quinta-feira, maio 23

Curtas

1 - James e Moutinho no Mónaco por valor a rondar os 70 milhões. Desportivamente, parece questionável a opção dos jogadores. Curiosidade ainda para saber que valor foi atribuído ao médio português...

2 - O Sporting participou ontem na inauguração da Arena Pernambuco, um dos novos estádios construídos para o Mundial 2014. É sempre prestigiante e demonstra que o Sporting é um clube reconhecido internacionalmente. Recorde-se que o Sporting esteve também presente na inauguração do Morumbi, o maior estádio de São Paulo, em 1960, tendo perdido por 1-0 com um golo do ponta direita Peixinho, num mergulho de cabeça. Foi daí que surgiu a expressão "Golo de Peixinho".

3 - A Sérvia é a nova Argentina do Benfica. São já 5 os reforços daquele país. Fico um bocado estupefacto com o valor pago por Markovic. 10 milhões por um jogador a actuar na Liga Sérvia? Parece exagerado e arriscado mas o Benfica tem conseguido rentabilizar este tipo de negócio.

4 - Este ano não demorou aquele rábula do jogador que interessa ao Benfica e acaba no Porto. Foi Carlos Eduardo, médio brasileiro do Estoril.

51 comentários:

luis disse...

1. Na senda de Witsel e Hulk.

3. Cinco? 10M não é anda pá. O FCP pagou muito mais por um lateral. E se for preciso o Benfica paga ainda mais por outro gajo qualquer. É até rebentar.

4. É. O Benfica descobriu um jogador que joga no mesmo campeonato mas o FCP antecipou-se.

Já com o Lima e com o Witsel foi o FCP que nunca esteve interessado.

Mas o mais engraçado é lembrarmo-nos dos atrasados mentais que insinuaram que o Benfica estava interessado em não sei quem para retirar vantagens desportivas... afinal, não vem ninguém para a Luz.

Mr. Shankly disse...

1. Não acho que a opção seja idêntica à do Witsel e Hulk. O Mónaco joga numa Liga mais interessante. Mas o clube não tem a história do rol de interessados de que se falava.

3. Não sei se o negócio está concluído, mas de facto 10 M parece muito. Mas a verdade é que se depois saírem pelo que têm saído outros vale a pena.

4. Tretas. Os jogadores que dão nas vistas são associados sempre a Benfica e Porto, que têm sido dos clubes mais competentes a comprar nos últimos anos. Daí virem os "roubos" de parte a parte. Mas ainda bem, o Benfica já tem jogadores a mais, está interessado para aí em 15, se não roubassem alguns contratava duas equipas novas cada ano. Repito: tretas.

Peyroteo disse...

3 - Então: irmão do Matic, Mitrovic, Djuricic, Markovic e Sulejmani.

5 - entre aquilo que os jornais inventam e aquilo que pedem para colocar, de certeza que vai correr ainda muita tinta.
Já no ano passado, com o Rojo, foi a mesma coisa.

Joel Monteiro disse...

O Sporting não vai à Europa mas vai à America do Sul jogar com um clube que terminou o campeonato em 12º. Reconhecimento internacional?

Peyroteo disse...

Shankly, a liga é mais interessante que a russa mas não é mais interessante que a nossa, com a agravante de que nem nas competições europeias vão participar. Pelo menos Hulk e Witsel tinham o aliciante da Liga dos Campeões. É só mesmo por dinheiro.

luis disse...

Ambos tinham mercado em Inglaterra, pelo menos, que seria desportivamente muito mais aliciante. O Jamez é novo, teria tempo para ceder a um ordenado ultramilionário. Contentava-se com um ordenado apenas milionário mas pelo menos jogava futebol para o mundo todo e não apenas para o careca. Mas o Mendes não perdoa...

O irmão do Matic não conta. Diz que foi contratado apenas para "agarrar" o Matic mais uma época :D

N.T. disse...

Será que é menos interessante que a nossa? Todos os anos saiem imenso jogadores da liga francesa rumo à Premier, não sei...
O Monaco quer montar um projecto de afirmação europeia. Vamos ver o que faz dentro de 2 anos. Certo é que a liga francesa sempre foi economicamente apetecível e está a encher-se ainda mais. E a questão é precisamente essa: há Alemanha e Inglaterra. Depois ou rumas a leste ou vais para França porque Itáia já não é o que era.

Peyroteo disse...

Joel, não percebi nada desse comentário. O Sporting não foi jogar um simples amigável com o Náutico de final de época. Foi convidado para inaugurar um estádio que custou 202 milhões de euros e no qual se jogará um campeonato do Mundo. É preciso ter algum prestígio para participar em eventos destes.

Mike Portugal disse...

Quando dizem que a liga Francesa não é mais interessante que a nossa, devem estar a esquecer-se que:

1º só recentemente passaram para trás de nós no ranking da UEFA e estão lá sempre colados prontos a ultrapassar-nos;

2º pagam mais;

3º campeonato tem tido diferentes campeões nos últimos anos, o que demonstra maior competitividade;

Pedro disse...

1- Dinheiro. Simplesmente dinheiro. A questão é: o ordenado oferecido é assim tão superior ao que um clube inglês/espanhol/italiano/PSG oferece? Ou, afinal, não há mais proposta nenhuma para eles?

2- "História" diz o outro. É pá...menos.

3- E tudo aponta para q sejam bons jogadores. Então este Markovic anda tudo doido com ele e maluco por ter vindo para o SLB. Vamos aguardar para ver...

4- Segundo as teorias reinantes aqui nas caixas de comentários do sector percebe-se assim o pq do Estoril ter ido passear no jogo com o fcp.

N.T. disse...

Pedro, financeiramente o Mónaco pretende estar a par do PSG, portanto pagará melhor que italianos.

N.T. disse...

O que está aqui a cria impacto é o facto do Monaco ter vindo da segunda divisão. Não me recordo de tanto espanto quando Lucho, Lisandro e Cissokho saíram para França.

J. disse...

1 - E jogar em Mónaco tem sempre outro glamour. Estranho é que nenhum destes negócios foi ainda anunciado na CMVM. Jà está tudo confirmado?

2 - Obviamente que é prestigiante. Inaugurar um estádio de um Mundial, voltar a jogar no Brasil, cachet de final de época...tivemos bem aqui!!!

3 - Não percebo esta obsessão com a Sèrvia agora. O que irão pensar jogadores como David Simão ou Miguel Rosa de tudo isto?

4 - Noticias de jornal parece-me a mim....

Peyroteo disse...

Pedro, fica na história, nem que seja da história do estádio e na história do Sporting.

Mike, não me parece que seja um passo em frente na carreira dos jogadores. Não é na Liga Francesa que vão evoluir mais do que em Portugal

zorg disse...

J.

O Miguel Rosa não tem pedalada para a equipa principal do Benfica. O David Simão acho que já nem sequer é jogador do Benfica. O facto de pertencerem ou terem pertencido à formação do Benfica não significa que seja obrigatório que tenham de pertencer à equipa principal, nem muito menos que o Benfica abdique de contratar jogadores talentosos, por sua causa.

Se se confirmar esta contratação, parece-me que é a confirmação que o Gaitán vai sair. E se sair, terei muita pena.

luis disse...

Eu considero o Jamez e Moutinho jogadores de nível mundial e por isso, enquanto adepto, gostaria mesmo era de vê-los nos melhores campeonatos e nas melhores equipas. O Mónaco não é uma dessas equipas e o campeonato francês não é dos melhores.

J., mas tu achas que alguém no Benfica está preocupado com o que pensam esses gajos?

Aliás, em relação ao Miguel Rosa, basta veres que o gajo cada vez que marca um golo parece que ganhou a CL, e agarra-se à camisola e beija o símbolo e tudo. É demasiado benfiquista e sente o clube em demasia também. Não interessa.

Nós temos é de dar guarida a Kardecs e a Carlos Martins ou a Luisinhos e Michels.

J. disse...

Mas aí é que está a questão.
Não sei se David Simão chegou a vestir a camisola do Benfica, Miguel Rosa acho que não, apesar de ser sempre considerado o melhor jogador da segunda Liga.
Até podes ter razão que nao teriam pedalada, mas sem oportunidades quem teria?
Entretanto, vem aí uma enxurrada de jogadores da Sérvia.
Imagino quantas comissões andem por aqui.

Sérgio disse...

1. Mónaco é um "paraiso fiscal" o que Moutinho vão ganhar limpos ou como diria JJ "limpinho limpinho" é muito mais comparativamente a outros paises mesmo sendo o salário bruto igual :).

2. Nem no Brasil nos safamos com os Bois de Preto ... é a nossa sina :).

3. É para o lado que durmo melhor

4. Senão me engano o jogador também já tinha sido referenciado pelo SCP ... a nossa CS é uma merda, vomitam em todas as direções logo é certo que acertem em alguma :).

Ainda relativamente ao ponto 1 o SCP só será "tramado" (para não dizer fodido) se o negócio envolver jogadores caso contrário o Mónaco não terá grande interesse em andar a brincar com os valores dos passes dos seus novos jogadores.

SL,

zorg disse...

Graças à Benfica TV tive oportunidade de ver alguns jogos da equipa B do Benfica e a opinião que tenho do Miguel Rosa é que a razão porque dificilmente algum dia chegará à equipa principal do Benfica não tem a ver com oportunidades, mas com talento. Tem garra, terá muito amor ao clube, mas não me parece que tenha talento suficiente.

Aliás, o único jogador que me impressionou no Benfica B foi o Diogo Rosado, esse sim, com talento a rodos.

Peyroteo disse...

Zorg, disse isso aqui muitas vezes. O Diogo Rosado, com aquele pé esquerdo que tem, podia ter sido o 10 do Sporting mas nunca lhe deram uma oportunidade sequer.

luis disse...

Então mas o homem é considerado o melhor da segunda.

Isso do talento... eu acho que tem, e bastante. Não é um gajo fino, mas tem talento e excelentes qualidades. Mas lá está, quando tens no plantel um coxo como o Kardec (com a agravante de ter custado uns 5M), não há sequer espaço para oportunidades.

Mas ainda em relação a MR, segundo me contaram, os problemas são outros.

zorg disse...

Ser o melhor jogador da segunda divisão não quer dizer que tenha capacidade para jogar na melhor equipa da primeira. Na minha opinião formada a partir do que vi dos jogos da equipa B, não tem.

Eu gostava que tivesse e preferia, claro, que o Benfica B estivesse atestado de jovens talentos a precisar apenas de uma oportunidade para aparecer, mas do que fui vendo, há jogadores interessantes, mas que ainda são muito novos e outros que não são muito interessantes. O Miguel Rosa acabou por dar nas vistas, mais pela quantidade de golos que marcou, do que por outra coisa. Em termos de jogo jogado, não me parece que seja suficiente para um grande, nem de perto, nem de longe.

Posso ter tido azar nos jogos que vi e ser obrigado a engolir estas palavras mais tarde. Mas não me parece.

O Diogo Rosado, sim, tem talento para dar e vender e gostava que tivesse uma oportunidade na equipa principal já na próxima pré-época.

Mr. Shankly disse...

Devo ter ouvido a mesma história que o luis.

Concordo que o Miguel Rosa não parece ser extremamente talentoso, mas o que não falta são jogadores com menos talento que o Gaitán (só para dar um exemplo de talento ao máximo e esforço quase sempre ao mínimo) que venceram.
No Benfica não podia ser extremo, não tem de facto qualidade para isso.

Pode parecer estranho, mas a mim lembra-me o Maniche: tecnicamente não é um portento, mas tem garra, faro de golo e inteligência táctica. Provavelmente dava um interior esquerdo interessante em losango, mas não me parece que o Benfica jogue assim nos próximos tempos.

Uma oportunidade merecia, mas quando apostas num puto em vez de apostares num sul-americano que custou uma fortuna tens a Direcção a lixar-te a cabeça.

zorg disse...

O André Gomes e o Roderick, por exemplo, tiveram oportunidades este ano. Acho que o Miguel Rosa não teve, porque pura e simplesmente não tem qualidade para jogar na equipa principal. Acho que o resto são teorias da conspiração.

E as oportunidades na equipa principal não são prémios pelo desempenho na equipa B. O que justifica uma oportunidade na equipa principal é o valor do jogador e as necessidades da equipa principal.

Desse ponto de vista e tendo em conta as opções que existem para o lugar em que o Miguel Rosa habitualmente joga, não estou a ver em que circunstâncias é que faria sentido ter jogado.

Pedro disse...

Dizer q o Rosa não tem qualidade é uma boa desculpa. Assim de repente parece-me q mete um Bruno César no bolso.

Não tem qualidade pq? Entre gastar 3/4/5 milhões num estrangeiro qqr q rapidamente mostra não ter estaleca para ser titular do SLB prefiro que apostem num Rosa ou num Rosado pq são nossos, jovens e que sabem bem o que clube q representam.

Pq raio um Mitrovic que joga não sei onde na Bélgica tem qualidade e um Rosa, estrela da companhia, não tem qualidade?

É óbvio que existe um problema por detrás da situação do Rosa e é com muita alegria que o vejo ser emprestado a um clube da primeira divisão caso se confirme que não fica no plantel principal do SLB. Só espero que ao Rosado dêem oportunidade.

Filipe disse...

1. Os jornais franceses falam em 55 milhões. Indo os dois o FCP poupa a verba do sporting, basta dizer que foi 44-11.

Tasqueiro Emigrante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tasqueiro Emigrante disse...

4- Vi num blogue benfiquista que confirmou que o Benfica estava interessado no Carlos Eduardo mas não o conseguiu contratar.
Ou seja, aquele comunicado a negar tudo foi mais uma farsa para lavar os olhos aos sócios. Mais um negócio falhado e mais uma vez a favo do Porto

PS: Eu não estou com isto a dizer que foi um grande negócio para o Porto porque nunca vi o Carlos Eduardo jogar, nem sei se é bom.

Mr. Shankly disse...

Se viste num blogue benfiquista é porque é verdade, Tasqueiro. Os blogues benfiquistas não mentem.

A sério, cada vez me convenço mais que andas a dar baile à malta.

Peyroteo disse...

Em relação a esta situação do Moutinho, creio que o Sporting terá direito aos direitos de formação:

"Segundo as regras da FIFA, um atleta que tenha passado por um clube entre os 12 e os 23 anos é considerado formado por esse mesmo clube. O "mecanismo" ou "contribuição de solidariedade" previsto no artigo 21.º do regulamento estabelece que os clubes formadores recebam uma percentagem de todas as transferências internacionais envolvendo os seus antigos jogadores, até ao final das respectivas carreiras (0,25% da transferência por cada ano de formação entre os 12 e os 15 anos; 0,5% por cada ano dos 16 aos 23)."

Ora foi exactamente entre os 12 e os 23 que Moutinho esteve no Sporting, por isso o clube terá direito aos 5% totais da formação.

luis disse...

Mr. Shankly, é o mesmo blogue que diz que o FCP é um clube corrupto, e se apareceu num blogue...

Tasqueiro Emigrante disse...

luis,

mas isso de dizerem que o FCPorto é um clube corrupto já é normal porque o vosso nivel de inteligência não dá para mais.

essa lenga-lenga já ouvimos há anos e nunca vai acabar porque é sempre a vossa desculpa para o fracasso constante do Benfica.

como vocês diziam a meio desta época..."Os cães ladram e a caravana passa".

zorg disse...

>Dizer q o Rosa não tem qualidade é uma boa desculpa. Assim de repente parece-me q mete um Bruno César no bolso.

Estás redondamente enganado,Pedro. o Miguel Rosa pode meter o Bruno César a anos luz, mas não é com certeza a jogar futebol. Porque a jogar futebol, está a anos luz do Bruno César, do Ola John e do Gaitán, para só referir alguns. E não tem qualidade, porque Deus Nosso Senhor não o abençoou com ela. É tão simples quanto isso. Basta veres 2 ou 3 jogos da equipa B, para perceber que ele tem garra, remata bem e mais nada.

Da mesma forma que o André Gomes e o Diogo Rosado têm qualidade, o Miguel Rosa, o Ivan Cavaleiro, por exemplo, não têm.

>Não tem qualidade pq? Entre gastar 3/4/5 milhões num estrangeiro qqr q rapidamente mostra não ter estaleca para ser titular do SLB prefiro que apostem num Rosa ou num Rosado pq são nossos, jovens e que sabem bem o que clube q representam.

A falta de qualidade do Miguel Rosa não se altera em função do dinheiro que se gaste, ou deixe de se gastar, num jogador estrangeiro.

>Pq raio um Mitrovic que joga não sei onde na Bélgica tem qualidade e um Rosa, estrela da companhia, não tem qualidade?

Eu não sei se o Mitrovic tem qualidade ou não, mas se tiver, eu diria que é pela mesma razão que o David Luiz, que veio de um clube mija na escada qualquer do Brasil, tinha qualidade e o Miguel Vítor, a estrela da companhia da equipa de júniores da altura, não tinha.

A qualidade não é algo que dependa do mérito, do empenho, ou do esforço do jogador. Antes fosse, porque o mundo seria um sítio muito mais justo. Infelizmente, ou se tem, ou não se tem.

>É óbvio que existe um problema por detrás da situação do Rosa e é com muita alegria que o vejo ser emprestado a um clube da primeira divisão caso se confirme que não fica no plantel principal do SLB.

Espero que o Miguel Rosa tenha muito sucesso, excepto contra o Benfica. E espero que ele demonstre que eu estou redondamente enganado em relação à avaliação que faço dele.

>Só espero que ao Rosado dêem oportunidade.

O Rosado tem mais qualidade na unha do pé do que o Miguel Rosa no corpo todo. Já agora, o Rosado está muito longe de ser um "nosso jovem que sabe bem que clube representa". É uma ex-grande promessa da formação do Sporting a quem as coisas não correram bem e que veio para o Benfica tentar relançar a carreira. Por outras palavras, é um mercenário, como qualquer jogador de futebol profissional. Eu não tenho qualquer problema com isso, desde que cumpra os seus deveres e consiga pôr o seu enorme potencial ao serviço do Benfica.

Pedro disse...

O Rosado é um nosso jovem no sentido de ser nosso, de ser jovem e de saber bem o que é o Benfica, mesmo que tenha sido formado noutro clube.

Do que vi do Rosa mete, claramente, o César no bolso. A qualidade não tem a ver com o mérito, claro que sim. Mas não é isso que está em causa. O SLB não se pode dar ao luxo de gastar milhões em jogadores de segunda linha. Uma coisa é comprar um Markovic ou um Djurcevic outra é comprar Bruno César ou Menezes. Para estes últimos a aposta TEM QUE SER dentro de portas, nos nossos jovens, nos jogadores da B. E se na B e/ou nos jovens não há qualidade para serem jogadores de segunda linha do plantel algo está a ser feito de muito errado no departamento de futebol do SLB. Que até nem acho que seja o caso. O dinheiro que se poupa nestas aquisições de segunda linha podem e devem ser canalizados para casos como estes sérvios que empolgam e muito, por exemplo.

O Rosa demonstrou, cabalmente, que merece ser visto com outros olhos.

Peyroteo disse...

É por isso que me faz confusão ouvir notícias de interesses em Carlões e Edinhos para o Sporting, sabendo que temos jogadores com muito mais potencial na equipa B, nomeadamente o Betinho e o Rubio, ambos com muita qualidade e podem trazer muito mais rendimento financeiro no futuro.
Mas parece que, por força das circunstâncias, o Sporting terá de apostar definitivamente nos jogadores da formação.

zorg disse...

O Bruno César e o Menezes são casos muito diferentes. O Bruno César era um jogador com cartel no Brasil, julgo até que já era internacional quando o Benfica o contratou, e que foi uma aposta de baixo risco e elevado preço. Não era uma tentativa de encontrar um talento escondido ao preço da uva. Acho que fez uma primeira época muito positiva de depois perdeu um bocado de fulgor este ano, também em resultado das alterações à forma de jogar do Benfica deste ano.

O Filipe Menezes, sim, era um tipo jovem e a quem reconheceram potencial, que acabou por não resultar. Era uma aposta de risco mais elevado e custo mais reduzido.

Mas eu não sou contra este tipo de negócios. Para que apareça um David Luiz, ou mais recentemente, um Melgarejo, ou até um André Almeida é preciso que também existam Filipes Menezes. Comprar jogadores de qualidade assegurada, quando o risco de serem flops é mais reduzido, sai caro e o Benfica não tem capacidade para competir com os grandes europeus nessa frente. A aposta deve continuar a ser em jogadores jovens, alguns mais baratos e com maior risco associado (como o David Luiz), outros mais caros e com um risco mais reduzido (como o Di Maria).

Em relação à falta de qualidade dos jogadores da B, só podes dar o salto que estás a dar em termos de raciocinio, se admitires que é possível ter uma equipa B integralmente composta de jogadores de elevada qualidade. E eu não sei se isso é assim. Do que vi da equipa B do Sporting, que é a referência nacional em termos de formação, não vejo grandes diferenças. No Sporting B também há 2/3 jogadores que parecem ter potencial para singrar na equipa principal e o resto, ou são late bloomers, ou também vão acabar por nunca chegar a um grande.

Eu diria que o "normal" para uma equipa formadora em Portugal é haver 2/3 jogadores com potencial para singrar em cada ano. Acredito que num país com um número de praticantes muito mais elevado, como o Brasil, por exemplo, seja possível ter mais. Em Portugal, não sei se faz muito sentido concluir que a formação está a funcionar mal, só porque tens "apenas" 2 ou 3 jogadores com poencial na equipa B.

Em relação ao Rosa, acho que não vale a pena insistir. Eu acho que não demonstrou nada, tu achas que sim. Vamos concordar em discordar e ver o que faz na próxima época na primeira divisão.

Pedro disse...

O que eu defendo (e tem que ser mesmo esse o caminho em termos de racionalização de custos) é esses meio termos serem preenchidos por jogadores da B. Senão nem faz sentido existir equipas B. Repara na quantidade de estrangeiros que o SLB contratou para a B e repara que poucos terão possibilidades de entrarem no plantel principal. Lá..está...contratas vários para ver se pega um ou dois. Tudo bem. O investimento até nem é relevante, se calhar. Mas quando tens putos a mostrar serviço (podes não gostar dele mas tens q reconhecer q mostrou serviço) já não faz sentido ires arriscar uma nova contratação para ver o que vale quando tens esses putos à mão.

É claro que um Markovic pode ser um flop mas no papel é um investimento com o objectivo de ser uma imediata mais valia. Faz sentido o risco. Agora quando vais gastar 2/3 milhões num gajo, nos dias de hoje, é para ver se "tens sorte". Prefiro que isso seja feito com a prata da casa e direccionar esses 2/3 milhões para as aquisições de vulto.

Pq, repito, o SLB tem contratado muito para a equipa B. Tem que começar a rentabilizar como, e bem, fez com os Andrés.

Peyroteo disse...

Eu acho que o Miguel Rosa merecia uma oportunidade mas, aos 24 anos, tenho muitas dúvidas que alguma vez seja aposta.
Provavelmente será daqueles jogadores que acaba contrato sem fazer uma época na equipa principal.

LDP disse...

A caravana passa e a seguir à rotunda é sempre em frente até passar pela farmàcia, a seguir girar à esquerda e depois é sò estacionar em frente à casa iluminada.

Conclusao: o youtube é um site benfiquista porque hà là verdades bem audìveis. E o facto de eu relembrar isto sò demonstra o meu limitado nìvel de inteligencia.

zorg disse...

Peyroteo, mas o que é "merecer" uma oportunidade neste contexto?

O talento ou está lá, ou não está.

O Maradona era um calão e um jogador fora de série. O Pringle era um gajo muito trabalhador e esforçado, mas não sabia jogar à bola.

A equipa B serve para separar os Maradonas em potência, dos Pringles, para que os Maradonas possam singrar para a equipa principal e os Pringles possam ir à sua vida.

Infelizmente, não tem nada a ver com esforço, ou mérito. Tem a ver com talento, qualidade, capacidade ou que lhe quiseres chamar. Claro que era melhor se o esforço, o empenho e a dedicação pudessem substituir o talento, mas a realidade é que não podem.

Podemos estar em desacordo em relação à questão do Miguel Rosa ter talento ou não, agora não percebo como é que se pode usar o verbo "merecer", quando a questão da sua presença na equipa principal não tem nada a ver com esforço, empenho, ou dedicação.

luis disse...

Zorg,

"merecer", porque tem talento (sem ser um portento). "Merecer" porque joga e aparentemente faz mais do que os outros. "Merecer" porque somos da opinião que já mostrou ser muito mais do que muitos-que-nunca-vimos-sequer-jogar-mas-que-dão-comissões.

Não é merecer só porque parece o Maniche :D

Peyroteo disse...

É assim, se o Jesus já deu oportunidades ao Miguel Vítor e ao Roderick... Mas admito que para a defesa o Benfica não tem as mesmas soluções que tem no ataque. E se o Jesus não gosta do Nolito, que será um jogador com características semelhantes, é possível que não aprecie o Miguel Rosa.
Mas se o Benfica tem equipa B, não será com o objectivo de aproveitar os jogadores que se destacam?

zorg disse...

O Jesus considera o Roderick um gajo muito talentoso e está farto de o dizer. Eu pessoalmente confesso que ainda não vi nada, mas o Roderick tem sido sempre tratado como um gajo em quem o Benfica aposta muito. Por isso, o Roderick teve oportunidades este ano e julgo que continuará a ter no ano que vem. Gajos que os responsáveis do Benfica consideram talentos, como o Roderick e o André Gomes, têm tido oportunidades, o que deita por terra a teoria da conspiração que justificava a falta de oportunidades do Miguel Rosa, com questões relacionadas com empresários. O problema do Miguel Rosa é que os responsáveis do Benfica não consideram, como eu, que ele tem talento suficiente para singrar na equipa principal.

O Benfica, como o Sporting, o Porto, ou outra equipa grande qualuer, tem equipa B, não para aproveitar os jogadores que se destacam na segunda liga, mas para identificar e fazer crescer os jogadores com talento. Isso é uma diferença substancial.

Marcar muitos golos na segunda divisão não significa que se tenha talento mas serve, naturalmente para um tipo se destacar. E o erro está aí. Todo este bruá em torno do Miguel Rosa só acontece porque ele marcou muitos golos. Se tivesse marcado 1/3 dos golos e tido exactamente a mesma produção em termos de jogo jogado, ninguém se lembraria dele.

No extremo oposto está o Diogo Rosado que, na minha opinião, mostrou muito mais talento na meia época que fez, apesar de só ter marcado 1 ou 2 golos.

Peyroteo disse...

Não, o que parece é que a equipa B do Benfica serve como montra para os excedentários do clube.

luis disse...

Incrível a tua argumentação. Agora o rapaz tem culpa de marcar muitos golos.

Eu gostava mesmo que tu tivesses sempre razão mas, infelizmente, não tens. Esse optimismo não sei onde o vais buscar.

Os responsáveis do Benfica também não admiravam muito o Nolito, tanto que o dispensaram.

E o Nolito é só um dos jogadores mais inteligentes que passou por este Clube. Aliás, Jesus tem uma clara dificuldade em perceber os jogadores que são inteligentes, o Aimar e o Saviola que o digam.

Mas a sério, gosto dessa maneira de ver as coisas: um gajo destaca-se, por bons motivos (futebol=golo), mas isso joga contra ele, porque se não os marcasse, não valia nada, apesar de os marcar, mas nesse caso, não se aplica a lógica contrária: se os marca, é porque faz por isso.

"Munta" bom! :D

Pedro disse...

"o que deita por terra a teoria da conspiração que justificava a falta de oportunidades do Miguel Rosa, com questões relacionadas com empresários"

Deita por terra como???

Se o gajo não joga por questões empresariais é irrelevante se tem talento ou não ou se outros têm tido oportunidades ou não.

Mr. Shankly disse...

"Não é merecer só porque parece o Maniche :D"

Eh pá, tenho direito aos meus momentos de loucura, ou não? Além do mais queimei um fusível nas últimas semanas por razões que até me dói lembrar :)

Além disso, o Maniche quando chegou aos seniores jogava a médio direito, depois a médio esquerdo e só no Porto assentou como "8". E digo assentou porque com um pescoço daqueles o gajo deixou de caber nas laterais.

zorg disse...

Peyroteo, as equipas B acabam sempre por servir também para encaixar os gajos que estão a mais. E concordo contigo: o Miguel Vítor, por exemplo, é um jogador que não tem futuro no Benfica do Jesus e só está na equipa B porque não quis, ou não conseguiu outro clube.

Luis, o rapaz não tem culpa de marcar muitos golos. Marcar muitos golos não tem mal nenhum. O que eu estou a dizer é que o marcar muitos golos, só por si, não é sinal de que tenha as qualidades suficientes para fazer parte do plantel principal. Do meu ponto de vista e tendo em conta os jogos que vi da equipa B (e é evidente que posso estar enganado), o Miguel Rosa não demonstrou ter capacidade para jogar na equipa principal e é essa a razão porque nunca foi chamado.
Em relação ao Nolito, a minha opinião é que também não tem lugar no plantel do Benfica. à sua frente estariam sempre o Ola John e o Gaitán. E aí estou em desacordo com o Jesus, que não pretendia que ele tivesse saido. Julgo que a razão que levou á sua saida terá sido a vontade do próprio jogador que, compreensivelmente, pretendia jogar mais vezes.

Pedro, então a teoria é que o Miguel Rosa não teve oportunidades apesar de ser um jogador talentoso por razões relacionadas com empresários, mas essas mesmas razões já náo se aplicam nos casos do Roderick, do André Gomes, ou do Nélson Oliveira no ano passado. É isso? O empresário é o mesmo nos 3 casos?

Pedro disse...

Que grande confusão. Não há qqr problema com o Roderick, o André Gomes ou com o Nélson.
O problema é com o Rosa (segundo a teoria).

Não percebo o que não percebes nisto.

O Rosa até podia ser o melhor jogador do mundo que por causa destas birras não joga na equipa principal.

zorg disse...

O Maniche sempre foi um gajo com a grande qualidade de decidir rápido e, regra geral, bem. Foi isso que fez dele um bom número 8.

Não sei se o Miguel Rosa possui essa característica, mas o André Gomes, por exemplo, parece-me que sim.

zorg disse...

>Que grande confusão. Não há qqr problema com o Roderick, o André Gomes ou com o Nélson.
O problema é com o Rosa (segundo a teoria).

Certo. Mas, assumindo que a teoria é correcta, porque é que o Benfica não optou por contratar estrangeiros (e beneficiar os respectivos empresários) nos casos do Roderick, do André Gomes e do Nélson Oliveira e só teve essa opção no caso do Miguel Rosa?

Ou, dito de outra forma, se o critério usado para decidir se um jogador jovem deve seguir para o plantel principal é o empresário e não a availação que se faz do seu talento, porque é que o Roderick, o André Gomes e o Nélson tiveram oportunidades e o Miguel Rosa não?

Se a teoria é válida, eu não percebo como é que isto se explica a não ser se os empresários forem diferentes. Por isso é que perguntei se alguém sabia quem eram os empresários.