quarta-feira, maio 2

Adeus Luís Filipe Vieira.

Não têm sido fáceis os últimos tempos para os adeptos do SLB. Pontos perdidos em catadupa, arbitragens escandalosamente prejudiciais ao clube, contestação, o adeus à Liga dos Campeões com um sabor amargo, o adeus ao título para os mesmos de sempre. Tudo isto em poucas semanas, numa espécie de acidente de viação em câmara lenta.

A história repete-se e mesmo um FCP fraquinho foi campeão. Como foi isto possível? Com as habituais ajudas dos homens do apito, a equipa de Vítor Pereira aguentou o barco e beneficiou do descalabro do SLB. De Coimbra até ao Arcos, assistimos a decisões macabras que custaram muitos pontos aos “encarnados”.

Perante tal cenário, apareceu Luís Filipe Vieira (LFV), ainda que disfarçadamente, a protestar, logo após o jogo com o FCP. E depois, eclipsou-se, outra vez. Os benfiquistas, felizmente, parecem estar atentos ao presidente que têm em casa. Que não aparece. Que não assume as culpas. Que faz promessas vãs. Que contrata jogadores como quem come pevides. Que está sempre no estrangeiro.

Antes de Jesus, convém falarmos de LFV. É ele o principal culpado. É ele que nunca aparece a defender a equipa, os jogadores, os técnicos, os benfiquistas. O Benfica. Está-se, pura e simplesmente, a cagar para o Clube.

Sou contra a continuidade Jesus. Errou em demasia e continuo a pensar que alguns desses erros foram tudo menos inocentes. A insistência em Emerson, a constante fragilidade com que montava o meio-campo, a ostracização de Saviola e Cap, a aposta inócua em Aimar como segundo ponta-de-lança, a má gestão de alguns jogadores, o discurso do “plantel mais equilibrado” e do “estamos muito fortes”, o abraço a Pinto da Costa, a falta de humildade, o Roberto, o David Luiz a lateral esquerdo em jogos importantes, a soberba, o desplante, a apatia nas derrotas, contrabalançada com a excitação das vitórias. Não posso com a figura já.

O tempo de Jesus acabou. Penso até que os jogadores só esperam poder vê-lo pelas costas. Mas o tempo das derrotas não vai acabar com a saída de Jesus. Enquanto LFV continuar a liderar o clube, não vamos sair da cepa torta.

O SLB precisa de liderança forte, de alguém que sinta o clube e que, ao mesmo tempo, queira elevá-lo, servi-lo. Estou farto desta personagem cobarde, ladeada por gente sem princípios, sem cultura desportiva e que só diminui o Clube.

Por isso, antes de ser contra a continuidade de Jesus, sou contra a continuidade de LFV. Até chegar o dia do adeus deste presidente não vale a pena insistir porque tudo vai continuar na mesma. E a próxima derrota é já ali, ao virar da esquina.

15 comentários:

Gein disse...

Curiosamente, a equipa de futebol começou a vir por aí abaixo quando LFV decidiu aparecer. Depois de meses calado, quando a equipa consegue vantagem no campeonato, lá apareceu o presidente na TV em grande entrevista.

Concordo que deve sair (já não levou o meu voto nas últimas eleições mas na altura por razões diferentes: a golpada) mas não partilho do teu optimismo acerca dos benfiquistas parecerem estar atentos. Há uma diferença do noite para o dia entre uma minoria que faz ruído, e a maioria que aparece a votar.

@oel@ disse...

10 anos com lfv e os adeptos estão atentos?

luis disse...

Do que tenho lido e ouvido, parece-me que o tema principal é mesmo o de "LFV".

Claro que pode não ser representativo.

Pedro disse...

Luis, quem está atento são os q sempre apontaram o dedo a Vieira. Claro que com tamanho insucesso aparecem mais algumas vozes mas ainda há muitos que o defendem. Ele tem boa imprensa pelo que não cai com facilidade.

Jesus é para sair, claro que sim. Mas nunca sozinho, Vieira tem de ir com ele.

luis disse...

Esse é o maior objectivo: Jesus sair mas com Vieira. Para lá ficar LFV mais vale manter o Jesus.

E aliás, até admitiria a continuidade de Jesus caso LFV se fosse embora.

LMGM disse...

E quem é que propunhas para gerir os interesses do Vieira na Benfica SAD?

Jorge Borges disse...

Concordo com o post, excepto no que toca ao treinador.
De facto JJ teve erros, alguns graves, mas continuo a achar que o cerne do problema é o presidente.
Mudar o técnico e manter o presidente é dizer o mesmo daqui por 2 anos.
O mal, o cancro do Benfica é o LFV. Não fez tudo mal, também pudera. Mas acabou o tempo dele. E temo que o pior para os benfiquistas ainda esteja para vir. Se ele sair e houver uma auditoria às contas até tenho medo do resultado. Ganhou-se muito dinheiro mas torrou-se, creio eu, muito mais.
Sou adepto da solução: saída do presidente, e se o plantel já não tm ligação com o treinador, substitui-lo.

É preciso ter atenção aos abutres que sempre aparecem nests alturas, tipo António Fugueiredo (alguém se lembra do que ele fez no Benfica???) ou mesmo Bruno Carvalho. Tirar o LFV e entregar a estes, mais vale ficar quem está. Seara? é muito mole, a não ser que tenha alguém duro junto ao plantel (coisa que o Carraça não é). Eduardo Moniz? está disponível?
Veiga? nem pensar!!
O Mário Dias?
Bagão Félix?

Não sei se o plantel está assim tão contra o JJ. Há jogadores que trabalharam com ele que não se cansam de o elogiar. E não são poucos. Alguma coisa boa há-de ter e não deve ser aquele traste para os jogadores que muitos pintam.

Se é para saír, o meu eleito é o Paulo Bento.

Tasqueiro Emigrante disse...

luis

A razão do Vieira estar ausente prende-se com o facto de ter mais interesse nos negócios dele do que no Benfica.

Não é o benfica que lhe dá os milhões mas sim os negócios.
Daí dar-se tão bem com o Presidente do Braga (os dois têm negócios no ramo da hotelaria).

O Benfica tem um presidente ausente...o Porto não!

Riga/V-1-Boy disse...

o problema é que com a engenhoca que ele arranjou nos estatutos, dificilmente alguem o tira de lá

é que agora ninguem com menos de 43 anos de idade pode ser candidato ou tar nas listas,( a tal historia dos 25 anos ineterruptos de socio para candidaturas ou tar nas listas)

foi a engenhoca que ele arranjou para evitar primeiro que o bruno carvaho fosse credivel e depois que Moniz, ou o veiga se pudesse candidatar( pelos vistos não tinham os 25 anos de socio, até correu a historia na altura que o moniz tinha ido pagar nao sei quantos anos de quotas em atraso para se poder candidatar)

Carlos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Allez Sporting disse...

"Com as habituais ajudas dos homens do apito," LOL
e como é que o benfica chegou a esta jornada ainda com aspirações de lutar pelo título ? foi com a ajuda de quem ?
até tinham uma equipa preparada para desistir do campeonato...

Tasqueiro Emigrante disse...

Borlas para os sócios no sábado.

loool

Há que dar graxa agora que não vão ganhar nada.

cc disse...

Bom, cá vai um comentário miseravel:
-Presumo que não será dificil arranjar alguem sócio do benfica na blogosfera, pelo menos é o que parece, que preencha os requisitos para apresentar-se como candidato. (Eu portista de coração voto no Ricardo do "Ontem vi-te..."). E pelo que leio, basta que o programa apenas prometa alterar os estatutos no que aos pressupostos para ser candidato neste momento diz respeito. Isso e na sequência agendar novas eleições com possibilidade de socios com valor, ideias e poder terem a justa oportunidade de se candidatar....
Tipo isto: Eu se ganhar, prometo marcar uma AG para alterar os estatutos, e, na mesma, marcar novas eleições.
Ganha de goleada, digo eu. Tipo pingo doce.

Antonio Silva disse...

A eterna desculpa da arbitragem. Enfim, como se isso não fosse genético num benfiquista. Aos anos que ouço a mesma léria. Já em 1988, quando o Porto foi campeão com 15 pontos de vantagem no tempo dos 2 pontos por vitória diziam o mesmo.

Se mesmo num campeonato (época passada) onde foram enrabamos a sangue frio uma série de vezes, onde acabamos com 23 pontos de vantagem, ganhamos tudo fora a taça da cerveja e fomos principes na Europa (rei foi o barcelona), mesmo num campeonato desses eles dizem que foi por causa dos árbitros.

Não há cura nem há paciência.

JL Martins disse...

No meio disto tudo sou só eu que acha estranho o silêncio ensurdecedor de Rui Costa?

Aliás, estivesse ele mais preocupado com o Benfica do que com a conta bancária (dizem que recebe mais que alguns jogadores...) e quando o Vieira o remeteu para a condição de "boneco amestrado" tinha batido, logo ali, com a porta.

E agora apareceria como alternativa viável a Vieira - ele pagou as cotas, não pagou? Not.