quarta-feira, fevereiro 1

Sporting: e a falência técnica!!!

Sairam hoje,pelo menos publicamente, os resultados da auditoria feita ao clube. E sinceramente acho que os resultados não enganam ninguém. O acumular de dèficit´s anuais traduz-se num crescente endividamento que se acentua com o passar dos anos. Quem é que pode ficar surpreendido com isto? Daí á falência técnica será apenas um passo.

O que me preocupa nem é tanto essa falência técnica. Inocente será aquele que acreditará que o seu clube está melhor ou nem sofre deste problema.

O que a mim me preocupa é a forma que se propõe para sair daí. Antes, mal ou bem, havia uma formula que se propunha para resolver este problema: Reduzir os custos com o pessoal e apostar forte na formação! Com a saida de Paulo Bento e com a entrada de Bettencourt tudo mudou. E depois de dois anos de desorientação, entrou Godinho Lopes com promessas e fundos para cedo por o Sporting a ganhar.

No entanto, aquilo que vai por o Sporting a ganhar será a capacidade de investir na equipa ano após ano. Algo que Porto e Benfica fizeram e fazem, e que o Sporting apenas este ano resolveu fazer. Ora se não geramos recursos, mais valias e continuamos a endividar-nos, entramos num ciclo vicioso que nos vai fazer estar mais longe das vitórias.

Para este ano é garantir a Champions sim ou sim, e ganhar a Taça.Mas para os próximos será preciso mais que isso.O campeonato sim, a Champions de certeza mas o mais importante para a sobrevivência do clube é regularmente vender por mais valor daquilo que se compra.

Só assim o Sporting conseguirá sobreviver.....e ganhar!!!

46 comentários:

luis disse...

É difícil compreender como se gastam 30 Milhões e os resultados são tão miseráveis.

"mas o mais importante para a sobrevivência do clube é regularmente vender por mais valor daquilo que se compra."

Mas não é o que todos fazem (ou deviam) fazer?

Tasqueiro Emigrante disse...

Eu sinceramente não percebo estas auditorias...

Se o Benfica era o que tinha mais dividas (+ de 300 milhões) como é que o Sporting está em falência e os outros não?

ana disse...

Porque no benfica e no porto não se fazem auditorias e não vem para a praça pública o que se passa lá dentro. O Sportings é que teima na virtude de querer tudo transparente... demais. E depois é discutido, criticado, aconselhado... ensaboado por tudo o que é jornal, tv ou rádio deste país. O rui gel santos já tem tema para o tempo extra(perdido) de domingo. A perder!

J. disse...

Assim, que me lembro apenas o Braga faz isso sistematicamente.
O Porto também era um case study impar a nivel europeu, mas acho que nestes dois ultimos anos contrariou um pouco essa tendência.
Todos os outros acho que compram muito mais daquilo que vendem.

"É difícil compreender como se gastam 30 Milhões e os resultados são tão miseráveis."

E os resultados vêm-se no final da época, não é agora!!!

LDP disse...

"Inocente será aquele que acreditará que o seu clube está melhor ou nem sofre deste problema."

Estàs a referir-te ao Benfica?

J. disse...

Por acaso até estava mais a pensar no caso do Porto e as suas dificuldades de tesouraria em pagar determinados reforços.
Mas mesmo no Benfica, LFV já veio a público dizer que nos próximos anos haverá que apertar o cinto.

Poucos, tirando os clubes financiandos pelas Árabias, podem gozar de ter uma boa situação financeira.

Pedro disse...

"Inocente será aquele que acreditará que o seu clube está melhor ou nem sofre deste problema. "

Não há vez em que se fale das contas do Sporting que não apareça este tipo de frase comparativa. J., acredita que um dos problemas é este mesmo, a crença que os outros estão iguais (ou piores). Mesmo que seja verdade em que tal atenua o problema do Sporting?

Ana, no SLB há auditorias e são todas públicas. Com a CMVM ao barulho já não há nem pode haver secretismo sobre este assunto. A grande diferença entre os três grandes é que o SLB apresenta contas consolidadas enquanto os outros não.

LMGM disse...

Luis, quantas dream team fez o teu clube até se reabilitar? Se não gostares do termo dream team podes usar maquinões.

O Sporting terá de criar uma equipa competitiva, seja lá por que valor for. Depois de ter esse activo tem de o saber gerir, ou seja, não ter medo de vender as estrelas que estejam valorizadas e antecipar a sua substituição para a equipa nunca perder competitividade.

Se o conseguir fazer tem futuro, se não conseguir... extingue-se.

luis disse...

O SLB tem tido boas vendas nos últimos anos.

Pelo que sei, nos últimos 4 anos, o SLB investiu cerca de 150M€ e vendeu cerca de 125M€.

J., os resultados até agora têm sido muito maus, especialmente porque parece que as coisas não estão a evoluir.

luis disse...

E temos no plantel actual jogadores que podem, facilmente, gerar receitas superiores a 25M€.

J. disse...

Que arrogância!
Não há noticia onde não aparecem os mesmos, a apregoar que são diferentes e que ando para aqui a falar do Benfica.
Neste post, não falo por nenhuma vez no Benfica e apenas digo que inocente será aquele que pensar que o seu clube será diferente.
E quando o digo é por haver estudos por essa europa fora que na generalidade os clube acumulam um deficit de milhões. E muitas vezes clubes de sucesso, como Manchester United ou Real Madrid.

Mas não, o que eu estava a falar era do Benfica.

Joao disse...

O futebol não foge à regra. Não há dinheiro...

Continuo é a não perceber esta fuga para a frente dos clubes de futebol.

LDP disse...

Portanto, a receita que o J. dà para o sporting se levantar (Champions e vendas com lucro acentuado) servem sò para o sporting? é isso J.?

Porque se olharmos para a ultimas participaçoes do Benfica na europa, as vendas de Ramires, Di Maria, Luiz, Coentrao e, nao uma Taça mas um campeonato hà menos de dois anos, a sua conclusao é "Inocente será aquele que acreditará que o seu clube está melhor ou nem sofre deste problema."

Nao hà aqui um qualquer paradoxo no raciocinio, J?

Filipe disse...

Benfica e Porto SADs tinham, pelo menos até há pouco tempo, activos ligeiramente superiores ao passivo, embora ambos muito próximos da falência técnica. A Sporting SAD já passou disso há muito tempo, o capital próprio (passivos - activos) é de 183 milhões de euros negativos, a acreditar nos jornais.

Resta ao Sporting abrir falência e pedir protecção contra credores. O clube é inviável.

J. disse...

Desisto, era um post sobre o Sporting, mas vai-se lá saber porquê só se fala sobre o Benfica.

LDP disse...

"Mas mesmo no Benfica, LFV já veio a público dizer que nos próximos anos haverá que apertar o cinto."

Portanto um presidente que sobriamente anuncia cortes antes que aconteça uma catàstrofe...como em alvalade...para ti é entendido como o presidente de um clube com problemas. Nao um presidente que pretende acautelar o futuro do seu clube.

LDP disse...

J., eu perguntei-te como primeira coisa se estavas a incluir o Benfica no lote de equipas com adeptos inocentes financeiramente. Tu vieste dizer que "Mas mesmo no Benfica..."

Se no Benfica temos um presidente que, ao menos financeiramente, anuncia cortes para evitar catàstrofes (como em alvalade) sò se pode considerar um acto de boa gestao. Ou nao?

PS: jà agora, a tal lista com erros e beneficios para ambos os grandes mais o sporting, sai ou nao sai? Corres o risco de continuar a parecer mentiroso, jà sabes...

J. disse...

Rapazes,pronto, amanhã falamos sobre o Benfica.
Pode ser?
Deixem hoje os coitados aqui da segunda circular lamentar-se entre si.
Pode ser?

Vou pegar nos ultimos resultados do Benfica e fazer a difença com o meu clube.
Pode ser ou não?
:-)

Muito Obrigado!!!

LDP disse...

Aproveita bem o tempo livre.

luis disse...

http://comunidade.xl.pt/Record/blogs/mercadoaberto/archive/2011/11/26/o-mercado-de-benfica-e-sporting-nos-250-ltimos-10-anos.aspx

LMGM: um quadro das transferências nos últimos 10 anos, SLB e SCP.

Peyroteo disse...

Luís, quem é que vendes por 25 milhões ou mais agora? O único que pode atingir esses valores é o Gaitán, mas não se continuar a jogar o que tem jogado esta época.

LDP disse...

E quem disse que o Benfica quer vender neste momento, Peyroteo?

Uns querem renascer das cinzas. Outros, que jà passaram essa fase, querem agora, talvez, implementar e cimentar um outro tipo de estatuto. A nivel interno de certeza, e muito possivelmente a nivel da Uefa. If you know what I mean.

LMGM disse...

Luis, entre os dois campeonatos que o Benfica venceu (04/05 e 09/10) o Benfica investiu em média 22 milhões de euros. O Sporting só neste ano se aproxima desses valores, tendo nesse mesmo intervalo um valor médio de investimento de 8,7 milhões e teve diversas vezes uma classificação melhor que vocês.

Nos últimos 5 anos a vossa média de investimento sobe para 31,62 milhões, a nossa é de 15,54.

Resumindo, vocês em dez anos investiram mais 90,9 milhões que nós e receberam mais 126 milhões.

O Sporting, apenas este ano inverteu esta tendência e faz um investimento similar à vossa média dos últimos 5 anos.

Será que nos é permitido um pouco mais de tempo para aferir se há um desastre de investimento ou não?

Se há alguém que pode responder à tua questão "É difícil compreender como se gastam 30 Milhões e os resultados são tão miseráveis.", são os benfiquistas dado que o fizeram durante 5 anos seguidos e para já só venceram 1 campeonato.

Se o Sporting conseguir manter este nivel de investimento nas próximas 4 épocas e não vencer nenhum campeonato terá feito pior figura. Até lá vamos dar tempo ao tempo.

LMGM disse...

Já agora no cálculo dos activos, quanto vale p.ex. Rui Patricio ou qualquer jogador vindo da formação e quem determina esse valor?

Olha ainda agora vendemos um puto dos juniores por 1 milhão. Estava avaliado em quanto no cálculo do activo do Sporting?

J. disse...

O problema LMGM, e centrado-se agora apenas no Sporting ( se nos deixarem, está claro) é que o SPorting vai apostar contra-ciclo e certamente hoje em dia não vai encontrar as mesmas possibilidades de financiamento ( e as mesmas condições) que outros encontraram noutras alturas.

Logo, não podemos tentar seguir a mesma fórmula de outros, pq pura e simplesmente não há essa possibilidade.

O Sporting quando a mim tem que começar a vender já, e ir buscar jogadores para valorizar depois.

Olha um exemplo teria sido a venda de João Pereira neste mercado de inverno e termos ido buscar o Cedric por exemplo, que tem dado boa figura de si nos jogos da Académica.

Miguel disse...

Bom post.

No Sporting inverteu-se a estratégia e, como diz e bem o LMGM, o clube ou consegue ter resultados ou vai extinguir-se. Não é alarmismo, é a realidade.

Na verdade, nem será o clube a desaparecer, será a SAD. O clube esse nunca se extinguirá enquanto houver sportinguistas. Mas no limite, teremos de recomeçar dos distritais. Se alguns estiverem já a duvidar de incredulidade, não duvidem que é um cenário que não sendo muito provável, é possível se, de facto, não aparecerem os resultados financeiros (que vêm a reboque dos desportivos).

Ninguém consegue viver para sempre a acumular prejuízos. Em ultima análise nem sequer os Estados (Países) o conseguem, como agora está bem na cara de toda a gente.

O Benfica (porque veio à baila) tem exactamente a mesma receita que o Sporting. Por muito que a "marca" valha mais, que até vale, terá as mesmas dificuldades se ficar 2 ou 3 anos fora da Champions. Baixar a folha de custos pode não ser solução eficaz como o Sporting provou de 2004 em diante. Se aquele campeonato de 2006 tivesse caído para o nosso lado (ficámos a 1 ponto) talvez hoje nos pudéssemos orgulhar de ter seguido a estratégia correcta...

Miguel disse...

Bom post.

No Sporting inverteu-se a estratégia e, como diz e bem o LMGM, o clube ou consegue ter resultados ou vai extinguir-se. Não é alarmismo, é a realidade.

Na verdade, nem será o clube a desaparecer, será a SAD. O clube esse nunca se extinguirá enquanto houver sportinguistas. Mas no limite, teremos de recomeçar dos distritais. Se alguns estiverem já a duvidar de incredulidade, não duvidem que é um cenário que não sendo muito provável, é possível se, de facto, não aparecerem os resultados financeiros (que vêm a reboque dos desportivos).

Ninguém consegue viver para sempre a acumular prejuízos. Em ultima análise nem sequer os Estados (Países) o conseguem, como agora está bem na cara de toda a gente.

O Benfica (porque veio à baila) tem exactamente a mesma receita que o Sporting. Por muito que a "marca" valha mais, que até vale, terá as mesmas dificuldades se ficar 2 ou 3 anos fora da Champions. Baixar a folha de custos pode não ser solução eficaz como o Sporting provou de 2004 em diante. Se aquele campeonato de 2006 tivesse caído para o nosso lado (ficámos a 1 ponto) talvez hoje nos pudéssemos orgulhar de ter seguido a estratégia correcta...

luis disse...

LMGM,

Se não queres perceber, não posso fazer nada.

Peyroteo, eu escrevi "E temos no plantel actual jogadores que podem, facilmente, gerar receitas superiores a 25M€.". Não disse que apenas um poderia render isso.

Temos Gaitán, Rodrigo, Witsel, Garay, Maxi, Artur, Luisão, Cardozo, Saviola, Javi. Tudo jogadores de topo mundial. Topo. Não é refugo. Se não vês aqui 25M paciência.

Mas de resto, penso que o SLB nem sequer tem necessidade de vender, e isso é o melhor que podemos ter (enquanto adeptos, gostamos que os melhores fiquem por cá).

Miguel disse...

luis, o que é que o lmgm não percebeu? Eu li agora o comentário e está acertadíssimo!

O que os benfiquistas (e generalizo como se este tipo de decisões tivessem origem nos adeptos... mas pronto, tudo o que mete bola é assim) podem apregoar é que os seus dirigentes foram mais rápidos a imitar o FC Porto na sua estratégia de despesismo calculado do que o Sporting. E, honra seja feita, ganharam o título de 2009-10 depois de 4 anos a largar a nota.

Verifiquem o que dizia Domingos Oliveira no Verão de 2009 (portanto, antes da conquista desse campeonato).

LMGM disse...

João, mas acho que é isso que vai acontecer no defeso, João Pereira e Rui Patricio serão bons exemplos de activos a alienar após o euro.

O erro que fizemos antes foi não ter vendido em alta jogadores como Jardel, Liedson, D'jálo, Moutinho, Veloso, etc., acabando por vender em necessidade.

Se invertermos essa tendência e não tivermos receio de ver sair Schaars ou Ricky, caso exista uma boa proposta (e tivermos substituto barato à altura) podemos equilibrar a balança.

Depois, já nenhum clube gasta todo o dinheiro nas aquisições (nem o recebe) podemos fazer um investimento na equipa de 30 milhões e só pagar realmente um valor inferior.

luis disse...

"E, honra seja feita, ganharam o título de 2009-10 depois de 4 anos a largar a nota."

O teu argumento é falacioso e assim como o LMGM também não queres perceber.

Até à época de campeão há dois anos, o SLB investiu muito pouco mais do que vendeu. Muito pouco mais, não fiz as contas mas pela tabela que apresentei no link isso é óbvio.

Essa coisa de investimentos em "super equipas" e de "largar a nota" é boa mas é para malta que só vê para um lado.

LMGM disse...

Luis o teu óbvio é o seguinte, no intervalo entre os dois campeonatos o Benfica vendeu em média 17,04 milhões e comprou em média 22,62, teve uma diferença negativa média de 5,58 milhões.

O Sporting em idêntico periodo teve uma diferença positiva média de 0,48 milhões... comprou 8,78 milhões e vendeu 9,26.

A tabela que tu apresentas só me demonstra que não é por eu investir 30 milhões num ano que vou ter resultados. Para o conseguir tenho de manter esse investimento durante vários anos, aliás tenho que manter um investimento similar à minha concorrência seja lá o valor que for, não posso querer resultados desportivos constantes se invisto em média menos de metade da minha concorrência.

Agora podes perceber aquilo que quiseres.

Miguel disse...

luis,

Custos com pessoal reportados pelo SLB:

2009-10: 38.263
2008-09: 37.129
2007-08: 27.215
2006-07: 25.976

O investimento vê-se também na folha salarial.

luis disse...

Miguel, agora que já baralhaste tudo (falávamos do investimento em contratações no sentido em que está na tabela que mostrei), termina. Já agora, apresenta aí os das receitas, também. É mais justo, digo eu.

LMGM, vamos lá ver uma coisa, quem anda constamente a apregoar que não há dinheiro, são os dirigentes do SCP, desde há 20 anos.

Quem, aqui mesmo, no Sector, defendeu que a formação era o melhor e único caminho para o SCP, foram sportinguistas.

Agora acham que o caminho é a fuga para a frente (ou pelo menos não se importam). Por mim tudo bem.

J. disse...

Luis, leste o post?

luis disse...

Li, daí ter-te perguntado "Mas não é o que todos fazem (ou deviam) fazer?" em relação à tua frase:"mas o mais importante para a sobrevivência do clube é regularmente vender por mais valor daquilo que se compra."

E tu respondeste-me assim: "Assim, que me lembro apenas o Braga faz isso sistematicamente.

Todos os outros acho que compram muito mais daquilo que vendem."

Foi esta ideia que quis desmistificar. Já agora, leste os meus comentários?

luis disse...

O SLB não compra muito mais do que vende, caso não tenhas percebido.

Pedro disse...

"O Benfica (porque veio à baila) tem exactamente a mesma receita que o Sporting"

Em que sentido?

Pulha Garcia disse...

"O que me preocupa nem é tanto essa falência técnica." Eu se fosse do Sporting ficava preocupado.

Primeiro porque nenhuma organização pode viver acima das suas capacidades e cada vez mais a questão do Sporting, ao invés do que sugere o palavreado do seu presidente, é uma questão de sobrevivência. E em segundo lugar, o Sporting tem muito mais a temer em termos financeiros do que FCP e sobretudo SLB: basta atentar na capacidade de gerar receitas do SLB (um gigante por comparação ao SCP) ou a frequência com que o FCP chega aos títulos.

Não tendo o SCP coragem para corromper árbitros e viciar resultados (apesar de manter uma certa "colaboração" com o FCP) e não tendo a capacidade de atrair multidões para comprar bilhetes e camisolas, o ÚNICO caminho do Sporting é reduzir custos e apostar na formação (ao contrário do caminho apontado por Godinho Lopes que até já veio a público em entrevista ao Expresso admitir expressamente a hipótes do capital da SAD passar maioritariamente para mãos de terceiros).

Sporting que futuro?

luis disse...

"O Benfica (porque veio à baila) tem exactamente a mesma receita que o Sporting"

Em que sentido?"

Também não percebi.

Pulha, não me admirava nada que chegasse ao SCP um investimento estrangeiro que passasse a controlar maioritariamente o capital da SAD. Nos tempos que correm, quem se importaria?

Isto é como a conversa dos fundos: quando não tinham, desdenharam, depois passaram a ter, e até já é fixe.

J. disse...

Que grande ressabiado!
Incrivel como não consegues fazer um post sempre contra algo ou alguém.
Minha nossa!

Mike Portugal disse...

luis,

"É difícil compreender como se gastam 30 Milhões e os resultados são tão miseráveis."

Isso é que é memoria curta, hein.
Sabes durante quantos anos o teu clube gastou 30 ou mais para ficar atrás do SCP ?

Miguel disse...

Pedro, luis, a receita é a mesma que para o Sporting, ou seja, o caminho é o mesmo: sucesso desportivo a ser a alavanca do sucesso financeiro.

Luis, o investimento numa equipa vê-se não só no montante gasto em aquisições, como também no custo mensal / anual dessas contratações. Os números do SLB mostram bem a aposta forte que foi feita na equipa e que só teve frutos ao fim de 4 anos...

btw, não se pense que o SLB já saiu do sufoco financeiro apenas porque ganhou o campeonato. Basta ver o ultimo R&C publicado.

luis disse...

Mike, é praí a enésima vez que o escrevo isto neste blogue: lá porque eu critico um clube (neste caso o SCP, ou a sua gestão) não quer dizer que outros (incluíndo o meu, o SLB) não sejam ou não possam ser também alvo de críticas.

Ou tu julgas que eu, por ser o SLB a gastar os 30M e a ter resultados de merda, não acharia o mesmo?

Epá, bem sei que podes não conhecer-me aos anos que aqui escrevo, mas sempre fui crítico de muitas políticas de gestão do meu clube, por isso, escusas de vir com ensinamentos e moralismos.

Estamos a discutir o investimento que foi feito, quase sem rede, do SCP. Sem retorno desportivo algum, até ao momento.

Não entendo o que é que dizer "É difícil compreender como se gastam 30 Milhões e os resultados são tão miseráveis." tem a ver com memória curta, rapaz.

De resto, fiquei sem resposta do J. que insinuou que clubes como o SLB compravam muito mais do que vendiam, o que não é verdade. Mas o rapaz tem dificuldades em ouvir algumas verdades e depois é a habitual (e hilariante) fuga para a frente.

luis disse...

"Pedro, luis, a receita é a mesma que para o Sporting, ou seja, o caminho é o mesmo: sucesso desportivo a ser a alavanca do sucesso financeiro."

Já percebi, tinha entendido outra coisa.

"btw, não se pense que o SLB já saiu do sufoco financeiro apenas porque ganhou o campeonato. Basta ver o ultimo R&C publicado."

Exacto. Mas houve uma recuperação financeira do clube (especialmente na relação com a banca e outros investidores) que permitem uma almofada muito maior. O SLB, há uns 10 anos, passou pela mesma "falência técnica".

@oel@ disse...

"É difícil compreender como se gastam 30 Milhões e os resultados são tão miseráveis."

citando a tua frase e o teu link.

Não achas que é difícil perceber que o teu clube que gastou quase o dobro do Sporting em 10 anos tenho ganho +/- o mesmo numero de títulos que o Sporting?