sexta-feira, fevereiro 24

FCP mais forte

Apesar da eliminação da Liga Europa, mesmo que por número pesados, acredito que o FCP sai mais forte para os dois troféus que restam. Digo-o, obviamente, não comparando com a continuidade na prova, mas sim comparando com a equipa que era antes do jogo com o City.
Faltou apenas uma coisa ao FCP europeu, capacidade de finalização.

Podemos discutir o que quisermos à volta do que o City deixou ou não o FCP jogar, mas é irrefutável que a qualidade de jogo dos azuis e brancos subiu nestes 2 jogos e que, com continuidade e poder de fogo para a baliza, o Porto vai revalidar o título. A entrada dos novos elementos em Janeiro, Lucho e Janko trouxe estabilidade ao 11. O meio campo e o ponta-de-lança ficaram definidos e para a perfeição basta que VP jogue com James e um lateral direito. Não é complicado.

Se a isto aliarmos um abaixamento de forma do principal rival, que vai jogar com enorme pressão nos próximos três jogos, não há razão para não pensarmos que a responsabilidade de ser campeão passa pela afirmação da competência e superioridade deste Porto e não por um deslize do Benfica.

Vamos tratar de limpar o Feirense com classe para a seguir ir de novo à luz buscar o título.

12 comentários:

LC disse...

Poético Gonçalo, muito poético, mas gosto da confiança.

Tasqueiro Emigrante disse...

LC

não estejas tão nervoso...

calma, já pareces o Jorge Jesus nas flash-interview...

relax...o teu querido presidente já se encarregou de nomear o seu tão preciso João "Pode Ser" Ferreira para apitar o Porto.

Hugo disse...

Parece um paradoxo mas depois da goleada de quarta feira tambem fiquei mais confiante. Veremos como regressam os jogadores das seleccoes

Carlos disse...

"Faltou apenas uma coisa ao FCP europeu, capacidade de finalização."

Não compreendo em que medida a falta de capacidade de finalização pode explicar o consentimento de 6 golos no acumulado da eliminatória.

Peyroteo disse...

Pois, eu também acho que faltou ao Porto bem mais do que capacidade de finalização porque mesmo com essa capacidade duvido que metessem 6 golos no City. Os problemas do Porto foram sobretudo defensivos mas não deixo de concordar que o Porto está mais forte. E será ainda mais se fizer do James a sua principal figura.

Gonçalo disse...

Claro que 6 golos são difíceis de explicar, mas se olharmos para a forma como aconteceram é possível fazê-lo sem fatalismos. Basta a defesa ser mais objectiva e pragmática na forma como trata a bola. Não é preciso reestruturar o sector, basta jogar mais seguro e com mais apoio do meio-campo a sair com a bola.

luis disse...

Eu não percebo é uma coisa: quem viu o jogo, sabe que o mesmo acabou com o 2-0.

E a verdade é que sofrer um golo aos 20 segundos e não ir ao fundo, naquele contexto, é o factor para haver muito portista confiante.

Não tenho dúvidas que se fosse o SLB, borravam-se todos.

Concordo com o principal do "post". O FCP apresenta-se mais forte, neste momento.

Tasqueiro Emigrante disse...

Para mim só existe um sector que está a funcionar perfeitamente que é o meio-campo.
Fernando, Lucho e Moutinho fazem do meio-campo do Porto um dos melhores da Europa.

Pedro disse...

Resumindo, já sabem quem vai ser árbitro do SLB-fcp né?

Francis disse...

Eu fiquei impressionado pela quantidade de jogo para a área do MC e ninguém para finalizar. Como é que é possível isto acontecer numa equipa como o FCP ?

Hugo disse...

Erro historico da SAD Francis

Francis disse...

Só pode Hugo, só pode.