sábado, setembro 22

Jesus dixit.

“O ambiente fantástico que vivi em Glasgow vai ficar gravado na minha carreira. Aquilo é que é ser fã e ter paixão, e gostava que houvesse no futebol português e em todas as equipas. E aquilo não acontece apenas quando se ganha! Gostava que os adeptos portugueses olhassem para aquele cenário e gostava que tivéssemos em Coimbra o máximo de adeptos possíveis, porque, como eles dizem, a força dos adeptos ajuda-nos a caminhar”

Jorge Jesus, no Record


Nas últimas três épocas o Benfica foi rei das assistências, com uma média superior a 40 mil espectadores por jogo. Tudo junto, passaram pelo estádio da Luz mais de dois milhões de espctadores em três anos. Ganhámos um campeonato. Três Taças da Liga. Imagino se os benfiquistas fossem mesmo fãs do clube e sentissesem paixão pelo Clube.

Nem conto com a quantidade de gente que assiste aos jogos fora, enchendo os campos nacionais.

Jesus não tem o dom da palavra, todos sabemos isso. E além de teimoso e pouco competente, sabemos agora que a ingratidão dorme com ele. Quando te fores embora, já vais tarde!

25 comentários:

J. disse...

Acho que Jesus se referia mais á maneira como se apoia, e não tanto a quantidade de pessoas que vão aos jogos.
Mas mesmo assim, considero que são palavras infelizes.

Infelizes também são as palavras deste senhor que já está a desviar as atenções para outros lados:
"Quero dar os meus parabéns àqueles clubes que apresentando prejuízos milionários em anos consecutivos conseguem resistir a vender jogadores."
O que este senhor devia explicar é como é que ainda vendendo jogadores se tem prejuizos de milhões e se aumenta o Passivo consideravelmente.

Miguel Monteiro disse...

Jesus não estava a falar do nº de pessoas que vão ao estádio, mas da forma como elas puxam pela equipa.
De que vale irem muitos se passam parte do tempo calados ou a assobiar?

Pedro disse...

A segunda época de JJ foi tão má que acabou com a crença e energia positiva que reinavam nas bancadas desde o tempo de Camacho. A época passada foi a prova que a ligação entre equipa e jogadores foi quebrada com o regresso dos apupos e manifestações de desagrado daqueles q NUNCA abandonam a equipa. Este ano sente-se um "amorfismo" no Estádio da Luz que incomoda. Não há alegria e mesmo os rapazes q nunca se calam, cantam mas sem aquela "paixão" habitual. A culpa é de JJ.

Em Glasgow, na quarta feira, os maravilhosos adeptos do Celtic, que o são, estiveram largos momentos da segunda parte em silêncio ao ponto dos nossos poucos bravos q lá estavam se fazerem ouvir e bem.

Não andava JJ por cá mas informo-o que no tempo de Quique, depois de termos perdido 0-2 com o Galatasaray em casa, o público despediu-se da equipa com palmas de pé. Pq? Pq é Benfica. Se tal não aconteceu com JJ se calhar a culpa não é dos adeptos que sabem, sem dúvida, reconhecer mérito e empenho a quem o tem.

luis disse...

Num país na bancarrota, e perante um clube que ganha quase nada, os números são fantásticos. Calados ou não. E bem me lembro dos cânticos durante os jogos, da alegria nas bancadas, da febre benfiquista, durante pelo menos duas épocas. Jesus é ingrato com estas palavras porque não percebe o esforço de milhares, e que só queriam ver a equipa a ganhar mais (não é tudo). Mais: mesmo com as humilhaçoes recentes, a malta continua a apoiar, näo me fodam. O que Jesus quer é gritarias por um futebol de merda, não é? Dava-lhe um jeitaço, aposto.

LDP disse...

Pedro, se calhar é mesmo por causa desse "amorfismo" que JJ pede mais apoio.

Abrindo um parentesis: há dois anos Xistra apitou o sporting na Madeira (um golo do Nacional em fora de jogo mas a culpa foi do nevoeiro e tal...) e teve nota negativa. Pelo menos na altura, diziam as regras que um árbitro não podia ter apitado um jogo com um grande na jornada a seguir, devido á avaliação fraca que obteve na Madeira mas...apitou o célebre braga-Benfica uma semana depois, em que Javi foi expulso somente por ter sido atropelado pelo Alan.

A semana passada Xistra apitou o sporting e mais uma vez houve queixas do clube diferente. Vamos ver o que acontece em Coimbra...

Antonio Silva disse...

É, vê-se bem o punho esquerdo do Javi Garcia a ser atropelado pelo pescoço do Alan...

http://www.youtube.com/watch?v=SvoBeZueXS4

J. disse...

O facciosismo tem destas coisas...

Mauro Nunes disse...

Aprendam com qume gosta verdadeiramente de futebol: http://www.record.xl.pt/opiniao/leitores/interior.aspx?content_id=779549

LDP disse...

J., se não queres ser faccioso tens de olhar para a questão com a visão certa. Mas a ti não interessa que a Liga tenha atropelado o livro de regras.
Xistra não podia ter apitado em braga mas fê-lo...provavelmente porque tinha trabalho de casa para fazer não fosse o professor zangar-se.

Para ti facciosismo é alguem relembrar que as regras do jogo foram subvertidas. Mas activares o alarme e mostrar indignação porque a própria Liga não fez o que devia, isso é que não, não é J? Parabéns pázinho.

Daqui a umas horas poderemos todos confirmar a coincidência ou não que existe entre uma visita de Xistra á ilha onde mora um dos actores principais das escutas, o sr. presidente do Nacional, e um jogo do Benfica dias depois.

Pedro disse...

http://www.youtube.com/watch?v=_LVmwLMerqE

0:16 para vos facilitar.
Quero ver agora quem fala de facciosismos!!!

LDP, o "amorfismo" surge após duas épocas miseráveis. A culpa é de quem?

LDP disse...

É facciosismo sim, Pedro. Pois há ainda a acrescentar o pé de Javi quase a atingir a cara de Alan depois de chutar a bola e perder o equilibrio. Que porco aquele Javi!

Ainda sobre o "amorfismo", ainda há uns dias tiveste o Proença a receber condecorações na af porto. Entregues pelo Maicon, presumo eu.
Eu também sou um critico de Vieira, Jesus, Carraça e do próprio Rui Costa, Pedro, atenção...mas não tenhas duvidas que se não oferecem aquele golo ao Maicon o ano passado o Benfica teria sido campeão. Sabes tu e sei eu.

Antonio Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Antonio Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Antonio Silva disse...

É, brutal agressão de cotovelo no Javi Garcia que ele até ficou de pé.

Dou de barato que o Javi tenha sofrido falta, o Alan tentou uma carga de ombro que quase que pareceu uma cotovelada mas o Javi retaliou com um murro no pescoço do Alan. E foi expulso, bem expulso.

Só um faccioso argumenta o contrário. Ou isso ou um cego.

Antonio Silva disse...

O Maicon entregou o prémio? Quero citação ou link.

Antonio Silva disse...

LDP, se o Porto tivesse empatado na Luz teria sido campeão na mesma. Não me venhas com merdas e aprende matemática básica.

Acabamos com 6 pontos de vantagem. Caso o jogo da Luz tivesse sido um empate vocês teriam mais um ponto e nós menos dois. Logo acabariamos o campeonato com 3 pontos de vantagem na mesma.

Antonio Silva disse...

E se o Proença não tivesse ignorado o penalty do Cardozo. Dessa oferta já não falas né?

A falta do vosso segundo golo não existiu. Outra oferta que ignoras.

Mas não, o jogo para vocês só começou aos 85 min.

Pedro disse...

LDP, eu sei que sim. Mas e o que foi feito para evitar isso? Vieira diz que anda atento, que sabia o que estava a ser preparado e não fez nada. Aliás, fez, deu apoio ao gajo das facturas...

Quando os nossos dirigentes optam por não fazer guerra nem denunciar este continuar de roubos, ano após ano, não pode depois servir de desculpa para o fracasso.

Não fosse o Proença e até Quique Flores tinha sido campeão. Que fez Vieira na altura? NADA!!!

LDP disse...

António Silva,
Pois é, só se deve considerar agressão se a vítima cai por terra. tudo o resto deve ser visto como uma simples carga. Não há queda não há agressão. O futebol é tão simples, carago.

"Entregues pelo Maicon, presumo eu."
Antes de explicar-te o significado de "presumo" talvez seja melhor falar-te no conceito de "ironia".

O futebol não é só matemática, meu caro. Há, em muitos casos, a razaão psicológica que leva á perda de pontos subsequentes.

Para continuar a insistir que Cardozo fez penalty é preciso ser ou faccioso ou cego. Escolhe tu.

Antonio Silva disse...

Tu és ambos.

LDP disse...

Se queres que eu diga que é penalty só para te fazer contente então eu farei como o Proença: ignorarei as regras do futebol só para fazer os portistas felizes.

Sim, é penalte, porra!

Mas poderia jurar que tu há uns tempos eras apologista da ideia que um penalty assinalado não quer dizer golo certo. Só que ás vezes convém retroceder nas convicções não vá um gajo ser apanhado com as calças na mão, não é?

Pedro disse...

LDP, Cardozo comete penalty. O "problema" para os facciosos é que quem considera aquilo penalty tem que considerar a recuperação de bola de Lucho no lance do primeiro golo dos corruptos igualmente faltosa.

Pois...a coerência é lixada.


LDP disse...

corruptos?!? OH Pedro, tenha lá calma.

Então se o tribunal disse que estão todos limpos é porque não são corruptos. Um dos juizes até aparece nas escutas a pedir bilhetes grátis ao amigalhaço mas isso não quer dizer nada.

Antonio Silva disse...

O problema é que não era só o caso do penalty, a ser assinalado, dar golo certo. Isso não daria, como é óbvio. Mas daria expulsão.

E isto num jogo onde vocês marcam um golo de uma falta inexistente e ainda têm a lata de se queixarem.

Antonio Silva disse...

O Porto tb deve ter dado bilhetes de borla aos gajos da TAS. Foram enxovalhados na UEFA, vocês e os vossos amiguinhos de Guimarães (até tiveram que pagar as despesas todas do processo), mas lata não vos falta.