domingo, março 17

Obrigado.

A Jorge Jesus por, finalmente, concertar uma estratégia vencedora, numa equipa que, apesar dos desequilíbrios evidentes, dá uma resposta em campo que nos deve deixar orgulhosos.

A qualidade individual é muita, sempre o defendi. Contudo, esta época, como já por diversas vezes referi, a equipa está bem melhor estruturada e os jogos, a maioria deles, são controlados, dominados. E isso marca uma diferença para a época passada, onde tudo acontecia sob o espectro da derrocada.

O Vitória de Guimarães é uma equipa interessante, mas pouco mais do que isso. Como a maioria das equipa portuguesas, está a léguas de FCP e Benfica.

A vitória desta noite foi justíssima, de uma equipa que controlou, dominou, jogou. Muito bem ofensivamente, com destaque para Cardozo e Gaitán, que fez uma exibição muito boa, talvez a melhor. Lima esteve uns furos abaixo mas faz um trabalho óptimo, como, aliás, Sálvio, para mim, um dos melhores jogadores a jogar na Europa.

O árbitro esteve, no geral, bem. Não se compreende como não expulsa o defesa vimaranense que fez o penálti (claríssimo) e equivocou-se no segundo amarelo que dá uma expulsão ao defesa do Vitória. Alguns fora de jogo mal tirados mas nenhum escandaloso.

Os petardos: somos um clube que tem agido pouco em relação a este assunto. Por isso, qualquer queixa que façamos, cai-nos em cima.

Liderança com quatro pontos de vantagem. Limpinha.

Eu proponho que se faça um Excel com os golos de penálti marcados por... Jackson Martínez. Alguém trata disso?

No fim disto tudo, nada está ganho, claro. Ainda restam alguns jogos complicados (este nem era um deles, face à realidade do Vitória actual) e Coimbra do ano passado ou deste ano pode repetir-se em menos de nada.

48 comentários:

cincoAzero disse...

O Penalti da ordem,a expulsão da ordem e o golo depois da hora!Assim se constroi um campeão

Pedro disse...

Luis, não pode expulsar no lance do penalty pq Lima não estava isolado em direcção na baliza. Já o segundo amarelo e vermelho é acertado pq a bola ficava jogável pelo Melga que foi derrubado. Certíssimo.

JL Martins disse...

@cincoazero.
É um facto que o Benfica tem tido bastantes penaltys (e agora vai alguém ver quantos tem o Porto, só para me contradizer...), mas se há motivos para isso, como hoje, não vejo onde está a aldrabice.

Aqui há dias fiz uma previsão para o que restava do campeonato e sempre pensei que o Benfica iria ganhar na última jornada. Mas com estes resultados de hoje acredito que quando receberem o estoril serão campeões.

E desta vez nem precisam de desviar o jogo para o Algarve.

PS 1: adoro Jorge Jesus, não só pelo excelente treinador que é, mas sim porque sem ele metade dos blogs não existiam. Hoje foi um dos melhores capítulos quando na flash saca de "ambos os três". que maravilha, assim vale a pena ver a bola.

PS 2: para os portistas, que não querem dar mérito a este benfas: tenham juízo, vocês não jogam um caracol e a desculpa dos árbitros é para os fracos 8esta também vale para os benfiquistos)

PS 3: O Jesus é cobiçado pelos 3 grandes, não sei o que o benfas está à espera para renovar com o gajo. "Ah e tal, é caro, ganha 4M€/ano..." Pois, vão buscar um mais barato e depois queixem-se.

Pedro Almeida disse...

Ó amigos, mas a expulsão não é justa onde?
O jogador não entra a varrer? Acerta na bola? Acerta, e acerta ainda nas pernas do Melga.
Geralmente quem entra a varrer acerta em tudo o que apanha pela frente.

No lance do penalty aceito o amarelo, estava um defesa ainda em cima da linha de golo.

Pulha Garcia disse...

Luís,

finalmente concordamos nos elogios ao Jesus, pá. Que todos os Benfiquistas se unam com esta equipa e este treinador ... temos muito para ganhar este ano ... O que eu mais destaco no JJ é a capacidade ofensiva que numa altura destas da temporada marca 12 golos em 3 jogos (sofrendo 2 ...) e que já é há muito tempo o melhor ataque da prova. Assim, toda a equipa joga mais relaxada, todos moralizam mais, a defesa está menos em jogo e consegue sucessivas partidas sem sofrer golos, etc. De qualquer forma, infelizmente, estamos ainda muito longe de ser campeões. Não sei sequer se somos favoritos.

Pedro,

para mim ficaram 2 jogadores do Vitória por expulsar (o Vitória aliás ... muitas faltas e pouca bola): lance sobre o Lima no penalty e pontapé no Cardozo sem bola no final da primeira parte. Quanto à única expulsão que se registou acho que é injusta, o Melgarejo cavou a falta.

JL Martins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JL Martins disse...

Só mais uma coisa, quem anda pelo mundo do futebol já ouviu falar do "chá de Felgueiras". Descobri hoje que a substância se chama creatina quinase (ver no Lateral-Esquerdo) e não consta das substâncias dopantes.

Esta eu não sabia.

zorg disse...

Mais uma vitória importante. Mais um jogo sem sofrer golos. Mais uma exibição segura do Benfica.

luis disse...

Almeida e Pedro,

A Lei diz para expulsão:
"destruir uma clara oportunidade de golo dum adversário que se dirija em direcção à sua baliza, cometendo uma falta passível de um pontapé-livre ou de um pontapé de grande penalidade".

O Lima ia chutar à baliza, o lance é claro. Mas o Almeida diz que "aceita" porque estava um gajo em cima da linha? Mas isso está escrito aonde?

Ou vão invocar que o Lima não ia "na direcção da baliza"? É que um gajo, se for isolado e fintar o GR e for derrubado nesse momento, também não vai na "direcção da baliza".

O lance do Lima é uma CLARA oportunidade de golo.

No lance do Melga, ainda não vi se, de facto, o paraguaio ficaria na posse da bola. Se isso for verdade, então o amarelo é bem mostrado.

Treinador de Bancada, mas então, se isso existe e é legal, podemos admitir que todos usam, certo? Ou só o Benfica é que sabe disso?

Essa conversa faz-me lembrar a conversa da "amarelinha" lá para cima, uma idiotice.

Pulha, finalmente o JJ dá-me razão para elogios. Não ando aqui a perseguir o homem. Apenas a exigir mais (e não é apenas o ganhar que está em causa).

Zorg, jogos houve em que o que dizes não se aplicou. Acho que não custa nada admitires isso.

Hugo disse...

Luis os teus amigos deste blogue e que gostam muito da teoria da amarelinha e da teoria dos jogadores carecas

luis disse...

Hugo, se quiseres eu repito, podes não ter percebido: uma idiotice.

De resto, vou continuar a ler as tuas opiniões sem as considerar iguais às do anormal que fez o primeiro comentário, por exemplo.

Jorge Borges disse...

Acho que foi uma vitória categórica do Benfica, ante uma boa equipa composta na sua maioria por miúdos.
Por vezes fala-se apenas na formação do Sporting e esquece-se o excelente trabalho que desde há vários anos se produz em Guimarães.

O Benfica foi uma equipa mais cerebral na procura do resultado. Não foi demasiado ofegante na tentativa de chegar ao golo e isso pode parecer que não , mas quanto a mim fez toda a diferença. Talvez o Vitória estivesse à espera de um Benfica sendento de golo para apostar nas saídas rápidas de Soudani e Baldé.

Penso que a expulsão e o 2º golo mataram o jogo.

O 1º golo nasce de um penalti claríssimo e só quem é tapado que pode colocar em causa o mérito da decisão do árbitro. A expulsão, na medida em que é uma clara oportunidade de golo é correcta, embora os argumentos de que há um homem entre o Lima e a baliza e o próprio avançado do Benfica se vai a desviar da baliza, conjugados, pudessem servir de defesa para a não amostragem do vermelho. Acho que o critério tem que ver com a forte possibilidade de fazer golo, e no caso essa possibilidade existia.
O 2º amarelo ao Kanu: no lance corrido fiquei com a sensação que ele tocou no Melgarejo e nessa medida o amarelo seria bem mostrado. Da visualização das imagens, sinceramente não consegui tirar a dúvia se ele toca na bola ou não antes de abalroar o jogador do Benfica. Contudo, o pontapé que deu no Cardozo deveria ser para vermelho directo: não há disputa de bola que ela já lá não está há muito. por muito menos já vi mostrar vermelhos.
Alguns foras de jogo mal tirados, no limite, uns prejudicaram o Benfica, outros beneficiaram. A posição do Salvio no lance do golo que marcou deixa-me dúvidas, mas é no limite.

O resultado final acaba por ser pesado para o Vitória, mas muito moralizador para o Benfioa.

Háque continuar a encarar os jogos como finais. Não ganhamos nada. Faltam 7, e vai ser muito duro!

Mike Portugal disse...

Como diz o JJ, é ir vencendo as etapes que faltam e etape a etape poderão ser campeões. looool

Pedro disse...

Sendo a questão "oportunidade de golo" como causa para uma expulsão então aceito a tua argumentação.

Jorge,

O jogador do Vitória toca na bola mas não o suficiente para a tirar da jogada. A bola ficava jogável para o Melga que só não prossegue a jogada pq é derrubado.

Etape a etape...carrega Benfica!!

Tasqueiro Emigrante disse...

Parabens pela conquista do campeonato. Ganha quem menos erra e nisso o Porto foi campeao.

zorg disse...

Luis, ainda não vi o Benfica ganhar nenhum jogo em que não tenha tentado vencer e, com maior ou menor dificuldade, não tenha merecido vencer.

Esta vitória em Guimarães não é diferente das outras todas anteriores. Neste jogo acabámos por marcar 2 golos em alturas cruciais que, somados à expulsão, acabaram por tornar tudo fácil. Mas isto faz parte das incidências do jogo. Cada jogo é uma história que depende de mais factores do que apenas uma das equipas. E por isso é que há jogos mais conseguidos e outros menos.

O que é importante, como sempre foi, é ir somando vitórias e pontos. E, até agora, o Benfica tem sido muitíssimo competente nesse objectivo. Espero que continue a sê-lo até ao fim.

luis disse...

Eu também o espero.

Mas discordo de ti, já o sabes. Há jogos como este ou contra o Paços, em que a equipa actuou de uma forma consistente. Outros houve em que dependemos excessivamente da sorte ou da mestria individual dos jogadores. Muito menos do que no ano passado, contudo.

Essa tem sido a grande diferença, na minha opinio e a mais valia do trabalho de JJ este ano.

Jorge Borges disse...

Eu acho que as assobiadelas contra o Bordéus fizerem bem à equipa. Na hora certa, é como uma palmada no rabo de uma criança.

A equipa acordou e viu que a camisola do Benfica obria a mais.

É a atitude demonstrada ontem que é necessária para se ser campeão.

Jorge Borges disse...

*obriga

zorg disse...

Jorge, eu não acho que a equipa tenha "acordado", porque não considero que alguma vez tenha estado a dormir. Eu não vejo diferença, a não ser nos golos marcados.

A nossa discordância de fundo é que vocês consideram que quando o Benfica ganha 1-0, com um penalty no fim do jogo, a jogar contra uma equipa que abdicou de atacar, é porque os jogadores não se esforçaram. Já quando ganha 4-0, a jogar meia hora contra 10 e contra uma equipa que pretende discutir o jogo (e, por isso, abre mais espaço atrás), é porque os jogadores se esforçaram.

Já eu considero que isto não faz qualquer sentido e acho que os jogadores se esforçaram tanto, ou mais, contra a académica, ou o beira-mar, como contra o gil vicente ou o guimarães. O que mudou foram as incidências do jogo, não a atitude, a táctica, ou o empenho. E o mérito da equipa do Benfica é conseguir ganhar, apesar das incidências do jogo. E essa qualidade deve-se, em parte, ao trabalho da equipa técnica, que é tão mal amada nalguns círculos benfiquistas.

luis disse...

Zorg, JJ é mal amado como são MILHARES de treinadores no mundo que nada ganham.

O clube viveu desportivamente uma das épocas mais humilhantes há dois anos, com Jesus.

O estilo fanfarrão, pouco cuidado, pouco humilde, teimoso e arrogante que JJ cultivou no 2º e 3º ano criou muita antipatia natural.

Tem nas mãos o que mais nenhum teve, tem tempo, tem salário milionário, jogadores brutais. Um campeonato, zero taças de portugal em três épocas.

Este ano, Jesus melhorou, acho que isso é unânime. Mas isso não o deixa imune às críticas porque aqui o objectivo é sempre melhorar.

Tem feito bem o seu trabalho, este ano, mas fê-lo mal nos anos anteriores e, mesmo assim, não foi despedido.

Porque razão haveria agora de ser levado em ombros?

Tu escreves como se o homem fosse o único treinador para o Benfica. Um clube com cem anos de história recheada de sucessos...

Mr. Shankly disse...

"A nossa discordância de fundo é que vocês consideram que quando o Benfica ganha 1-0, com um penalty no fim do jogo, a jogar contra uma equipa que abdicou de atacar, é porque os jogadores não se esforçaram"

Acho que ninguém diz isso do jogo com a Académica. Diz-se do jogo com o Bordéus e quanto a mim bem.

luis disse...

Bordéus e Beira-Mar.

Além disso, nem sequer é verdade. Houve jogos de 1-0 em que a equipa jogou, correu e lutou.

Um jogo desses foi aquele contra a Naval (?) em que o Javi faz golo já nos descontos, num estádio da Luz cheio, há três anos.

E eu já disse ao Zorg que, muitas vezes, não está, sequer, em causa, a vitória do Benfica. Até podemos perder um jogo, não é disso que se trata.

J. disse...

Há umas semanas atrás, quando vi o Porto jogar em Alvalade, fiquei com a sensação de que o título já estava entregue.
Acho o Benfica mais forte e mais completo que o Porto, e apesar da polémica que pode existir num ou noutro jogo, já começa a ser unânime reconhecer essa superioridade.

Pedro disse...

E mais Luis, JJ melhorou com significativas melhorias da equipa, ao passar a fazer o que muitos aqui e noutros sitios reclamavam que ele não fazia.

Mas, lá está, ainda nada ganhou. Mas já perdeu.

zorg disse...

>Acho que ninguém diz isso do jogo com a Académica. Diz-se do jogo com o Bordéus e quanto a mim bem.

Acho que se fores aos comentários dos posts da altura do jogo com a Académica ficarás surpreendido. :)

No fundo, a questão é sempre a mesma. Há um conjunto de benfiquistas que consideram que tudo o que for menos do que encostar o adversário lá atrás durante os 90 minutos é sinal de falta de empenho. Infelizmente, a realidade não é assim e o que uma equipa consegue fazer vai variando ao longo do desenrolar do jogo, em função de uma série de factores mais ou menos controláveis. É por isso que não há equipas que encostem o adversário às cordas durante 90 minutos em todos os jogos.

O que as boas equipas conseguem fazer é ganhar quando jogam bem, ganhar quando jogam mais ou menos e ganhar quando jogam mal.

Pulha Garcia disse...

Não percebo como é que ainda há Benfiquistas que se queixam de JJ e que vêm falar do salário, dos jogadores que os outros treinadores do Benfica não tiveram, do facto de em 3 anos apenas ter um campeonato e zero taças, etc. É só treinadores de bancada ...

Eu acho que todos os Benfiquistas deveriam pôr os pezinhos no chão e agradecer a JJ e mesmo ao presidente todo o trabalho que tem sido realizado nos últimos anos, mesmo naqueles em que não fomos campeões:

1. Desde que JJ chegou ao clube, jogamos um futebol de ataque, com um esquema táctico base com laterais subidos, extremos, um só trinco, 2 avançados, etc. Têm saudades dos tempos em que marcávamos 1 e a seguir rezávamos para não sofrer o empate?

2. Outras equipas também têm grandes orçamentos, fazem compras caríssimas e no entanto não jogam bem colectivamente. Têm saudades de Fernando Santos e Quique?

3. Recuperámos nos últimos anos muito do prestígio europeu que faz parte do nosso ADN enquanto clube. Têm saudades de Vigo?

4. Com um futebol de ataque - mesmo que não ganhemos títulos - vendemos mais bilhetes, obtemos mais receitas de diversa índole. Têm saudades dos tempos da operação coração? Ou se calhar invejam uma boa "Belenização" ou até "Sportinguização" ...

5. Com o rendimento desportivo das eras de JJ e LFV obtivemos vendas milionárias de jogadores nossos, para os principais clubes da Europa. O Sporting por exemplo no ano passado vendeu o João Pereira, titular da selecção, ainda antes do Europeu (desespero por dinheiro) por 4,5 milhões. O Benfica vendeu Javi e Witsel por 63 milhões. Quem é que acham que está a fazer um melhor trabalho?

Eu também tenho críticas a fazer a JJ mas para mim É O MEU TREINADOR. Espero que fique no Benfica muitos anos (e disse-o também nas duas últimas épocas, mesmo após perdermos 5-0 no Dragão). As equipas de futebol demoram muitos anos a construir. Com JJ e LFV, estamos no caminho certo. Obrigado por tudo. Lá estarei a apoiar no estádio (e provavelmente nalguns jogos fora) em todas as competições que podemos ganhar.

zorg disse...

>Zorg, JJ é mal amado como são MILHARES de treinadores no mundo que nada ganham.

Certo. A minha única discordância com essa afirmação, é o facto de me parecer que o Benfica com JJ passou a ganhar substancialmente mais do que era hábito nos 10/15 anos anteriores, quer a nível nacional, quer a nível europeu. Mas compreendo que num clube como o Benfica, é preciso ganhar competições regularmente, nomeadamente o campeonato.

>O clube viveu desportivamente uma das épocas mais humilhantes há dois anos, com Jesus.

Não considero que isso seja verdade. O Benfica ficou em segundo lugar no campeonato, ganhou a taça da liga e foi às meias finais da LE. Lembro-me de épocas bastante mais humilhantes do que essa.

>O estilo fanfarrão, pouco cuidado, pouco humilde, teimoso e arrogante que JJ cultivou no 2º e 3º ano criou muita antipatia natural.

Isso para mim tem pouca relevÂncia. Concordo que JJ está longe de ser um intelectual, mas a mim interessa-me é que seja bom treinador.

>Tem nas mãos o que mais nenhum teve, tem tempo, tem salário milionário, jogadores brutais. Um campeonato, zero taças de portugal em três épocas.

Isto só vale num sentido? O porto, o grande rival que teve de enfrentar, teve SEMPRE orçamentos superiores aos do Benfica. Sempre. Mais, o porto até contratou jogadores que o Benfica pretendia, durante o mesmo período (Falcão, James Rodriguez, Danilo, Alex Sandro, ...). Poder-se-ia dizer que apesar disso, o Benfica de JJ conseguiu ganhar 1 campeonato, 3 taças da Liga e fazer campanhas europeias bastante razoáveis (nos últimos 2 anos, até mais razoáveis que o porto, o tal clube que tem um orçamento superior).

E isto para não referir que, por exemplo, no ano passado o Benfica de JJ era a melhor equipa em Portugal e só não venceu o campeonato porque o porto é a melhor equipa em Portugal a comprar árbitros.

>Este ano, Jesus melhorou, acho que isso é unânime. Mas isso não o deixa imune às críticas porque aqui o objectivo é sempre melhorar.

Eu não sei se o JJ melhorou ou não. Se estás a falar da maior rotitivadade de jogadores, convém não esquecer que este ano há equipas B, o que é uma diferença fundamental em relação a anos anteriores. Parece-me que o Benfica está a tirar bem partido deste facto.

De resto, é o que tem sido: disputar o campeonato com o porto até ao fim, fazer uma campanha europeia respeitável e, se não acontecer nenhuma tragédia, marcar presença na final de uma das taças (em anos anteriores foi a da liga, este ano será a de Portugal).

>Tem feito bem o seu trabalho, este ano, mas fê-lo mal nos anos anteriores e, mesmo assim, não foi despedido.

Estamos em desacordo, por uma série de razões que já enunciei.

>Porque razão haveria agora de ser levado em ombros? Tu escreves como se o homem fosse o único treinador para o Benfica.

Não escrevo como se fosse o único treinador para o Benfica. Acho que não há insubstituíveis e se o JJ se for embora, outro virá. Agora, acho que o seu consulado representou um salto qualitativo significativo para o futebol do Benfica e que, tendo isso em conta, será um erro não renovar com ele, havendo essa hipótese. Só isso.

luis disse...

"Não considero que isso seja verdade. O Benfica ficou em segundo lugar no campeonato, ganhou a taça da liga e foi às meias finais da LE. Lembro-me de épocas bastante mais humilhantes do que essa."

A 30 pontos do primeiro lugar. A Taça da Liga? Lembras-te desse jogo? Foi miserável. Levaste 5 no dragão, viste os portistas festejar o campeonato na Luz, perdeste uma meia final da taça depois de teres conquistado uma vantagem de 2 golos. Para mim foi das piores coisas que já vi, desportivamente falando.

Pulha, JJ também é o meu treinador. Mas isso não me impede de apontar os erros que considero existirem. Essa postura de "cego" não me enche as medidas.

Os benfiquistas querem títulos, poe isso na cabeça. O campeonato, dois, cinco, oito, em dez. Isso é que é o Benfica, e foi conseguido antes de Jesus e LFV.

Acho que o campeonato é fundamental para a renovação. Fundamental.

Pulha Garcia disse...

Luís,

"Os benfiquistas querem títulos, poe isso na cabeça." certo, mas é preciso estratégia para lá chegar. Tu, com essa convicção que o Benfica por definição consegue chegar aos títulos (num campeonato onde o habitual campeão conta com Proenças e Olegários, e é confessadamente um clube condenado por tentativa de corrupção) independentemente do treinador, és o típico adepto que não tem consciência do esforço de base que é necessário para construir uma equipa competitiva, sobretudo tendo em conta as dificuldades.

Eu, da minha parte, estou muito agradecido a JJ e a LFV. Podia apontar muitos erros a ambos pelo caminho, mas confio nesta estratégia de jogar ao ataque, ser exigente com os jogadores, valorizar activos, trazer pessoas ao estádio através do bom futebol praticado.

Espero que JJ renove e espero que os Benfiquistas se unam em torno da equipa (mesmo se não formos campeões). Acredito que se JJ ficar e se formos efectivamente campeões podemos dominar o futebol Português nos próximos anos. Põe isso tu na tua cabeça. Médio/longo prazo em vez de "resultados já ou vai-te embora porque não sabes falar Português".

Mas é só a minha opinião. Sou apenas mais um Benfiquista.

Pulha Garcia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jorge Borges disse...

Em relação ao JJ eu estou no meio-termo. É um bom treinador, mas tenho a firmwe certeza que há gente com mais capacidade. Mas acho que na conjuntura que vive, dificilmente alguém faria melhor. Até porque muitos deles não estão para aturar o LFV (Trapp, ou Koeman, por exemplo!)

Pulha:
Estoi farto do LFV até à raiz dos cabelos. Mas isso é outra discussão.
E imagina lá, que até acho que com um presidente como deve ser, o JJ tinha ganho muito mais. E talvez hoje os benfiquistas, na generalidade estivessem bem mais agracediso ao treinador.

Pedro disse...

É incrível o ponto ao que o SLB chegou. É uma das coisas q não consigo perdoar a Vieira. Este conformismo que os benfiquistas têm de que jogar "bem" é suficiente. Jogámos muito bem com Koeman, jogámos muito bem com Santos. Vencemos zero. Eles foram a andar. Nenhum deles teve a matéria prima q JJ teve ao dispôr. Quando é que tivemos esse futebol arrasador? Quando levamos 5 do Villas Boas? Quando o Vitó foi campeão na nossa cara? Jogar bem? Jogar bem é ganhar!!!!

"As equipas de futebol demoram muitos anos a construir"

Pulha, espero que não leves a mal mas este argumento é tão mau, tão fraco que é incrivel como o usas. Então JJ não foi logo campeão no primeiro ano? Como demora muito tempo? Ele foi campeão logo no primeiro ano. Era só manter...não o soube fazer, bem pelo contrário. Q grande falácia essa de que grandes equipas demoram muito tempo a construir. A sério...como é possivel usar essa argumentação?

"Acredito que se JJ ficar e se formos efectivamente campeões podemos dominar o futebol Português nos próximos anos. "

Ele foi campeão e três anos depois dominas o q?????


luis disse...

Pulha, lamento que o teu discurso esteja a extremar. Eu não sou o "típico" gajo que alinha nessa conversa.

E sem querer prolongar esta conversa, diz-me só onde é que eu sugeri que o nível linguístico de Jesus é um factor decisório para querer ou não a sua continuidade (podes pedir ajuda ao Zorg).

Eu acho que tu não lês o que escrevo. Tens uma opinião, sabes que a minha é diferente da tua e pões a K7 a dar a dar.

Pulha Garcia disse...

Primeiro que tudo, gostaria de dizer que não venho aqui insultar ninguém. Respeito todas as opiniões, posso estar errado e mesmo que discordasse não tenho a minha opinião por mais válida só porque é a minha. Por outras palavras, baseio-me em dados objectivos. O rendimento desportivo e económico do futebol do Benfica tem melhorado muito desde LFV e JJ chegaram aos cargos que desempenham no Benfica, sobretudo por comparação ao que foi durante largos anos a nossa realidade após a época 93/94 (o início da era Damásio/Artur Jorge, altura em que o edifício veio a baixo). Reconhecer isto não é reconhecer a minha opinião, é reconhecer a realidade. E, na minha opinião (aqui sim, opinião), dar-nos por gratos por LFV e JJ estarem na estrutura do Futebol encarnado (mesmo podendo apontar falhas) quer a um quer a outro.

Jorge Borges,

"Em relação ao JJ eu estou no meio-termo. É um bom treinador, mas tenho a firmwe certeza que há gente com mais capacidade." eu acho que JJ é a melhor opção para o nosso futebol porque entre outras coisas é muito experiente no nosso campeonato, onde é preciso ir a campos como Mata Real, Olhanense, Choupana, Braga, Guimarães, Barreiros ... todos eles com muitas especificidades (a começar no tamanho e condições do relvado), e sempre no nosso campeonato . Ora, desde logo, nesse particular JJ leva larga vantagem sobre Koemans e Traps (um senhor do futebol, a quem estou muito agradecido pelo título 2004/2005 mas com muito fraco nível exibicional).



Pulha Garcia disse...

Pedro,

"Jogámos muito bem com Koeman, jogámos muito bem com Santos."?! Discordo e muito. Com o Koeman jogámos bem nalguns jogos, apenas isso. Começámos a temporada a perder na Luz com o Gil Vicente. Com a Naval por exemplo perdemos pontos salvo erro duas vezes. Com o Lille fora jogámos com 4 centrais na defesa (um deles o Alcides à direita). É verdade que fizemos uma boa temporada Europeia e que ganhámos na casa dos corruptos (0-2) mas faltou bom nível exibicional com consistência. Queres comparar com JJ? Muito bem, então aqui vai: estamos na 2ª metade de Março e só temos 3 empates e o resto só vitórias na Liga. O Koeman alguma vez fez ou faria um registo parecido?

E quanto a Fernando Santos, melhor que JJ? Discordo gravemente. Tacticamente banal e excessivamente defensivo. Tacticamente só conhece o 4-3-3. Ora em Portugal, mais de metade das equipas joga para não perder nos jogos fora e em muitos em casa. Para mim o 4-3-3 não chega. Além disso era medroso. Com Fernando Santos ao leme íamos ao Bessa mamar 3-0, Di Maria não rendia nada de nada, David Luiz só entrou a custo porque no Parque dos Príncipes a última opção para central (Katsouranis) se lesionou, etc, etc, etc. Pouco futebol, mau futebol, maus resultados (acaba 3º num campeonato onde o 2º foi o Sporting de Paulo Bento, a jogar mal e só com putos ...). Lamento, mas JJ não é apenas melhor que Fernando Santos. É "munta" melhor, pá.

""As equipas de futebol demoram muitos anos a construir"

Pulha, espero que não leves a mal mas este argumento é tão mau, tão fraco que é incrivel como o usas." lamento que penses assim. Para mim uma equipa de futebol demora largos meses e até anos a construir. Dou-te um exemplo: nos anos 80 em jogos europeus, quando sofríamos um golo mantínhamos a calma porque sabíamos que na equipa havia Paneiras, Valdos, Magnussens, Therns, Ricardos Gomes, Mozers, Isaías, Schwartzs, etc ... malta com muita experiência europeia. Agora quantos anos não demoraram a formar equipas assim? Com estes jogadores experientes?

Pulha Garcia disse...

""Acredito que se JJ ficar e se formos efectivamente campeões podemos dominar o futebol Português nos próximos anos. "

Ele foi campeão e três anos depois dominas o q" Pedro, desde que o JJ chegou ao comando, só fez uma má temporada que foi o segundo ano. No ano passado fomos a melhor equipa na Liga (na minha opinião) ou no mínimo uma equipa muito competitiva (desde que ficámos 5 pontos à frente do Porto fomos prejudicados com "erros" de arbitragem em todos os jogos). Não fosse esse pormenor e teríamos sido campeões. Este ano está à vista o que um treinador como JJ pode trazer à mesa. Agora eu pergunto: não é normal que um treinador como JJ que antes de chegar ao clube nunca tinha treinado um grande, também tenha que aprender algumas coisas pelo caminho? Queres que te recorde quantos anos esteve o Fergusson no Manchester United antes de ser campeão? Olha se o tivessem despedido por ao fim de 3,5 anos ainda não dominasse o futebol Inglês ...

Pulha Garcia disse...

Luís,

respeito muito a tua opinião (quem sou eu senão mais um benfiquista ...) e tal como tu o que eu quero é títulos e ver o Benfica ganhar. Por isso se eu estiver errado e tu certo, mas o Benfica vencedor, é exactamente o que eu pretendo. Não há qualquer extremar de opiniões. Mas há sim a convicção que esse ódio de estimação ao JJ prejudica o clube, é um belíssimo serviço prestado ao FCP e, na minha opinião, é completamente contraditório face ao rendimento desportivo e económico do futebol do Benfica na era JJ.

Um abraço, saudações lampiónicas e oxalá nos encontremos todos no Marquês um dia destes. Infelizmente estou muito longe de estar optimista quanto ao título. Supostamente estamos 4 ponto à frente do Porto mas na realidade é apenas 1. Não acredito que não percamos nas Antas...

Pedro disse...

Pulha, eu referi Koeman e Santos pq com eles jogámos bem. Jogámos bem a época toda? Não. Da mesma forma que não jogámos bem nestes anos todos de JJ. Jogámos bem apenas algumas partes de cada época. Ou seja, por aí é igual. E Santos acaba em terceiro chegando à ultima jornada podendo ser campeão. Como foi JJ nas duas últimas épocas? Pois...se queres comparar com o passado tens que ter em conta tudo e não só o que te convêm.

Se Koeman e Santos faziam o mesmo que JJ tendo ao dispôr o que JJ tem? Não sei. Nunca saberemos.

Dizes q uma equipa demora meses a construir. Ok...já é diferente. Mas, repito, JJ foi campeão no primeiro ano. Ou seja, esse argumento não pode ser usado em defesa de JJ pq foi campeão. E deitou tudo a perder com erros que nenhum benfiquista q o defende consegue explicar. Nenhum.

Fergunson não foi campeão no primeiro ano pois não?

Fomos roubados? Pois fomos. Mas ninguem ligou a isso durante o campeonato. Mas JJ errou e muito. Não foram os proenças os responsáveis pelas escolhas tácticas de JJ nem pelas substituições.

Pulha Garcia disse...

Pedro,

"Dizes q uma equipa demora meses a construir. Ok...já é diferente" meses é o mínimo, o mais normal são anos e anos. O Milan dos anos 90, com os seus Baresis, Maldinis, Ancelottis, Costacurtas, Holandeses, Bobans, Albertinis, etc quantos anos demorou a construir? O Barça actual, quer pela forma como joga quer pelo plantel que tem ... quantos anos demorou a construir? Precisas de mais exemplos?

Abraço, saudações lampiónicas.

Pedro disse...

Pulha, tudo certo mas isso não se aplica a JJ pq ele foi campeão logo no primeiro ano. Ou seja, o q os outros demoraram anos a construir ele teve logo no primeiro ano. O exemplo não se aplica. Bem pelo contrário, só serve para criticar JJ.

Jorge Borges disse...

Pedro,
O insucesso do JJ na 2ª época não se deve só a ele. E este ano não acontece igual porque ele abriu um bocadinho a pestana e o Porto não está tão forte.

No final da 1ª época a direcção "fez o favor" de vender os 2 alas (Ramires e Di Maria) que eram 2 elementos fundamentais da dinâmica do clube. Burrice ao nível da gestão. fazendo a mistura com a casmurrice do treinador e a falta de capacidade para colmatar as saídas, deu o cadinho que deu.
Este ano o risco foi o mesmo: Javi e Witsel. Felizmente as coisas correram (ou estão a correr, melhor dizendo) melhor.

A minha tecla é sempre a mesma: antes de me atirar ao treinador é preciso resolver muitas questões a montante. O JJ não é, de longe, o nosso maior problema.

Pulha Garcia disse...

Pedro,

desculpa lá mas "isso não se aplica a JJ pq ele foi campeão logo no primeiro ano. "????? Em que é que ter sido campeão num ano altera o facto de serem precisos vários anos para assegurar uma equipa competitiva? Picos de bom rendimento não têm nada a ver com um bom rendimento constante. Não me leves a mal, mas deverias começar por uma premissa simples: não gostas de JJ. Eu acredito em projectos a médio/longo prazo, sempre defendi JJ (mesmo nos 2 últimos anos) e espero que fique muitos anos. E espero que todos se unam à volta da equipa e do seu treinador. Para fazer o papel de anti-JJ já basta a concorrência. Eu não gostava de Fernando Santos mas fui sempre ao estádio apoiá-lo e à equipa.

Podemos fazer uma época história e se formos campeões e mantivermos JJ podemos dominar o futebol Português. Para isso acontecer foram precisos vários anos para lá chegar. Lamento os erros das duas últimas épocas mas o futebol é assim.

Ps: Toma lá mais um exemplo: o Borussia de Dortmund nos últimos anos têm enfrentado o Bayern num campeonato praticamente monopolizado. Quantos anos foram precisos para lá chegar?

Pedro disse...

Jorge, a Direcção não fez o favor de os dois alas. Vendeu por uma boa quantia e já sabemos que os nossos bons jogadores são facilmente assediados pelos grandes europeus. E atempadamente JJ foi buscar Gaitan e Jara, por ex. Eu só falo da responsabilidade de JJ pq é de JJ q estamos a falar. Quando falarmos da Direcção eu falo da Direcção. É engraçado que se elogie JJ pelas vendas astronómicas que "faz"(não é tanto o teu caso) mas depois se use esse mesmo argumento para o desculpar.

Pulha, compreendo que não gostes de ver o teu argumento cair por terra mas é um facto que caíu. E com estrondo.

E ao dizeres o que disseste agora estás a retirar TODOS os elogios que deste a JJ ao reconheceres que fomos campeões por causa de "picos de rendimento". Está tudo dito. Tás a tirar totalmente o valor a JJ...afinal o futebol espectáculo resultou de um pico de rendimento, é isso? Ou aqui a argumentação já é outra?
:)

E o Chelsea de Mourinho? O Special One chegou lá e transformou a equipa imediatamente numa equipa campeã. E, pasme-se, voltou a sê-lo no ano seguinte.

Pulha, sabes o que é engraçado. É que eu não tenho memória curta. Quando JJ chegou e venceu sabes o que se disse na altura? Que quando há qualidade não há cá essas tretas de "precisar de tempo". Pois...

Não é "não gostar de JJ" é ter deixado de gostar de JJ. Com factos que sustentam essa decisão.

" Lamento os erros das duas últimas épocas mas o futebol é assim."

Não é não. Futebol que se quer vencedor não pode repetir erros que causaram fracassos. JJ repetiu-os.

Pulha Garcia disse...

Pedro,

discordo e seguramente não será meramente por dizeres que não tenho razão que necessariamente deixo de a ter. Porventura poderei não ter razão se os teus argumentos forem melhores que os meus, o que não me parece minimamente. Parece-me mais - não me leves a mal - que depois de anos a criticares JJ tenhas que explicar a ti próprio e aos que te conhecem que afinal o JJ era e é o homem certo para o futebol do Benfica. Que te enganaste quanto a JJ e que agora por orgulho não queres dar mérito ao homem que treina uma equipa com quase 60 golos no campeonato, que lidera isolado, ainda está na Liga Europa, já este ano permitiu ao clube encaixar vendas de pelo menos 63 milhões, etc. Não me leves a mal, Pedro, mas na minha opinião é mais um problema teu do que meu. Eu por mim gostaria apenas de ver os Benfiquistas como tu e eu unidos à volta da equipa e do seu treinador.

O que está aqui em causa é um argumento de estabilidade desportiva. Os campeonatos do Trap e do JJ (o 1º, todos esperamos que o 2º venha a caminho) foram mais produto de um trabalho num certo contexto desportivo do que propriamente em resultado de um esforço estruturado. O importante não é só vencer um campeonato, é mantermo-nos no topo longos anos e isso não acontece apenas por uma boa temporada aqui ou ali. Para isso é preciso manter um esforço estruturado (de preferência a mesma direcção, o mesmo treinador, os mesmos jogadores-chave, a mesma preparação física, a mesma gestão de orçamento, etc).

Tu achas que o JJ depois de ter sido campeão no primeiro ano deveria também ter sido campeão todos os anos seguintes. Eu discordo e não acho isso sequer realista num campeonato onde nos últimos 30 anos praticamente só o FCP com as suas manhas desportivas tem sido campeão. Uma revolução faz-se aos poucos. Um campeonato não é garantia que no ano a seguir tens a equipa mais competitiva, desde logo porque os nossos adversários também vão ter que reagir.

Saudações de glória, tudo de bom.

PS Sim, José Mourinho (logo por acaso foste buscar o melhor absoluto da história ...) foi campeão duas vezes de seguida quando chegou ao Chelsea. Esqueceste-te apenas de mencionar que na época a seguir, quando já estava a ficar muito para trás na luta pelo título, foi despedido. Foi precipitado, claro, até porque tendo em conta os picos competitivos das épocas anteriores teria sido importante manter a estabilidade desportiva. Ou seja, o teu exemplo, a meu ver dá razão ao meu argumento. Que em desporto de alta competição, a estratégia a médio/longo prazo é que faz a diferença. Mas é só a minha opinião.

Pedro disse...

Pulha, portanto um homem que ganha 4 milhões por ano para vencer Taças da Liga, que é responsável pela época mais humilhante da história do SLB, que é o responsável por duas vezes os corruptos festejarem na nossa casa, que perde uma ida à final da Liga Europa com o poderoso Braga (depois de vencer na Luz) que se deixa eliminar da Taça de Portugal em casa depois de vencer fora por 2-0, que perde um campeonato para o Vitinho depois de ter 5 pts de avanço. Portanto tu achas que eu não quero dar o braço a torcer por achar q este gajo, responsável por isto tudo, é a pessoa certa?!?!?!!?

Ok. E ainda achas q tens razão e que os teus argumentos são melhores q os meus? LOL

Eu digo q ele não ganha, FACTO. Tu dizes q ele vai ganhar. Tu baseias-te num desejo, eu baseio-me em factos.

"Eu por mim gostaria apenas de ver os Benfiquistas como tu e eu unidos à volta da equipa e do seu treinador. "

Esta frase é mais um não argumento. Como se quem critica JJ não quer q o SLB vença. Enfim...

"Tu achas que o JJ depois de ter sido campeão no primeiro ano deveria também ter sido campeão todos os anos seguintes."

Obviamente que sim. Tinha melhor equipa que o adversário e tinha o "elan" de ter sido vencedor sem espinhas. E basta ver como se seguiu a pré temporada seguinte para perceber que isso era não só possível como relativamente fácil. Tu já não te recordas certamente mas fizemos uma pré época muito boa assente numa táctica de apenas um avançado enquanto que os tripas já se andavam a queixar das arbitragens por terras francesas e tudo já com o AVB pelos cabelos. Na Supertaça, momento ideal para acabar com os gajos logo no início,o que o JJ faz? Muda a táctica q estava a correr muito bem na pré época. Resultado? Taça para os gajos. Início do campeonato igual, táctica de JJ e lá se foram não sei qts pontos. Depois tivemos a célebre táctica no dragão e os 5-0 para recordar. Tudo erros de JJ, tudo situações que se podiam evitar.

Para não falar do célebre almoço/jantar/cumprimento de JJ a Pinto da Costa no final da época e do "encostar" à parede de Vieira para que lhe aumentasse o ordenado. Coisa irrelevante claro. Situação que, a mim, causa bastantes dúvidas quando olho para as suas opções tácticas. Durante duas épocas foi teimoso que nem uma porta...agora que está em final de contrato muda, para a ser menos teimoso, passa a aplicar aquilo que eu defendo desde o primeiro dia. Mas tu achas q eu não tenho coragem para admitir que é a pessoa certa...

Tu elogias esta época em JJ, em que ele está diferente, quando o que ele faz de diferente é tudo aquilo que eu lhe acusei de não fazer nas épocas anteriores.

Pulha Garcia disse...

Pedro,

(lamento o atraso na minha resposta)

a maior parte das questões que colocas são insistências que já foram respondidas. Vou tentar isolar as novas questões que apontas e dar a minha opinião:

"4 milhões por ano para vencer Taças da Liga" Falso. Para alémde Taças da Liga já ganhou um campeonato. O que em Portugal, não se tratando do FCP com os seus proenças é sempre de louvar. De resto, não percebo porque é que se fala tanto do salário. 4 milhões para treinar uma equipa que joga assim à bola, vende os jogadores que vende e ainda corre um sério risco de ganhar títulos até pode ser pouco. Espero que o JJ fique muitos anos.

"Como se quem critica JJ não quer q o SLB vença." críticas como a tua, na minha opinião motivadas mais por orgulho do que por uma visão objectiva de rendimento desportivo em alta competição, prejudicam mais o Benfica do que ajudam. No Sporting também achavam que criticar o Domingos era pelo melhor da equipa. E milhares de outros exemplos. Na minha opinião, insisto, devias perder o orgulho e apoiar a equipa e o seu treinador.

"Tu elogias esta época em JJ, em que ele está diferente, quando o que ele faz de diferente é tudo aquilo que eu lhe acusei de não fazer nas épocas anteriores. " então se ele está diferente em tudo o que o acusavas de estar mal porque é que insistes em criticar o melhor treinador que tivemos em muitos anos? Prestas - seguramente sem querer - um belíssimo serviço a FCP e a SLB. Tens todo o direito a uma opinião e estamos sempre a aprender com todos, mas achas sinceramente que é justo manter todas essas críticas a JJ? Eu discordo.

Pulha Garcia disse...

* "e a SLB" passa a "e a SCP" ...