quarta-feira, agosto 24

"A birra dos árbitros"

Vem este post a propósito deste magnífico texto do Zé Diogo Quintela para o Sporting Apoio.

Apenas discordo no texto original ter escamotado que foi Dias da Cunha quem denunciou o sistema, mantendo-se depois o Sporting à espera que a Justiça (não) funcionasse, como seria expectável e normal.

O que se está a passar por estes dias não tem a ver com a eterna discussão sobre arbitragem, entre adeptos sobre um lance mal ou bem assinalado. O que está aqui em causa é uma guerra entre instituições. Uma luta de poder.

Estou enojado com este tema. O Sporting nada fez que justificasse a histeria de Luis Guilherme, exigindo que o Sporting pedisse desculpa e se retractasse. Pinto da Costa foi apanhado nas
escutas a chamar Carlos Xistra de "filho da puta" ou Lucilio Batista de "vigarista do caralho" e não o ouvi. Também não o ouvi quando Luis Filipe Vieira levou o tema da arbitragem a um Ministério. E quando um adepto apertou o garganete a um fiscal de linha também não o ouvi.

Tivemos o homem forte do futebol - Luis Duque - a dizer que no fim as contas ficavam equilibradas em termos de arbitragem. Foi apresentado um documento genérico e construtivo com propostas de melhoria para a arbitragem que, aliás, tinha sido promessa eleitoral de Godinho Lopes. Apesar disso houve boicote na sequência de críticas depois de um jogo em que houve efectivamente mau juízo em 2 lances chave e de um texto de alguém (ninguém sabe quem) num jornal, supostamente a pressionar João Ferreira.

Quanto aos árbitros, são uma cambada de lambuças. Esquecem o boicote a troco dos 1300 euritos que ganham por apitar jogos do Sporting. É o preço da "ofensa".

Quanto a Luis Guilherme é bandalho. Está a mais. Tem de sair. Vitor Pereira foi apanhado na enxurrada e não a conteve. Não a soube gerir. Devia sair.

20 comentários:

luis disse...

Quando os adeptos do SCP invadiram o relvado com paus para bater nos árbitros, também não o deves ter ouvido. Ou pelo menos, não terá dito nada de relevante.

Serve este exemplo apenas para relativizar a tua menção a casos do SLB, porque até parece que os estás a comparar com os casos do FCP. Parece.

Concordo contigo no essencial. É altura desta gente toda sair (já é tarde, aliás). Mas enquanto lá estiverem...

LMGM disse...

Luis, se não estou em erro os adeptos do Sporting invadiram o campo para bater no Argel. Eventualmente tal o estado etílico podiam acertar num árbitro mas não era esse o seu alvo prioritário.

Já a visita de LFV à cabine de arbitragem deve ter sido um engano no trajecto para comprar um cachorro no bar.

P.S.- Conforme disse na altura, obviamente que Alvalade devia ter sido interdito na sequência dessa invasão. Chegando ou não a vias de facto.

P.S.2 - Estou a adorar o silêncio dos outros 31 parceiros profissionais. Quer dizer não é bem silêncio, mas como não lhes toca a eles lá continuam a divertir-se a falar de arbitragem.

luis disse...

LMGM:

http://www.youtube.com/watch?v=0uwNTl5ViTs

Volto a ficar com a impressão que era para os árbitros, mas enfim. Mas o caso nem interessa muito porque eu próprio entendo o que o Miguel pretende dizer: o SCP foi agora vítima do corporativismo bacoco desta gente. Porque não tem poder nenhum.

É assim que eles pretendem moralizar a arbitragem, quando tinham tantos e tantos outros motivos e oportunidades para o fazer.

LMGM disse...

Luis, a invasão é na sequência do golo de Geovani na baliza oposta, o árbitro está na área oposta e o lance não teve nada de polémico é um remate do meio da rua. O Argel resolveu ir festejar junto dos painéis publicitários virado para a JuveLeo com os mais variados gestos e insultos. Correu mal.

Se parares o video logo aos 11 segundos vês na parte superior do ecran as meias de dois jogadores do Benfica é para eles que a Juve corre para ver se os festejos provocatórios se mantêm sem o fosso a separar.

luis disse...

Até hoje estava convencido que era para os árbitros aquela ira toda. Se não foi (porque não tenho forma de o comprovar) admito que foi um mau exemplo.

Pedro disse...

Os anos passam mas esta invasão continua a ser um dos grandes momentos de humor. ☺

Visigordo disse...

Luís,
garanto-te que não foi.
O episódio passou-se exactamente como o LMGM o descreveu.
O Argel, após o golo, foi festejar ao lado da baliza com os dedos médios apontados à bancada da Juve, o que provocou a ira de alguns mais... chamemos-lhe alterados.
Essa situação não teve nada a ver com o árbitro.

luis disse...

Ok, entendido, confirma-se o mau exemplo que dei.

Esse Argel...

Pedro disse...

PS: Ali ao lado, nos titulares, não falta o Iniesta?

Leão Justiceiro disse...

Nunca a invasão em Alvalade teve como destino os árbitros, embora o facto de o seu destinatários serem os jogadores do Benfica não a tornarem menos repugnante e reprovável.

Já a invasão de campo com uma agressão filmada a um fiscal de linha no Estádio da Luz, essa sim de consequências nulas...

Tudo isto que se passa é surreal. Está na horas dos adeptos do SLB perceberem que a guerra com a arbitragem estalou do lado mais fraco (o SCP) e que poucas oportunidades haverá para a levar até às últimas consequências e libertar de vez a verdade desportiva em Portugal do jugo da corrupção. Não vale a pena dizer de que clube estou a falar pois não?

luis disse...

Leão: mas nesse episódio o SCP sofreu algum castigo? Não me parece.

O problema é mesmo esse. É que todos os clubes acabam por ter os seus telhados de vidro que servem sempre de comparação com os ideais seguidos pelo FCP.

Realmente, é tão grave o que um gajo fez (é um acto isolado) como o que podemos ouvir nas escutas. Obviamente que não.

A quem interessa este estado de coisas? Aos mesmo de sempre, que saem sempre mais fortes.

A posição do SCP é de louvar e tenho pena que o meu clube não faça até mais. Que sejam tomadas decisões disruptivas. No ano passado, em Braga, tinhamos que ter abandonado o jogo ao intervalo. Os benfiquistas iam perceber e o clube sairia mais forte. Queiramos ou não, não há futebol em Portugal sem o SLB presente.

Pedro, tens razão.

Pedro Almeida disse...

Concordo em absoluto, o Benfica só tem é de se solidarizar a 100% com o Sporting.
É uma oportunidade de ouro para os 2 clubes de aproximarem de vez e destruírem a frutaria!

Pulha Garcia disse...

Sou do Benfica e devo dizer que o José Diogo Quintela tem carradas de razão. Só falta acrescentar que o Sporting tem sido conivente com os corruptos de azul devido ao seu anti-Benfiquismo. A grande verdade é que o Sporting preferiu ficar calado durante o maior escândalo de corrupção do futebol Português porque preferiu retratar tudo como uma "guerra Benfica Vs FCP", tentando cair nas boas graças de Pinto da Costa.

E também assim se explica a venda do capitão Moutinho para o Porto, a compra do Postiga, etc. O Sporting está onde está porque tem sido miserável nas suas condutas morais, a tentar ganhar migalhas pelo convívio com criminosos. O Benfica tem lutado sozinho pela moralização do futebol Português. Pode ser que agora as coisas mudem.

Mr. Shankly disse...

"Está na horas dos adeptos do SLB perceberem que a guerra com a arbitragem estalou do lado mais fraco (o SCP) e que poucas oportunidades haverá para a levar até às últimas consequências e libertar de vez a verdade desportiva em Portugal do jugo da corrupção."

Deves estar a brincar. Há 30 anos que falamos no assunto, e o SCP, com excepção do período de Dias da Cunha, tem assobiado para o lado, em troca de esmolas. Aceito que o Benfica é culpado de não conseguir entender-se com o Sporting, mas em termos de denúncia do sistema, ninguém tem feito mais.

Leão Justiceiro disse...

Mr. Shankly:

Eu não disse que o Benfica não tem falado no assunto (embora os 30 anos sejam claramente um exagero).

O que digo é que esta atitude unilateral e desproporcionada da arbitragem contra o Sporting fragiliza-os, e abre-nos a todos uma oportunidade de mudança que raramente surge.

Daí o repto de que o SLB devia também assumir esta luta.

Quanto à ideia de conivência com o FCP, é um mito criado pelos benfiquistas para justificar o facto de o SCP não os ter suportado no apito dourado. E isso tem uma explicação: o Sporting sempre achou que o Benfica também está implicado.

De resto, só Deus sabe o ódio que os Sportinguistas têm aos corruptos. É verdade que somos anti-benfica mas não se pense por isso que os odiamos menos.

Se vocês preferem ficar fora desta guerra por acharem que não é nada connosco, o que diremos no final? Que o SLB foi conivente com o FCP? É a mesma situação.

Deixem-se de clubites. Se acham que a arbitragem não tem razão, assumam esta guerra. Ela não é do SCP, é de todos os que defendem a verdade desportiva em Portugal.

Visigordo disse...

Caro Leão,
uma coisa é lutar contra o estado de coisas, outra coisa é lutar contra o estado de coisas.
Desde que eu me lembre, porque pode ter havido anteriores, contra o estado de coisas esteve o Dias da Cunha ao apontar as duas cabeças do polvo. Pinto da Costa e Valentim Loureiro.
O Valentim já deve andar em estado de desgraça, mas o Pinto ainda lá anda.
Reacções na altura: O Sr. Filipe Vieira exigia que o Dias da Cunha o provasse ou então que se retirasse.

O Sporting apontou quem era quem, não se encostou a ninguém. Porque não os tripeiros dizerem que estávamos feitos com os lampiões?

O Sporting não tem andado a defender a legaligade de lances, não tem andado a defender campeonatos como o de 2004/2005.

O Sporting não se tem prestado a fazer filmes com dvds e conferências de imprensa de trocas de galhardetes.

Somos acusados, exactamente do quê? De em nome da verdade desportiva só nos queixarmos?
Quando outros em nome da verdade desportiva só se queixam deles próprios?

Mais uma vez, é de facto esta palhaçada destas instituições que nos regem o futebol que merecem a simpatia de toda a merda que possa concordar com esta posição da APAF.
E que possam ainda concordar com a tomada de posição de uma Liga que, supostamente, deveria defender os seus associados, sejam eles, Sporting, Benfica, ou seja lá quem for.

É uma tristeza do caralho achar que seria nos blogs de opinião multifacetada que iria encontrar um consenso entre clubes.

SportingSempre disse...

eu sonho com o dia em que o meu clube ataca de vez o sistema e corta relações com a merda do porto, não deixando de ressalvar que foi o Sporting que começou essa guerra.

MAS UMA UNIÃO AO BENFICA NÃO É POSSIVÉL POR ATITUDES COMO A DO JAVARDO DO JÃAO GABRIEL DEPOIS DA TAÇA LUCILIO BAPTISTA. Se queriam o nosso apoio não se armassem em nojentos e tivessem respeito, admitindo o que vos foi oferecido ou não provocando ainda mais, com aquela conferência de imprensa escabrosa.

Jorge Borges disse...

A luta contra a corrupção não foi começado pelo Sporting e muito menos pelo Benfica. Quem denunciou o caso às autoridades foram os Dragões Sandinenses, e do processo que daí resultou é foram sendo extraídas certidões, que deram origem ao famoso apito dourado. Aliás o nome de código é precisamente inspirado no Gondomar, cuja cidade é conhecida pelos artífices deste material precioso.
Dias da Cunha, honra lhe seja feita, foi a pessoa que apontou o dedo publicamente a Pinto da Costa e Valentim.

Há uma coisa que todos, benfiquistas e sportinguistas, temos que ter bem presente: se não nos unirmos para destronar o poder instalado na arbitragem e ajudarmos a limpar toda a porcaria que a rodeia, isto vai continuar assim.
Os sportinguistas queixam-se do Benfica? têm razão. Os benfiquistas têm razões de queixa do Sporting? idem. Mas também ninguém está a pedir que andam aos abraços e beijos e que os derbis passem a ser amenas confraternizações. è preciso que os dois clubes, neste particular, coloquem de lado as diverg~encias e rivalidades e lutem em conjunto para a credibilização do futebol.

Neste particular, acho que o benfica deveria ter dado um sinal de apoio ou solidariedade para com a atitude do Sporting

Pedro disse...

Acho piada os sportinguistas darem sempre muito valor às declarações de Dias da Cunha. O homem disse que as cabeças do Sistema eram Pinto da Costa e o Major. Dããã. Mas q relevância e novidade isso tem?

O que vale mais? Essas declarações sem qqr substância pq não acrescentam nada de novo ou a força e empenho que Vieira teve em que o Apito Dourado não ficasse na gaveta? A ida ao Ministério com o DVD é patética? Claro que sim mas permite que o assunto continue na agenda, q não caía no esquecimento. A luta que o SLB teve com a UEFA para punir o clube corrupto (engraçado que agora puniram o Fenerbache por causa de apostas...), etc etc. Onde estava o Scp nestas situações todas?

Mr. Shankly disse...

"Daí o repto de que o SLB devia também assumir esta luta."
Um repto que não faz sentido, porque na luta já estamos, e 30 anos não é exagero. O Sporting acha que o Benfica está implicado? Então não faz sentido unirmo-nos, não é?

De resto, estou de acordo: Benfica e Sporting deviam unir-se para acabar com esta merda. Mas já houve tentativas, e já houve quem tenha sido decapitado por isso.