quinta-feira, julho 9

Assim, não.

Uma das coisas que mais me irrita no futebol português é a sistemática vassalagem que é prestada à capacidade negocial do FCP. Fazem negócios fabulosos, é certo, e, pasme-se, "roubam" jogadores ao SLB!

É incrível como o mesmo argumento - o FCP ganha milhões em transferências fantásticas e o SLB gasta dinheiro que não tem -, serve para se escrever e dizer que o FCP ultrapassou, mais uma vez, o SLB, na aquisição de um jogador.

É o outro que demorou apenas 5 minutos a optar pelo FCP - se fosse eu, com o ordenado dele, teria assinado em 5 segundos -, e é agora o grande Falcão, um jogador temível, uma estrela do futebol mundial, que parece ter optado pelo FCP, tudo devido à magistral capacidade negocial do FCP. No Record pode já ler-se que, apesar do SLB ter descartado o interesse em Falcão, a verdade é que foi o jogador a preferir o FCP, tendo sido essa a razão da abortagem do negócio com os "encarnados". Lindo.

A gestão financeira do FCP fica para os portistas, não estou minimamente interessado nesse assunto, nem quero saber se Pinto da Costa e acólitos recebem dinheiro que não devem, se roubam o Clube.

O que me interessa é que Pinto da Costa, figura mais do que suspeita e que tanto prejudica o futebol, continua a ter o compadrio de jornais e jornalistas, que insistem em colocar este homem do lado do bem absoluto.

Rematando: Pinto da Costa, Adelino Caldeira, Fernando Gomes e Reinaldo Teles almoçam hoje com os deputados, na Assembleia da República. Assim, sim!

1 comentário:

preto disse...

Se quiseres fazer um texto "Assim não II", fala também no grande número, já confirmado, de jogadores emprestados a outros clubes da 1ª divisão... só ao Olhanense já estão 6.
Se sabemos que depois das dispensas do Jesualdo este nº de emprestados vai aumentar e muito!

E depois claro estes clubes vão ter problemas em fazer uma equipa para jogar contra o Porto, porque nessa altura os jogadores vão estar todos com a Gripe A.