segunda-feira, abril 22

Adeptos & Cª

1) Imaginem os benfiquistas que o Benfica tinha ontem perdido o jogo e tinham ficado 3 lances duvidosos por ajuizar a seu favor. O que estaria aqui a ser escrito a propósito disso? O que pensariam sobre a verdade do campeonato?

2) Há sportinguistas que dizem que o 1º e o 3º é que são merecedores de penalty. Outros falam do 2º e do 3º. Outros do 1º e do 2º. Há até quem fale num 4º lance. Não vou discuti-los. O que me parece estranho é que em 4 lances, o pateta alegre não tenha assinalado nenhum. Se pensarem um pouco, isso é que não é normal.

3) Uma leitura das várias caixas de comentários nos posts abaixo é material para comprovar a minha teoria de sempre: os adeptos do Sporting são iguais aos do Benfica que são iguais aos do Porto. É digno de ser ver o contorcionismo de alguns benfiquistas. Já os sportinguistas "lavam" a derrota com a vitória moral da arbitragem. No fim do dia todos procuramos reforçar a nossa identidade social. Citando quem de facto percebe o fenómeno do "fandom": ficamos "atrapalhados" quando sabemos que a nossa vitória não teve apenas mérito nosso ou quando não temos culpados "externos" a quem atribuir a nossa derrota.

4) O post do João espelha o que eu penso. O post do Marco é mais um para emoldurar.

11 comentários:

Pedro disse...

"O que me parece estranho é que em 4 lances, o pateta alegre não tenha assinalado nenhum. Se pensarem um pouco, isso é que não é normal."

Penafiel-SL Benfica, 2004/05. Pedro Proença.

zorg disse...

Eu compreendo a frustração dos sportinguistas e concordo contigo, Miguel, quando dizes que os adeptos são todos iguais. Claro que se tivesse sido ao contrário, leia-se, o Benfica tivesse perdido o jogo e houvesse lances duvidosos para discutir, ouvir-se-iam protestos semelhantes dos adeptos benfiquistas.

Não deixa de ser engraçado que havendo concordância entre os adeptos do Sporting sobre a existência de 2 "penalties claros" a favor do Sporting, depois não concordem a quais dos lances é que correspondem esses "penalties claros". :)

A minha opinião é que há um penalty, do Maxi sobre o Viola. Ficou por assinalar e eu preferia que não tivesse ficado. No resto, acho que o Benfica foi superior ao Sporting, foi a melhor equipa e a que tentou ganhar. Percebo que tendo o Sporting feito mais do que se esperava, seja mais frustrante para os seus adeptos, que viram a possibilidade de fazer um bom resultado mais perto do que alguma vez imaginaram, aceitar a derrota.

O que eu recomendo a toda a gente é que vejam e revejam o golo do Lima. Isso sim, é o que fica deste clássico.

Pedro disse...

Olha, parece que afinal ficou mesmo um penalty por assinalar ontem:

http://www.youtube.com/watch?v=2fhn1XDv-9Y&feature=share

:)

luis disse...

1. Depende. Como no ano passado ficou um penalti escandaloso (mais do que qualquer um dos lances de ontem - mas lá irei) por assinalar em Alvalade, num jogo em que marcou o fim do campeonato. Não me recordo de ter havido um grande barulho por parte dos benfiquistas, antes pelo contrário (falo aqui no nosso universo).

Um jogo não faz um campeonato. Na minha opinião o Benfica tem tido boas arbitragens e tem, regra geral, vencido justamente.

2. Também poderá ser estranho que praticamente não haja unanimidade.

3. São iguais, claro. Mas tu não podes (não deves) dissociar o impacto que um caso como o Apito Dourado teve no futebol português.

Há irracionalidade em todos os clubes, certo. Mas nem todos os clubes ganham da mesma forma, logo, as reacções são um pouco diferentes.

Acho que nisto os benfiquistas e sportinguistas estão mais perto uns dos outros. Têm um "inimigo" mais ou menos comum.

Claro que as generalizações podem ser perigosas. Ainda hoje, um colega meu de trabalho foi claro naquilo que é a sua visão do futebol actual: o Benfica representa o crime, a corrupção e só teve pena de no ano passado não ter ardido o estádio da Luz todo. Posso dizer que a maioria dos sportinguistas pensa dessa forma, mas prefiro acreditar que não.

O futebol tuga não tem credibilidade, isso é um facto. Mas, isso, na minha opinião, é até facilmente explicável (e julgo que tu concordarás comigo nisto).

LDP disse...

Pedro, o Gaitán cai para a frente logo não é penalty.

J. disse...

O comentário do Luís é digno de vigorar para a história. :-)

Dêem mais uns dias, e vão ver que afinal ainda fomos beneficiados. E aí então a coisa já vai ser mais ou menos unânime.

Que o Wolfs cai para o lado errado, que a bola passa entre as penas do Capel, que o Viola se atira para a piscina.

Miguel, é só mais uns dias, vais ver.
:-)

Pedro Almeida disse...

Eu sinceramente acho que o Sporting teve azar, apenas e só isso, não foi "roubado".

Acredito que a intenção do árbitro tenha sido honesta e talvez mesmo tenha querido afastar-se de polémicas (saiu-lhe o tiro pela culatra), a ideia do homem deve ter sido o de deixar jogar sempre, a primeira falta só foi marcada lá para meio da primeira parte.

Ora isto em teoria até beneficiaria o Sporting, em teoria, porque se esperava um Benfica mais agressivo e com mais posse de bola logo mais propício a sofrer faltas, só que se passou precisamente o contrário e ainda por cima todos os lances duvidosos são na área do Benfica e nenhum foi na área do Sporting.

Não tenho dúvidas que se houvessem lances similares na área do Sporting ele também não teria marcado.

Foi o estilo de arbitragem que ele escolheu (e em teoria até é bem escolhido), por outro lado não vejo que tenha havido dualidade de critérios.

Com um árbitro muito rigoroso, daqueles que marcam falta ao mínimo contacto físico, teríamos 2 ou 3 penalties e 1 ou 2 vermelhos, mas será este o melhor estilo de arbitragem?

Em termos de jogo jogado o Sporting domina o meio campo e a posse de bola, mas depois falta-lhe o tal ultimo terço do terreno de qualidade, qualidade essa que o Benfica tem de sobra e que lhe permite ganhar bem um jogo onde jogou mal quase o tempo todo.

Pedro Almeida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
luis disse...

J. não percebi a ironia mas uma coisa percebo: a tua dificuldade em argumentar (o que numa conversa é bastante importante) só tem comparação com a dificuldade que o Sporting tem em marcar golos. Muita! :)

J. disse...

Mas qual ironia.

É de facto um argumento muito bom.
Um exercício de descontrução total para mostrar o que se quer mostrar.

Mas já lá iremos!!!

Tasqueiro Emigrante disse...

1- Ui...já a APAF tinha sido queimada.