domingo, março 24

Carvalho a presidente

Foi a vitória previsível de quem soube já há 2 anos, colocar a sua candidatura como sendo a candidatura da ruptura face ao rumo que a gestão que o Sporting tinha tido nos últimos anos.

A mim nunca me convenceu pessoalmente. Sempre achei que a ruptura era mais de discurso do que de ideias e que, quem de facto votava em BdC o fazia mais numa base mais emocional sobre aquilo que a sua candidatura representava, do que pelas suas ideias e projectos.

Mas por mais que queiramos que o futebol seja gestão e números, essa componente é também algo importante num clube como o Sporting. A tal gestão emocional... e oxalá seja esse o elo que nos volte agora a juntar todos como adeptos do mesmo clube que só querem que o Sporting seja melhor do que aquilo que tem sido.

Daqui para a frente muitos desafios se colocarão ao novo presidente do Sporting e resta-nos a todos desejar: Força Bruno, Força Sporting!!!

4 comentários:

Jorge Borges disse...

A minha bvola de cristal estava certa, ainda que os n.ºs do Couceiro me tivessem surpreendido. Pensei que a vitória do Bruno de Carvalho fosse mais expressiva.
Agora é esperar para ver o que pode começar a mudar.

Espero que comecem as mudanças para melhor depois da ida à Luz :)

LDP disse...

O Inácio também terá alguns desafios importantes daqui para a frente. Já o Manuel Fernandes menos.

Um tem o sporting tatuado no ADN, o outro é somente sócio. "É daquelas precipitações à sporting!" JEB sobre Bobby Robson.

O tio Bruno podia ao menos entrar no gabinete outrora ocupado por Godinho, sentar-se na cadeira de uma madeira de luxo e tomar a sua primeira decisão errada. Assim, começou mal ainda antes de começar oficialmente.

J. disse...

Nao sei qual era exactamente a função de MF em Alvalade. Apenas dei por ele num jogo em Arouca...Seja como for, é óbvio que para haver mais espaço para uns, terá forçosamente que haver menos para outros.

Haja Luz disse...

Ganhou a seita, para virem para o Sporting raparem o tacho