quarta-feira, maio 16

O SLB, hoje.

O SLB actual está dividido e facilmente se constata que existem três vagas de opinião: os pró-Vieira, os anti-Vieira e os “estou-me a cagar”. Obviamente, é entre as duas primeiras que a discussão aquece.

Entre modelos de gestão, milagres financeiros, valor da marca, fundos, jogadores emprestados, estádio e academia, tudo serve para argumentar e contra-argumentar.

A minha posição em relação a Vieira é, desde sempre, a mesma. Não que isso me confira maior coerência (mudar de opinião é normal, dentro de determinados contextos), claro. Mas como nunca gostei da peça, não seriam 10 anos de equívocos, promessas vãs, discursos patetas e muito poucos títulos que iriam alterar a minha forma de pensar.

Mas como estamos fartos de discutir as “vieirices”, foquemo-nos numa outra área desta direcção. A própria direcção.

Nomes como João Gabriel, Gomes da Silva e, mais recentemente, Carraça e Manuel Sérgio, poderiam ser consensuais entre os benfiquistas. Mas, sabe-se lá porquê, todos eles pautam a sua actividade por uma profunda e óbvia incompetência. Vamos por partes.

A comunicação do SLB melhorou bastante, é um facto. Há um discurso que, em certa medida, galvaniza, motiva as hostes e as ferramentas (site, loja, TV, por exemplo) que os sócios e adeptos têm à sua disposição fazem com que seja possível viverem a vida do clube a um ritmo diário.

Contudo, e com a evolução toda que houve no mundo da comunicação na última década, seria extraordinário apenas não ter o SLB o que tem hoje, neste capítulo.

E é nos momentos de crise que se aquilatam, verdadeiramente, as qualidades do departamento em causa. Que são nulas. Nunca a comunicação do clube foi capaz de lidar com episódios menos bons de forma eficaz.

Recordo-me, à cabeça, daquele momento da vitória da Taça da Liga, em que João Gabriel fez uma triste figura, argumentando cheio de arrogância bacoca, e uma falta de humildade gritante. Havia mil e uma maneiras de festejar aquele título. O João Gabriel escolheu a pior, e que em nada representou aquilo que é ser SLB. Muitos benfiquistas ficaram envergonhados com aquilo.

Outros (muitos) exemplos houve, iguais, onde a sobranceira, a inexactidão, o desprezo e a falta de bom senso imperou. Poucas vezes os valores do SLB foram dignificados nas intervenções deste senhor.

Gomes da Silva é um caso estranho: aparece assim do nada e está aí, para ficar. Do pouco que conheço da figura, tem aquele típico discurso de quem adora falar, sem nada dizer. Faz uma defesa fraca do clube, é incoerente e acaba por expor o clube a tristes figuras, com aquele discurso facciosamente desmedido e doentio. O pior é que é frequentemente visto nos órgãos de comunicação social, com graves consequências para o próprio clube.

Relembro uma opinião de Gomes da Silva, após o jogo da Supertaça contra o FCP, em 2010: “A Supertaça não interessava em nada ao Benfica". Além de mentiroso, é estúpido. Acho que isto chega.

Carraça: [Figurado] Pessoa pegadiça, insuportável. Está apresentado, mas disso não tem o próprio culpa. O entra-sai não o favoreceu mas, apesar disso, ninguém sabe muito bem o que faz este senhor na estrutura do clube. Quem é o Carraça no futebol de campo e porque está ele no SLB? Perguntas sem resposta.

A entrevista que deu na semana passada meteu dó e, diz-se, manda mais do que Rui Costa, o que não deixa de ser fantástico.

Mesmo assim, não foi tão ridícula, a entrevista, como a dada por Manuel Sérgio, pseudo-filósofo que, dizem, chegou ao SLB para “limar” as competências sociais de Jesus, de quem é grande amigo.

Depois de ter desmentido o teor da entrevista publicada pelo site ZeroZero (onde referia que Jesus já devia ter novo clube), Manuel Sérgio foi confrontado com a sua gravação. E o que fez o filósofo? Basou. Discretamente, por debaixo da mesa. Sem um pingo de dignidade, de honra, de nada. De joelhos, este senhor é pago pelo clube sem que se perceba o que anda por lá a fazer. Competências sociais? Posso rir muito, agora?

Há muitos anos atrás, recém-eleito deputado pelo PSN (partido dos reformados), Sérgio cedeu à tentação quando um imitador da voz de Cavaco Silva (então 1º ministro) lhe telefonou (numa reportagem do Tal&Qual) a oferecer um tacho no partido social democrata. Convite que foi de imediato aceite. Se na altura esta história surpreendeu muita gente, na medida em que Manuel Sérgio sempre se mostrara muito “independente”, hoje, só surpreenderá os mais distraídos.

Para finalizar, o pior que podia acontecer ao SLB, é o que está, precisamente, a acontecer: a centralização do poder numa só pessoa. Actualmente, não se discute o SLB, discute-se o Vieira. E é assim que anda acompanhado.

Mas enfim. O SLB, de hoje, é isto. Porque títulos, nem vê-los.

14 comentários:

Mr. Shankly disse...

2O SLB actual está dividido e facilmente se constata que existem três vagas de opinião: os pró-Vieira, os anti-Vieira e os “estou-me a cagar”. "

Existe pelo menos mais uma. Eu não me revejo em nenhuma delas. Não sou por Vieira, não sou contra Vieira, e definitivamente não me estou a cagar.

luis disse...

Até podem existir dezenas Mr. Shankly. Quando as vir por aí, refiro-as.

Até agora, é o que temos. A tua opinião não é uma "vaga" :).

LMGM disse...

Será que o Seara comenta no Sector com pseudónimo... :))))

Pedro disse...

Excelente post Luis e revejo-me em practicamente tudo.

Sobre Vieira só me apetece dizer: eu bem avisei.

Desde o primeiro dia q entrou no SLB, com o seu extraordinário curriculo tão credível (como hoje está tão em voga a palavra credível).

Eu até gostava de João Gabriel mas essa cena da Taça da Liga estragou tudo. Desde aí nunca mais se conseguiu restabelecer apesar de alguns bons pormenores como a resposta ao mentecapto do PPC por causa dos bilhetes/fogo posto.

Carraça é um daqueles tachos. Este gajo estar no SLB diz tudo o que é a Direcção de Vieira. Tudo.

Gomes da Silva é daqueles que não percebe nada de futebol. Nada. Mas agarra-se ao tacho que lhe deram...é o chamado mamão. Defenderá o indefensável até à morte enquanto poder manter o tacho.

Antonio Silva disse...

A estratégia do Benfica é culpar os árbitros. Desde os anos 80 que a K7 é a mesma.

LDP disse...

A cagar-se penso que nenhum benfiquista esteja.

Mas lentamente afastamo-nos de uma coisa tão importante como fulcral: o ano passado não nos deixaram ser os melhores e este ano idem, pois os bastidores do futebol português fazem o esgoto de Chernobyl parecer o principado do Mónaco. Se assim não fosse, hoje, muito provavelmente a equação dos anti-Vieira não seria baseada em 2 campeonatos em 10 anos mas 4, ou provavelmente mais. Não se viveria neste contínuo desequilibrio e cada clube festejaria titulos directamente ligados mais á qualidade patenteada em campo do que ás encomendas.

Assim eles riem e continuarão a rir, porque em Portugal não chega ser melhor para levar o caneco para casa. Eles riem e continuarão a rir, e a ganhar, porque nós não passamos desta hipocondria desportiva.

Jorge Borges disse...

Luis,
onde é que eu assino?
Faltaram os restantes infiltrados tipo Jorge Gomes, o "prospector" na Américo do sul, a quem nós pagamos e trabalha para o outro.

Mr. Shankly disse...

"A tua opinião não é uma "vaga" :)."
Tens razão, mas vai ser! Vou fazer o movimento "Não sou por Vieira, não sou contra Vieira, e definitivamente não me estou a cagar."

LMGM, não percebi a boca foleira. Desejo mais para o Benfica que Vieira, mas não acho que seja a nulidade que se diz por aí.

Onde é que tu estás em relação ao Godinho Lopes? 100% com ele? 100% contra? Ou estás-te a cagar? Ou estás com outro?

luis disse...

Silva e LPD, se quiserem falar do assunto do post ou de outro dele decorrente, força. Se querem "namorar" façam-no nos locais apropriados.

luis disse...

Shankly, a verdade é que essa vaga é aquela malta que não tem opinião e nem sequer tem muito interesse nestas conversas. Não vem daí mal ao mundo, claro.

Mr. Shankly disse...

Não concordo, Luís. O facto de não ver tudo a preto e branco não equivale a não ter opinião nem interesse. Acredita, interesse é o que não me falta nestes assuntos. Ou só se pode chamar interessado a quem enche as caixas de comentários com caralhadas contra o Vieira ou caralhadas a favor do Vieira?

Tasqueiro Emigrante disse...

Por favor não tirem o Rui Gomes da Silva da SIC Noticias.

É ele que anima a minha noite pós "sindrome de segunda-feira" :)

luis disse...

Shankly, quer-me parecer que não me expliquei bem. Não acho que tu pertenças ao "estou-me a cagar". E quando digo, refiro-me àquela malta que normalmente não se envolve nestes assuntos, por desinteresse ou simples desmotivação. Normal.

Apenas quis referir que as duas grandes "vagas" são os pró e os anti, não pretendi limitar toda a gente a estes dois pólos. Mas que são os mais "barulhentos", são.

Eu insiro-me nos anti, sem qualquer problema.

Sou anti-vieira porque foi o próprio que se c olocou nessa posição, fazendo de si próprio o dono exclusivo do clube, recolhendo louros dos sucessos e fugindo para o estrangeiro na altura dos insucessos.

Se há culpado de haver os prós e os antis, é o próprio LFV.

Para mim é simples: teve dez anos para devolver ao SLB a capacidade de vencer. Não o fez. Cometeu demasiados erros e, mais grave, não aprendeu nada com eles.

A partir daqui trata-se apenas de se perpectuar o poder. Há que dar tempo e oportunidade a outros.

LMGM disse...

Mr. Shankly, tranquilidade, apenas imaginei que o Seara também representaria uma vaga unipessoal no universo do teu clube.