incompetência da Nossa Senhora do Caravaggio foi notória neste mundial!


Hugo disse...

Quando pensamos que já vimos tudo, acontece um jogo destes... Vergonhosos os assobios constantes ao Fred

Mr. Shankly disse...

Hugo, se fossem só assobios... o gajo foi insultado mesmo.

Tasqueiro Ultra-Copos disse...

Um qualquer marco caneira tinha lugar neste brasil com scolari. Quando a teimosia e o orgulho se sobrepõe à lógica e ao óbvio acontecem estas coisas. Paulo bento que o diga.
Alemanha-holanda na final, com jeitinho ainda ganham os tulipas lol, só para os merkel não andarem depois anos a fio de peito feito.
Brasil-argentina para o 3º lugar, era bem engraçado de se ver depois da cabazada de ontem.

Virgílio disse...

HEX... Nop... HECATOMBE.

O Ganda Noia na baliza, o Humus a central, o Lambe a lateral, O Toni no meio, e o Mula à frente, são jogadores do camandro...

O Ganda Noia na linha doutros gdes monstros germânicos da baliza(mas em versão "mais completo"), como o Harald Sapateiro e o Oliver cã(o) raivoso.

Esta Alemanha impressiona. E não apenas pela organização, eficácia e poderio atlético, onde são sempre fortes, tb com a elevada capacidade técnica de alguns dos seus jogadores.