quinta-feira, janeiro 26

E a ti? Te gusta ou te encanta?

O Real Madrid lavou a cara em Camp Nou, e poderá ter dado, numa eliminação para a Taça, um passo de gigante para a conquista da Liga espanhola (a tal que falta a José Mourinho). Mou decidiu embirrar com a presença de Pepe no onze, mas escutou a aficción na hora de montar o onze. A diferença foi avassaladora para o jogo da primeira mão, jogo esse que é, realmente, a única coisa que o Real Madrid se pode queixar.

Confesso que nunca esperaria um Mourinho a dar a mão à palmatória sobre um jogo em que errou. Confesso também que nunca esperaria que ele falasse de um jogo que perdeu, ao final de um em que empatou, mas que foi superior. O que já não me parece surpreendente é a espera que o técnico português fez ao árbitro, no final do encontro.

"Vaya artista, cómo te gusta joder a los profesionales".

Nem era José Mourinho se esta aproximação não acontecesse. Mas se estamos numa de 'confessionário', revelo também que sempre me ensinaram que quando uma pessoa se revolta desta maneira para uma outra, mais valia estar a falar para si própria. E sim, de facto, a Mourinho 'le gusta joder con los profesionales'. Quem o puder desmentir que o faça, mas a mim parece-me que Mou 'jodeu mucho más con los profesionales, na 1.ª mão, em Madrid, do que propriamente o 'colegiado' no jogo de ontem.

Mas é assim o nosso 'artista', que vai sublinhando o que lhe interessa enquanto omite o que não lhe interessa.

-Pensas que esta é a melhor forma de jogar para o Real Madrid enfrentar o Barça?
- Não sei!

Curto e seco, ainda não sabe. Obviamente Mourinho nunca cairia na esparrela de denunciar o que toda a gente viu. A culpa da eliminação foi sua e só sua. As 'anedotas' com o árbitro, são o de sempre. O tal desvio de atenções em que ele é mestre. Onde é que, mesmo que o árbitro não errasse, ou não fosse 'caseiro' num estádio com 100 mil pessoas, ele teria mais hipóteses de ganhar o jogo? Teve azar na bola de Ozil, e nos primeiros minutos 'a topo' que a sua equipa fez. Criou chances para marcar pelo menos 3 golos e teve um 'intervalo fácil' como ele garantiu.

Do árbitro vi erros para os dois lados e, curiosamente, dos que vi, ficaria mais o Barcelona a ganhar do que o próprio Real. Foi mau? Foi! Mas como dizem que é impossível ganhar em Barcelona, talvez também seja impossível, na cidade-condal, o árbitro apitar bem. Uma coisa é certa, agradar é que nunca o fará. Mas se nem o futebol do Barça lhes agrada, se nem o próprio futebol lhes agrada, se nem um dos melhores técnicos do Mundo lhes agrada, se nem um dos melhores jogadores do Mundo lhes agrada também, o que lhes agradará? Que em vez de Sérgio Ramos tivesse sido expulso Pepe? Ou que Lass visse o segundo amarelo no lance que origina o segundo golo dos catalães? Ou que tivesse sido marcado penálti no lance entre Pepe e Alexis?

Com certeza, 'les gusta joder con los profesionales'. Só isso lhes agrada, é o que me parece.

33 comentários:

luis disse...

Acho que nunca discordei tanto de ti.

Não vale a pena, penso eu, enunciares um lance de carga de ombro perfeitamente legal e omitires duas bolas cortadas com as mãos na área do Barça. Ou então nem comentares o primeiro amarelo mostrado ao Lass.

"Do árbitro vi erros para os dois lados e, curiosamente, dos que vi, ficaria mais o Barcelona a ganhar do que o próprio Real"

Das duas uma, ou não viste o jogo todo, ou viste um jogo diferente.

Os jogadores do Barça enganam em demasia os árbitros quando simulam agressões e faltas. É um expediente que utilizam com regularidade e que faz parte da táctica. Não vês isto em todos os jogos?

Mas a verdade, pelo menos para mim, é que houve sete amarelos contra um, num jogo em que ambas as equipas se podem queixar. Imagino se só uma se queixasse.

O Real perdeu a eliminatória porque falhou golos que não pode falhar, independentemnente dos erros de Mourinho.

Marco Morais disse...

Luís, marcavas penálti nesses dois lances?

O lance do Alexis com o Pepe, segunda parte, é claramente penálti. Não é uma carga de ombro legal.

Acho que quando se repara ao detalhe nas simulações do Barça, se deveria também reparar quando é falta. Consegues ver a mão do Busquets (que se visses melhor saberias que nem lhe toca), também deverias ter visto esse.

Confesso que não me recordo do primeiro amarelo do Lass, apenas sei que já tendo um, deveria ter sido expulso naquele. Mas dou a mão à palmatória. Já, Pepe, deveria ter ficado até ao fim?

N.T. disse...

Post quase perfeito, não fosse o Marco também achar que há uma equipa mais prejudicada que a outra.

Aqui fica o link dos 5 lances para possível penalty: http://www.youtube.com/watch?v=YzlUZZNVcj0

Para mim, 4 são penalty.

Luís, o Pepe será o primeiro jogador a fazer uma carga de ombro com o braço levantado e carregando o adversário com a anca e o dorso.

Tasqueiro Emigrante disse...

Para mim o lance do Lass com o Messi não é para cartão...foi um empurrão de ombro...o Messi como não aguentou, caiu!

luis disse...

Não, não marcava.

Esse lance do Pepe é um encosto normalíssimo em futebol (epá, não foi exactamente ombro-ombro), dois gajos a disputar a bola, um fez-se valer do corpo, sem fazer falta, no meu entender.

Porque é que o Pepe deveria ter sido expulso?

7 amarelos contra um? Isto é um facto, mas podemos ficar aqui a discutir lances.

Quando é falta, é falta e não me lembro de nenhum lance realmente faltoso que o árbitro não tenha apitado a favor do Barça. Esta é que é a questão: marca as que são (sempre) e as que não são. :D

Já com o Real, houve sempre um "deixa andar" e um amarelo a sair (repara que o Alves nem amarelo levou).

Em relação ao Lass, se o primeiro não deveria ter sido, o segundo nunca dava expulsão.

Mas olha, apenas mais um aparte: tanta pressa que o árbitro teve para acabar o jogo (acho que nem deixou esgotar-se o tempo todo) e repara no minuto 1:58 deste link http://www.youtube.com/watch?v=yJIsyI9ZAaw e olha bem para o marcador. Algum comentário?

Gonçalo disse...

Olá Marco,

Confesso que tenho muita dificuldade em encontrar pontos de sintonia no teu post. Quase que pareces chateado por teres visto o Real ombrear e quase derrubar sem falta este Barça.

Sim, os rapazes balugrana são fantásticos e exemplares no seu futebol, mas não o serão para sempre. A questão é se isto poderá significar o encurtar da distância que ainda há um par de horas parecia quase inalcançável.

Outra coisa curiosa no jogo de ontem. Mourinho não abdicou da sua filosofia de jogo do primeiro ao último minuto, com o Guardiola já não foi bem assim, acabou a fechar muito atrás e jogar para o resultado perdendo personalidade.

Marco Morais disse...

Para além do penálti, há um lance em que Pepe puxa propositadamente a mão atrás e atinge um jogador do Barça, que não me recordo qual. Se Sérgio Ramos foi mal expulso, Pepe seria-o bem, na minha opinião.

Os 7 amarelos para um estão bem incluídos na minha apreciação à arbitragem. Se bem te recordas, disse que foi má para os dois lados. O que disse também, e mantenho, é que o Real tem, até, menos razões de queixa. Isto se a arbitragem cirúrgica que é reclamada sempre que há um clássico, fosse aplicada.

Concordo que houve critério 'caseiro', eu próprio o apontei no jogo. Foi mais evidente depois do 2-2.

Sobre o Lass já dei a mão à palmatória, e expliquei o porquê de no post ter referido a sua devida expulsão. Se já tinha um, deveria ter sido expulso. Se o que tinha foi mal mostrado, então não deveria lol.

Se bem me recordo, a falta do Lass deu origem a algum tempo perdido, mas tens razão também me surpreendeu a pressa e o critério do árbitro nos últimos minutos. Como já referi, chamei-lhe caseirismo, algo que é muito habitual nos nossos estádios.

O que referi sobre arbitragem, torno-o a referir. Se ela fosse perfeita o Real sairia mais prejudicado. Se o Barça acabasse com 10 amarelos? qual era o problema?

luis disse...

Bem, sabes que um defesa amarelado fica inibido para repetir a falta. Que queres que te diga?

Esse lance do Pepe achei-o normal, tendo em conta o movimento corpo e o encosto do adversário. Acho que foi a ânsia de proteger a bola. Abrir os braços naquele lance parece-me perfeitamente normal.

Eu não posso com o Pepe e acho-o sem classe para jogar de branco. Além disso, é um gajo violento e perigoso. Digo isto apenas para não pensares que o defendo porque gosto dele. :)

Mas lá está, é esse caseirismo que me chateia. Porque é constante (aliás, o Barça tem um historial de benefícios enorme, nos últimos dois anos). Até contra o SLB foram beneficiados (num pénalti claríssimo!) :D

luis disse...

A propósito desse lance de Pepe

http://www.record.xl.pt/Futebol/Internacional/interior.aspx?content_id=738003

Marco Morais disse...

Olá Gonçalo,

Chateado com isso nunca. Talvez haja um tom zangado, com os comentários de sempre em relação às arbitragens. Parece-me impossível o Barcelona ganhar com mérito. Ah, mas não fui eu que disse, ouvi no balneário :P

O que o jogo revela é que a distância não é tão larga quanto parecia, basta Mourinho jogar o jogo pelo jogo, deixando-se de meios-campos destrutivos. Para mim, perdeu a eliminatória aí. Está na cara..

Mas repara Gonçalo, com Pep o Barcelona baixou devido ao bom rendimento do Real Madrid, já Mourinho recua por ele próprio. Acho que há diferença aí. Jamais iremos ver no futebol, alguém que se mantenha tão fiel ao seu estilo como o Barça. Mas até eles, não o conseguem sempre.

E a chave é essa. O Barcelona abdicar (ainda que forçado) ao seu estilo, é um passo de gigante para lhes ganhar.

Joao disse...

Foda-se já não bastava discutirem ad naseum as arbitragens nacionais e agora lembraram-se de começar discutir quem é mais prejudicado/beneficiado no futebol espanhol!

Que tótós do carago!

Marco Morais disse...

Luís, por esse critério o Busquets também não teve intenção de tocar a bola com a mão. Nem o Abidal.

Há inúmeros lances em que os jogadores do Real entram à matador e os jogadores do Barça saltam antes. Depois, não têm que fazer o teatro que fazem, mas para mim é jogo perigoso na mesma. Se não os jogadores terão que deixar o pé, para haver contacto, e só então poderá ser marcada a falta.

'Ui nem lhe toca...'

Luís o caseirismo é o mesmo que vês na Luz, no Dragão e em Alvalade, quando os minutos finais apertam... já chamei aqui a atenção montes de vezes para isso.

Como eu sei que não ter amarelo dá maior liberdade ao jogador, tu também deverias saber a enorme diferença que é jogar em casa e fora.

O que ainda não percebi é que real vantagem tirava o Madrid de uma arbitragem perfeita.

Marco Morais disse...

Ó João este jogo foi para a Taça. Podemos discutir assim?

Eu acho piada é ao facto de te dares ao trabalho de escrever um comentário desses.

Quando vejo um sítio que não gosto, não entro. Não vou lá dentro chamar a atenção que aquilo é uma merda. Mas isto sou eu que não gosto de ser fundamentalista.

luis disse...

João, aqui discute-se o que bem se quiser. Já gajos como tu são sempre uma lufada de ar fresco nos comentários que deixam (sempre admirei gente que critica os outros por criticarem alguma coisa).

Se eu fosse comentar ao teu estilo em todos os blogues cujos conteúdos não gosto, não fazia mais nada.

Eu sei que tu gostavas que não se discutisse arbitragem em Portugal.

Marco, provavelmente nada, não o saberemos. A mim tanto me faz quem leva a taça (não é por torcer por um que isso significa que tenha qualquer afinidade). Mas já acompanho este Barça há tempo suficiente para admitir que são constantemente beneficiados (muita gente diz que nem precisavam, eu não sei disso).

luis disse...

Epá, ó Marco, mas o Sector é do João (e é por isso que está cá todos os dias) e ele é que sabe quais são os assuntos que devem ser discutidos. Ponto final.

És mesmo "tótó" - com dois acentos para dar mais carga emocional à coisa.

Marco Morais disse...

Mas Luís, se o Barcelona foi ontem beneficiado, o Real também não o terá sido?

É que passa, claramente, a imagem que não. E isso, que foi o que quis explicitar no post, só beneficia uma pessoa: José Mourinho.

Marco Morais disse...

Epá ainda agora passei num blog portista e li um texto que me deu asco... abri a caixa de comentários e li loas ao mesmo. Achas que me ia lá meter?

É deixar andar. Mas o João é que sabe pá! Olha talvez ele lá passe por mim, dizer das boas aos indivíduos que o fizeram. Aqui lhe deixo o link:

http://portistasdebancada.blogspot.com/

É o primeiro post, ó João. Faz lá isso por mim..

LMGM disse...

"O que ainda não percebi é que real vantagem tirava o Madrid de uma arbitragem perfeita."

Se realmente era a equipa que estava a jogar melhor retiraria enormes vantagens. A única forma que ambas as equipas encontraram para parar o jogo do seu adversário foi faltas atrás de faltas, com uma arbitragem rigorosa a equipa que joga mais é sempre beneficiada.

P.S. - Eu não sei se o Real jogou melhor que o Barça, mas sem dúvidas que jogou melhor que em partidas anteriores.

Marco Morais disse...

LMGM,

Os casos estão à vista e foram debatidos. Agora diz-me tu que o Real não foi beneficiado também...

E diz-me depois a imagem que fica sempre depois de um clássico destes..

Bate certo? Epá, a mim não, mas devo ser só eu.

LMGM disse...

Marco, não estou a opinar sobre quem foi mais beneficiado. Estou a dizer que num excelente jogo de futebol a arbitragem foi péssima simplesmente porque não protegeu quem jogava à bola.

Por mim tinham sido expulsos vários jogadores de ambas as equipas e nem era pela gravidade das faltas era pelo permanente uso desse recurso para parar o jogo dos adversários.

O maior erro para mim foi o golo anulado ao Real, e nesse caso ilibo o árbitro, foi enganado por uma simulação.

Gostava nos casos de simulação que o enganador tivesse uma sanção posterior exemplar que o fizesse repensar em voltar a cometer tal acto.

luis disse...

O Mourinho nunca irá bater palmas ao adversário numa derrota.

Nunca irá reconhecer os seus próprios erros. Faz parte do produto que inventou, da imagem que criou.

Como personagem admiro muito mais o Pep, que em cada declaração que faz manda um banho de humildade a toda a gente.

Tiago disse...

Desculpem-me intrometer na discussão, mas não posso deixar de comentar.
Então Marco, dizes que o Real Madrid, com uma arbitragem isenta, iria ser o mais prejudicado? Então vou analisar isso através dos pontos que falaste:

- Lass devia ser expulso: Tendo em conta que o primeiro amarelo foi mal entregue, nunca iria ser expulso (arbitragem totalmente isenta, não te esqueças)

- Pepe devia ser expulso por mão na cara do Fabregas: O próprio Fabregas já veio dizer que o movimento não foi intencional e que faz parte do futebol, e tu queres uma expulsão? Faz imenso sentido

- Penalti sobre Alexis: Em Inglaterra nunca se iria discutir isto. Não se trata de penalti, nem este nem aquele sobre o Benzema. Isto é futebol, não é para ir ao chão dentro da área com o mínimo encosto.

Agora se virmos pelo lado do Real:

- Nem Puyol nem o Daniel Alves levam um único amarelo! Durante o jogo jogaram bastante duro. Nem percebo como é que falam sobre o Pepe e Ramos e depois sobre o Puyol e Dani está quieto
- Várias mãos dentro das áreas. Mão na área = penálti
- Tempo perdido durante o periodo de compensacao (contei 40s) sendo que o arbitro depois nem deixou o Real Madrid fazer a ultima jogada, apitando antes dos minutos dados (tava com tanta pressa)
- Golo anulado ao Ramos (ainda não consegui perceber a razão)
- Várias faltas ao longo do jogo que apitava a favor do Barcelona e raramente a favor do Real Madrid, uma gritante dualidade de critérios (estas faltas podem mudar o rumo de um jogo)

Portanto, após isto tudo, não consigo perceber onde foste tirar essa conclusão. Mas pronto, quando o Real Madrid dá baile há que arranjar desculpas ;)

Marco Morais disse...

Sim, tudo o que for feito para auxiliar os árbitros tem o meu total apoio. Desde que não desvirtue o que fez do futebol o desporto-rei.

Mas há já demasiados vícios, e nós também erramos ao comentar já a contar com eles.

O que acho é que não é caso para percorrer, mais uma vez, a net e ler de tudo sobre árbitros e Barcelona.

luis disse...

Tiago, és sempre bem-vindo a discussões sobre arbitragens (aquilo do Sector ser do João era a brincar).

Podes é ser considerado "tótó".

Marco Morais disse...

Tiago tás a vontade para discutir sobre o que quiseres. =)

Da 'expulsão' do Lass já falei e dei o braço a torcer. Se o primeiro amarelo não existe, então a suposta expulsão também não.

O Fàbregas veio dizer que não há intenção? Também o Guardiola disse que se o Pepe diz que pisou a mão ao Messi sem querer, então ele acredita. Não se trata de uma questão de intenção, essa é muito difícil medir. Trata-se de ver que o Pepe atinge a cara de um adversário, sendo perfeitamente evitável fazê-lo.

Os penáltis sobre o Alexis, são realmente penálti. Nem tudo o que reluz em Inglaterra é ouro, e uma falta é sempre uma falta - que é algo que impede o adversário de disputar a bola. Pepe rasteira Alexis uma vez, e 'abalroa-o' outra vez.

Depois acho engraçado que digas mão na área=penálti e que aqui a intenção já não sirva de nada. É como convém não é? Tudo o que sirva de desculpa para o Real não ter ganho outra vez ao Barça :P

Isso e a razão porque não descobres o golo anulado ao Real...

Tiago disse...

Primeiro, a do Fabregas...se dizes que é perfeitamente evitável é porque nunca jogaste futebol, ou não sabes a intensidade com que se joga futebol. Falta tudo bem, amarelo já é a puxar muito, vermelho nunca. Quando se vai à bola e se toca no outro jogador também se podia evitar certo? Agora no futebol não se pode tocar no outro jogador... É como convém não é?

Os penaltis NÃO são penaltis. Se aquilo é penalti, então agora iriam haver 5 penaltis por jogo. Não faz sentido e há que proteger o jogo chamado Futebol. Faltas não são sempre faltas dentro da área para penalti, toda a gente sabe isso. Mas é como convém, não é? ;)

Nessas das mãos dou-te razão. Aliás, a mão do Busquets é mais dedos do que outra coisa, além de que bastante à queima-roupa. A outra...pronto, dou-te essa gratuita.

O golo anulado do Real...o facto de nem te dares ao trabalho de explicar diz tudo ;). O Ramos não faz nada, não faz falta (sim, não faz), não está em fora de jogo. Obrigado por me dares razão nessa.

E com tantos pontos que falei, foste capaz de...contradizer um com argumentos válidos! Parabéns :P

Marco Morais disse...

Já cá faltava a do 'nunca jogaste futebol'. É por isto é que o futebol é lindo!

O Pepe faz um movimento perfeitamente evitável. Ao ver o jogo, com os meus amigos, comentei que já é vício, tanta vez que ele faz aquele movimento. Tem a opção de travar o braço mas não o faz. Mesmo que não seja vermelho, como tu dizes, é amarelo. Se bem te recordas Pepe já tinha um...

Belo argumento: se aquilo é penálti então iria haver 5 penáltis por jogo. Para além de jogares futebol, também dominas bem as figuras de estilo. Já és bom na bola e na comunicação...

As faltas são para se marcarem, não é porque não te convém que 'aquilo' não é penálti.

Obrigado pela gratuita, até porque preciso imenso, visto não conseguir rebater nenhum argumento teu.

O golo anulado ao Real, é bem anulado porque o Sérgio Ramos agarra o Dani Alves e empurra-o para o chão ganhando-lhe facilmente a posição. Nem me dei ao trabalho porque o pior cego é aquele que não quer ver. E se não queres ver não posso fazer nada...

O que me surpreende é como é que não viste isso. Logo num lance que nem polémica gerou.

Marco Morais disse...

Aqui fica, caso tenhas mais dúvidas...

http://www.youtube.com/watch?v=CCL4MV5M5v0

Pedro disse...

O Pepe ganha posição. Não é penalty. É mais passível de ser considerado falta o empurrão de Puyol ao Benzema do que este lance do Pepe.

Os penaltys...um deles nem sequer é falta pq o braço está coladinho ao corpo e a bola bate no peito primeiro. O outro só é visível na repetição pelo que não vale a pena fazer dele um cavalo de batalha.

O primeiro amarelo ao Lass é rídiculo e mal mostrado.

A expulsão do Sérgio Ramos é vergonhosa e o acabar o jogo num momento daqueles ainda antes dos 3 minutos de compensação...enfim...

Mas o grave foi o deixa andar que o árbitro permitiu ao Barça enquanto marcava tudo ao Real. Vários roubos de bola limpos que permitiriam contra ataques rápidos foram considerados falta matando assim o jogo do Real.

Mas isto não foi de agora...é sempre. O Barça tem sido sistemáticamente levado ao colo pelas arbitragens...na Champions então é vergonhoso...parecem os outros por terras lusas. Jogam muito bem mas estas arbitragens mancham as suas conquistas.

LC disse...

Olá pessoal,

comentando apenas esta conversa em torno da arbitragem, pessoalmente não acho que o que salte à vista seja quem é ou quem foi mais beneficiado, o que se torna evidente é o proteccionismo que é dado aos jogadores do Barcelona.

Joao disse...

http://youtu.be/_wFmQU4IStg

Abraço

Marco Morais disse...

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=flRw0x3HkAs#!

LC disse...

Marco, o proteccionismo de que eu falo está aí bem evidente, tanta falta e acho que 7 amarelos e um vermelho, do outro lado tanta falta e tanta simulação e só um amarelo.

O Penalti mais evidente é o do Abidal (no meu ponto de vista), do Pepe só um é penalti e há um lance que não aparece aí do Puyol sobre o Benzema que é panalti claro.