segunda-feira, junho 4

Europeu 2008: Áustria e Suíça.

Quarta participação consecutiva da nossa Selecção. Duas vitórias sem discussão (sobre a Turquia - outra vez! -, por 2-0, e sobre a República Checa, por 3-1). O terceiro jogo resultou numa derrota contra a Suíça, por 2-0, num jogo em que Scolari optou por poupar diversos jogadores.

O problema é que na ronda seguinte apanhámos a Alemanha, que ficou em segundo lugar do grupo, atrás da Croácia - os croatas foram eliminados nos quartos pela Turquia! Se tivessemos ficado em segundo ou a Alemanha em primeiro, teríamos atingido as meias-finais, com certeza.

Os alemães foram mais fortes mas beneficiaram de um golo com falta, o terceiro, que praticamente sentenciou o jogo. Postiga ainda marcou o segundo mas o empate não aconteceu.

No final, fiquei frustrado porque a equipa podia e devia ter ido mais longe. Felizmente na grande final, os espanhóis derrotaram a Alemanha, com um golo de Torres. Foi um torneio esquisito, com umas meias-finais com a Rússia e a Turquia.

3 comentários:

J. disse...

Que grandes jogos fez a Russia de Hiddink neste Europeu.

luis disse...

Por acaso lembro-me bem do jogo contra a Holanda, em que venceram 3-1 no prolongamento. Belo jogo!

Depois levaram 3 da Espanha.

Peyroteo disse...

E este ano está lá o Izmailov. Que equipa!