sexta-feira, março 9

Ainda o jogo de ontem

Sendo certo que é cedo para avaliar a capacidade de Sá Pinto em termos técnicos e tácticos, não posso deixar de afirmar que é muito bom a motivar. E falo tanto de jogadores como de adeptos. Todas as conferências de imprensa de Sá Pinto são tiros certeiros na alma sportinguista e não tenho dúvidas que os adeptos presentes no estádio foram essenciais na vitória de ontem. Vitória essa tangencial mas que, pelo facto de não ter sofrido golos, aumenta significativamente as hipóteses leoninas. Ainda assim, o favoritismo continua do lado inglês.
Ontem foi preciso sofrer, foi também preciso alguma sorte mas foi sobretudo a atitude e, já agora, a qualidade dos jogadores do Sporting que fez a diferença. Porque também a temos. Basta ver o jogo que Schaars, Matias ou Izmailov foram capazes de fazer no meio-campo. E aquela jogada de Carrillo no fim...
E agora é o Sporting que está confortável na eliminatória. É que toda a gente vai achar normal que o City vire o resultado de ontem. E já deveremos ter Rinaudo para morder os calcanhares ingleses.

8 comentários:

luis disse...

Mário Wilson.

O Matias é tão sub-aproveitado. O homem deve ter os melhores pés da liga.

J. disse...

Logo veremos se será um Mário Wilson, ou não. Mas se fosse um Toni já não era mau (foi campeão no Benfica).

Ontem sofreu-se muito por culpa de falta de banco. Acabar o jogo com um meio campo com Carriço e Renato Neto....

Peyroteo disse...

Não é falta de banco, tendo em conta que faltavam Elias e Rinaudo

João Simões disse...

Excelente resultado, e boa exibição (Excelente comparando com as últimas deste Sporting).
Souberam aproveitar o facto de jogar em casa, e alguma displicência do City, na abordagem ao jogo.
Continuo a achar muito complicado a passagem da eliminatória, pois faltam 90m, em Inglaterra, e em que a postura do City irá ser, garantidamente diferente.
Se o SCP entrar organizado, sereno, e conseguir ter alguma posse de bola, aliado a alguma sorte no jogo, pode acontecer o inesperado! Era excelente para o futebol português, e para este Sporting moribundo dos últimos anos.
Sendo benfiquista, acho que nunca desejei tanto uma vitória de um rival...até porque detesto o City!

Mentira: Há 3 semanas atrás era do City desde pequenino!!!

J. disse...

Elias não conta para a Liga Europa e também como anda a jogar não creio que fizesse grande diferença.
Mas sim tendo em conta que faltou Rinaudo e se quisermos acrescentar Jeffren, então essa "falta de banco" não é tão acentuada assim.

luis disse...

J. a minha comparação tem a ver com o assunto do post. Sá Pinto pode ser um grande motivador, como Mário Wilson era.

Aliás, Mário Wilson é para mim, recordado com saudade, por isso, tem lá calminha porque a comparação não serviu para menosprezar ninguém.

Em relação a Sá Pinto, a minha opinião é fundamentada basicamente em dois aspectos: falta de experiência e de conhecimento, e estatuto moral.

Não tenho nada contra o homem, apenas não o considero treinador para um clube como o SCP.

Vamos ver como será, mas como nunca gosto de acreditar só por acreditar...

J. disse...

Eu também acho que falta de experiência, mas conhecimentos...só se vires a figura do treinador como um estudioso e formado. Mas mm assim olha-se para o lado, e tens treinadores com evidentes dificuldades de articular um discurso.

Olha e por outro lado dizem que o Sá até já tirou cursos. Há aqui pessoas que o podem comprovar e tudo. :)

Peyroteo disse...

Nesta altura o que se pode avaliar no Sá Pinto são os resultados e o seu discurso. Ambos são positivos. Perdeu um jogo em que deu uma parte de avanço mas também é verdade que foi roubado indecentemente (apesar do penalty marcado não existir). Já tinha sido assim contra o Paços também.