quarta-feira, setembro 12

Selecção a sério.

Não sei se foi uma exibição de luxo (o adversário era fraco mas até a Espanha sofreu para derrotar a Geórgia - 1-0 aos 86 minutos), sei apenas que ganhámos os três pontos, num jogo em que poderíamos ter cilindrado o Azerbaijão. Mesmo assim, deu para Postiga marcar o seu 22° golo pela Selecção, em 55 jogos.

Seis pontos que nos dão a liderança, que deverá ser discutida com a Rússia, que ontem derrotou Israel por 4-0, fora.

Entretanto, na senda dos bons resultados, Carlos Queiroz conseguiu a primeira derrota do Irão frente ao Líbano. Que saudades, Carlos!

24 comentários:

Pedro disse...

Ganda Queiróz!!!


J. disse...

Não consigo perceber essa vossa fixação com o Queiróz.
Tem aquela personalidade complicada, mas Portugal com Queiróz conseguiu uma qualificação para uns oitavos de final onde perdeu com a equipa campeã por um golo em fora de jogo.
Concordo que não era a melhor das exibições, mas não consigo falar assim de uma pessoa que esteve em grande parte ligada á ascenção de Portugal ao top do futebol mundial.

luis disse...

J., depois de ter declarado que com ele a Selecção já estaria qualificada (antes do Europeu) é natural que associemos a figura sempre que estivermos a lutar por uma qualificação.

Esse teu moralismo é que eu não entendo.

O homem é só gaffes, agressões, insinuações tristes, maus resultados e tu achas que "falar assim" do homem é o quê?

Ninguém faltou ao respeito do homem (ao contrário do que ele fez diversas vezes). É só uma piada que atesta a sua incompetência actual (que já dura desde 91 praí).

J. disse...

Obviamente aquilo que diz e faz hoje não o engrandece antes pelo contrário.
Mas acho que bem postas as coisas na balança, e estando ligado ás selecções de 89 e 91 onde Portugal se sagrou campeão mundial em sub-20(talvez um dos maiores momentos da nossa história a nivel de selecção de futebol) se devia dar outra consideração ao homem.
É só isso apenas que quis dizer.

luis disse...

Um homem que se veio a revelar muito pequeno, na minha opinião. Ninguém lhe retira as conquistas que referes.

Mas desde aí para cá, é só garganta, murros, asneiredo e maus resultados.

Tirando os maus resultados, tudo o resto contribui para que eu não tenha grande consideração pelo homem (nem grande nem pequena).

A sua maneira de estar é antagónica à maneira como eu acho que ele deveria ser e agir.

Se tu não concordas, tudo bem.

Agora falar em consideração e Carlos Queiroz, soa-me a incoerência.

J. disse...

É só o treinador que esteve ligado á maior conquista de sempre a nivel de selecções...e por 2 vezes.
A sua postura pode não ser a mais correcta, mas a meu ver não invalida nem assombra esse feito.

Em parte é como o Mourinho, tem tido as suas conquistas mas aquela atitude e maneira de estar no futebol é no minimo lamentável.

Já agora, incoerência com quem?

Pedro disse...

DO JJ não falas tu assim.

E também é "murros, asneiredo, garganta e maus resultados", mas é mais fácil bater no Queiroz.

Quando se tem tantos acólitos, as coisas ficam mais simples.

Ganhamos bem e vamos ganhar o grupo. E sem o "melhor ponta de lança" dos últimos 20 anos. Só não é titular no Depor, devido à presença desse enorme craque mundial: Riki...

luis disse...

J.,

Já escrevi isto anteriormente: "Ninguém lhe retira as conquistas que referes.", não entendo porque insistes e escreves isto: "A sua postura pode não ser a mais correcta, mas a meu ver não invalida nem assombra esse feito."

Diz-me o que tenho de escrever para que percebas que concordo contigo neste ponto.

Desde 91 (já lá vão uns anitos) que o homem é só erros. A carreira dele resume-se a 89 e 91? Ok, para mim resume-se ao SCP, Madrid, Selecção onde as culpas eram sempre dos outros.

A sua postura nos últimos anos revelaram um homem amargurado e frustrado e sempre pronto a culpar os outros pelos seus próprios erros.

E volto ao principal: no post fiz uma piada apenas que atesta a sua incompetência actual, ninguém faltou ao respeito do homem.

"Já agora, incoerência com quem?"

Queiroz revelou não ter consideração por muita gente, por isso sugeri que as duas palavras juntas soa a incoerência.

J. disse...

Sim, só que para mim não se pode comparar os feitos de 89 e 91 com o que fez depois no Sporting ou Real Madrid.

O feito de 89 então foi épico! nem sabiamos até á altura o que era uma selecção sub-20.

Foi um mudar do rumo do futebol português.
A geração de 89 e 91, foi a responsável para que apartir de ai até hoje, não termos falhado qq europeu ou mundial, indo até muitas vezes,longe na fase final.
Nunca uma selecção portuguesa teve esta regularidade na história.
Nem a tão aclamada de 66, onde após um brilharete, nunca mais apareceu numa mundial ou europeu.

É um feito/mérito que ás vezes pessoas já dão tanto por assegurado esquecendo-se do que era a selecção antes.

luis disse...

J., mas o Queiroz esteve no cargo de seleccionador da equipa principal e... falhámos a qualificação para o Mundial de 94. E não estivemos no de 90, nem no de 98. Nem no Euro de 92.

Parece-me que colares o Queiroz ao presente da selecção não faz sentido.

Voltou a estar lá e o resultado foi péssimo. Sim, fomos eliminados por uma Espanha fortíssima com um golo em fora de jogo. Mas apresentámos um futebol sempre medíocre e pior, registou-se um afastamento entre o público e a selecção. E isso aconteceu graças a Queiroz.

Peyroteo disse...

J, ele foi bom nas camadas jovens mas nos seniores não tem tido sucesso (apesar de acumular uma fortuna considerável).

Pedro disse...

Eu terei sempre um apreço especial pelo Queiroz em memória da mais fabulosa substituição de sempre!!!
☺☺☺☺☺

luis disse...

Sai lateral e entra Pacheco? O J., tem razão: momentos épicos.

J. disse...

Se calhar, só devia ter estado nas selecções jovens.
Tipo Pekerman, que era um deus na Argentina com qq selecção jovem daquele país e dps que saiu de lá anda para aí perdido.

Peyroteo disse...

Pois, com uma equipa muito melhor que o rival, vamos perder 6-3 em casa!

J. disse...

A minha terceira pior memória com o Sporting.
A segunda foi aquele golo do Luisão e a pior de todas, com larga distância, a final da Uefa no nosso próprio estádio!!!

luis disse...

Olha J., os teus amigos lagartos daqui do blogue viram comigo esse golo do Luisão. Só te posso dizer uma coisa: uma hora depois estavam todos a comer grelhados e a beber umas bejecas como se nada se passasse. :P

E o que eu os poupei...

J. disse...

ehhhhhhh
sempre fui mais do Sporting que essa malta...a beber umas bejecas dps desse episódio!!!
imperdoável

Peyroteo disse...

Qual quê! Para já não bebo cerveja e depois mal dormi nesse dia. E passados poucos dias o Ricardo voltou a fazer das suas na final da UEFA...

Miguel disse...

em abono da verdade, a susbtituição do pacheco deveu-se a lesão do paulo torres. podia ter sido mais conservador na substituição, isso é verdade, mas já nem me lmebro quem estava no banco.

luis disse...

Sim, de qualquer maneira já estavam a perder 2-3. Não foi por isso que perderam.

J. disse...

Foi por aquele individui que agora não paga impostos.
Fez o jogo da vida dele!!!

luis disse...

Não foi o jogo da vida dele. Marcou três golaços, mas fez outros grandes jogos pelo SLB. Aliás, andou com a equipa às costas várias épocas.

Pedro disse...

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=352355

Que saudades, Scolari!